Lençóis Maranhenses: Passeio pelo Rio Preguiças até Caburé

Nesse post, vamos explorar um pouco mais um dos passeios mais legais nos Lençóis Maranhenses. O passeio de barco pelo rio Preguiças dura o dia inteiro e faz três paradas e é uma alternativa diferente aos tradicionais passeios pelas dunas e lagoas da região. 

Nesse roteiro detalhado, vamos conferir algumas informações e fotos do passeio. 

Esse trajeto serviu para nós também como meio de locomoção até Atins, onde ficaríamos hospedados. Para tanto, combinamos na agência que iríamos desembarcar no final do rio e voltar em outro passeio dois dias depois. 

Comentários ou dúvidas são bem recebidos e serão respondidos com prazer. 

Lençois Maranhenses – Diário de Viagem

Dia 2 – Passeio pelo Rio Preguiças em 3 paradas: Vassouras, Mandacaru e Caburé

de Fábio Pastorello

Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças
O rio Preguiças é o meio de transporte da população ribeirinha da região, como do povoado de Mandacaru

O dia começou um gostoso e simples café da manhã na Pousada São José. Como o proprietário Bruno e a dona Roseli fazem de tudo para agradar os hóspedes, o simples acaba ficando especial.

Às 8h15 o carro da São Paulo Ecoturismo passou para nos pegar para o passeio do dia: voadeira pelo Rio Preguiças.

Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças
O Rio Preguiças banha a cidade de Barreirinhas

Apesar de estarmos indo para Atins, deixamos nossas malas em um quarto de apoio da pousada e levamos apenas o básico para 2 pernoites: uma sacola da Nike e uma mochila, com três mudas de roupa, nécessaire com artigos de banho, máquinas fotográficas e netbook.

Os barcos que fazem o passeio pelo rio Preguiças são pequenos e o espaço é bem apertado, portanto não caberia uma mala maior do que essa.

Dona Roseli nos acompanhou no passeio, o que achamos bem legal. Comentamos que Bruno e Roseli eram pessoas que se deixaram conquistar pelo destino de viagem e passaram a viver nele. Mas por mais que os viajantes deixem de ser viajantes para tornar-se moradores, vez por outra é preciso tornar-se viajante novamente.

O passeio de voadeira

O passeio dura o dia inteiro. O primeiro objetivo do passeio é entrar em contato com a vegetação, o que inclui mangues, igarapés e buritis. Nessa primeira parte do passeio, a voadeira tem momentos mais rápidos e outros mais vagarosos, de absoluta contemplação.

Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças
Vegetação dos arredores do rio Preguiças, formada por buritis, carnaúbas e manguezais

As voadeiras são barcos pequenos, de cerca de 10 lugares, que avançam pelo Rio Preguiças com muita velocidade. 

O barco é bem pequeno, então realmente não dava para levar as malas da viagem, mal conseguimos colocar as mochilas. No caminho pelo Rio Preguiças, o guia e piloto faz paradas para observação e comentários da vegetação (muito linda e variada) e passa por trechos interessantes, como em um canal cercado de vegetação bem próxima.

Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças
Trajeto pelo rio Preguiças, com as rápidas voadeiras
Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças
Trecho em que a voadeira atravessa um estreito canal,
oportunidade para ver ainda mais de perto a vegetação

Além de ser um ponto turístico, o rio Preguiças é o principal meio de locomoção da população das comunidades ribeirinhas.

 

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM

O nome “preguiças” teria origem devido ao fato de muitos bichos preguiças serem vistos nas margens do rio. As explicações nunca são únicas, e outro motivo seria o fato do rio ser bastante tranquilo e correrem “preguiçosamente” para o oceano.

De fato, só as voadeiras mesmo para quebrar um pouco a tranquilidade desse rio.

Primeira parada: Vassouras e os Pequenos Lençóis

A primeira parada é em Vassouras, distante cerca de 30 km de Barreirinhas.

É lá onde estão os macaquinhos e alguns outros bichos numa estrutura de apoio antes do turista poder avançar pelos Lençóis Maranhenses.

Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Vassouras  Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Vassouras
Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Vassouras
Interagir com os bichos é uma das coisas para fazer em Vassouras

São somente 40 minutos de parada, portanto tiramos algumas fotos rápidas dos bichinhos e já partimos para conhecer os Pequenos Lençóis, que são as dunas fixas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Assim como na Lagoa Azul, existe uma bandeira de sinalização para ninguém se perder nas dunas. O passeio pelas dunas é legal, mas a paisagem não é lá muito bonita, portanto tratamos de tirar algumas fotos divertidas por lá.

Vassouras Pequenos Lençóis
Bandeira para ninguém se perder nas dunas dos Pequenos Lençóis
Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Pequenos Lençóis
Para subir as primeiras dunas, uma corda ajuda o pessoal a escalar as dunas
Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Pequenos Lençóis  Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Pequenos Lençóis

Segunda Parada: Povoado e Farol de Mandacaru

A segunda parada é em Mandacaru, uma vila de pescadores bastante tranquila. A caminhada do desembarque da voadeira até o farol, a principal atração de lá, é bem rápida. No caminho, aprecie o comércio local.

O Farol de Mandacaru (ou Farol Preguiças) foi construído em 1940 e para subí-lo é preciso encarar 160 degraus.

Por isso, a dica é ir logo para o farol e não perder muito tempo no comércio local logo de início. Deixe para circular no final da visita ao farol. Assim também você evita as filas para subir.

Foz do Rio Preguiças
Vista para o Rio Preguiças e praia de Caburé a partir do Farol Preguiças

Seguindo essa dica, partimos quase que em ritmo de corrida para chegar primeiro ao farol e depois subir os degraus. Conclusão: chegamos lá em cima bem suados.

A vista é espetacular, e podemos conferir o rio Preguiças, o povoado de Mandacaru de cima e até as praias de Atins e Caburé.

Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Mandacaru
Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Mandacaru 

O tempo de parada não é estipulado, portanto depois da visita ao farol circulamos um pouco pelo povoado e tomamos um sorvete nessa casinha verde que aparece na foto.

Mandacaru Farol Preguiças
O povoado de Mandacaru e o Farol Preguiças ao fundo

Terceira parada: Praia de Caburé

Terceira e última parada é em Caburé, um península cercada pelo Rio Preguiças de um lado e o mar de outro.

Em cinco ou dez minutos, o rio encontra o mar.

Conforme sugestão do barqueiro, encomendamos o almoço no Restaurante do Paulo (R$ 49,00 peixe grelhado para dois) e fomos conhecer a praia, que não é particularmente bonita, mas valeu conhecer. Na época que fomos ainda não havia, mas hoje são oferecidos passeios de quadriciclo que devem valer a pena.

Caburé
Chegada em Caburé
Lençóis Maranhenses: Rio Preguiças e Caburé
Caburé, não ficamos muito encantados pela praia, mas o lugar deve valer para quem fica
hospedado por lá e pela tranquilidade e isolamento que ele proporciona

O piloto ainda ofereceu um passeio opcional ao pessoal, até a foz do Rio Preguiças (R$ 10,00), mas ninguém se interessou. Então partimos somente eu e Cleber, mais a Dona Roseli, até Atins.

Essa opção de ir até Atins pode ser interessante para quem já estiver saturado de ficar em Caburé, já que a parada por lá é longa, devido ao almoço. O barco aproxima-se do encontro do rio Preguiças com o mar.  

Foi  em Atins que desembarcamos, para embacar novamente em outro passeio pelo Rio Preguiças, dois dias depois, dessa vez na volta para Barreirinhas.

Fonte:
Portal Barreirinhas: Rio Preguiças.  

FICHA TÉCNICA:
Passeio: Passeio pelo Rio Preguiças
Direção: Barreirinhas – Lençóis Maranhenses
Fotografia: Fábio Pastorello
Produção: São Paulo Ecoturismo, R$ 60,00 por pessoa

O melhor: a vista do alto do Farol Preguiças é incrível e vale o passeio. Alguns momentos navegando por entre os manguezais também são incríveis momentos de contato com a natureza local.
O pior: a praia de Caburé é o lugar que menos nos impressionou nesse passeio
Ano: 2011
País: Brasil
Avaliação: ★★★★

© 2012 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor. Texto revisado em 2014. 


Confira em vídeo como foi o passeio


Confira a seguir: Chegada em Atins

 

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.