O que Fazer em Trancoso: O Quadrado e as Praias | Bahia

O que fazer em Trancoso, na Bahia? Um dos lugares mais encantadores do Nordeste é o Quadrado, essa praça charmosa (e grande) que domina a vida por lá.

Eu já conhecia, mas assim como para a Praia do Espelho, tinha sido só em um bate e volta, então resolvemos voltar e conferir com mais tempo esse lugar.

Nesse post, você vai saber como foi nossa passagem por Trancoso, um pouco sobre o que fazer, algumas dicas e ver algumas das nossas fotos por lá.

Vai acompanhar conosco também um pouco dos contrastes do Quadrado, de suas casas de fachadas de cores primárias e gente simples, que a noite se transformam em lojas e restaurantes de luzes e decoração sofisticada.

O que fazer em Trancoso – O Quadrado, as Praias e Outras Histórias

Diário de Viagem: Porto Seguro, Bahia – Dias 7 a 9

de  

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
As casas do Quadrado de Trancoso, além de coloridas e lindas, contam cada uma a sua história

Leia também: Bahia: Dicas e Roteiros de Viagem

Nossa viagem começou em Porto Seguro, para depois irmos até Arraial d’Ajuda e para a Praia do Espelho (veja no final desse post o link para a série completa). Reservamos o fim de semana para estar em Trancoso. Nosso quarto e último destino durante essa viagem para a Bahia, em junho de 2013.

Aliás, para quem está curioso para saber se chove ou como é o tempo no “inverno” do Nordeste (no qual os meses de junho e julho estão incluídos), a notícia não é muito boa. Chove. OK, as chuvas são rápidas e em vários momentos é possível pegar dias de sol lindos. Mas as chuvas existem.

Chuva em Trancoso

É bom ir preparado para dias de chuva, que podem durar algumas horas, ou até dias inteiros, caso você vá no inverno.

No nosso caso, praticamente em todos os 10 dias por lá, choveu. Em alguns, choveu bastante, como no nosso último dia em Trancoso. Então, se você está planejando a ida nessa época, uma dica é aumentar o tempo de permanência em cada destino, assim você não arrisca passar por um lugar como Trancoso e só vê-lo debaixo de chuva.

Mas com sorte, talvez você nem pegue chuva, e encontre uma semana linda de sol durante sua permanência. Então mentalize apenas dias lindos de sol e muito céu azul. Esse post tem algumas dessas imagens para ajudar você nessa tarefa.

Como Chegar em Trancoso

A partir da balsa de Arraial d’Ajuda, saem ônibus (Viação Água Azul) e vans para Trancoso. O percurso demora cerca de 1h e os ônibus saem praticamente de hora em hora. De carro, até Trancoso a estrada é asfaltada e também há opção de pegar um táxi, que pode girar em torno de R$ 60,00 a R$ 80,00.

Saindo da Praia do Espelho

Por volta das 12h, havíamos marcado um táxi para ir nos buscar na Praia do Espelho. Quem conseguiu o táxi foi o Rodrigo, da Pousada Raízes do Brasil, onde ficaríamos hospedados em Trancoso.

O taxista nos aguardava. O caminho até Trancoso foi tranquilo, cerca de 40 minutos de carro e ficou por R$ 100,00 para 2 pessoas.

Review – Onde Ficar em Trancoso: Pousada Raízes do Brasil

O Quadrado, a Praça Principal de Trancoso

Depois de nos instalarmos na Raízes do Brasil, estávamos morrendo de fome e fomos almoçar no restaurante Aconchego, que fica no caminho para o Quadrado. A comida é por quilo, saborosa mas nada de especial, cerca de R$ 30,00 o quilo.

Chegamos finalmente ao famoso Quadrado. O sol estava lindo e ficamos encantados com as casas e cores do local. Em minha memória, lembrava de alguns aspectos da praça, de nossa última viagem há mais de 8 anos atrás, mas achei tudo mais bonito e encantador.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Cercada por casas coloridas e com um belo gramado no centro, o Quadrado tem cara de cidade do interior

O que mais me encantou de início foi a tranquilidade do lugar. Tá certo que estávamos em junho, e provavelmente no verão essa tranquilidade fica em algum lugar do passado, mas aquele lugar durante a nossa viagem me pareceu bastante bucólico e paradisíaco. Eu, que privilegio muito mais a tranquilidade ao agito, adorei.

Apesar do sol forte, é possível caminhar por todo o Quadrado na sombra de suas enormes árvores. O interessante é que algumas casas contam com placas que contam a história das casas e de seus moradores. Saber um pouco mais da história de Trancoso através da história de seus moradores foi um grande lance, que ajudou a gente a imaginar um pouco como era aquele lugar no passado.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
As histórias dos moradores das casas do Quadrado, afixadas nas paredes, transformam simples
cores e paredes em ambientes cheios de vida e história

As Histórias das Casas do Quadrado

O Fidalgo e a Senhorinha

Manuel de Genoína era roceiro e festeiro dos bons. Tinha orgulho de ser chamado pelo nome da mãe – Maria Genoína, uma índia vistosa, de cabelos compridos e traços fortes. Casou-se aos dezesseis anos com Helena, a Mocinha, de treze anos, a filha mais velha de João Alves, seu padrinho, de quem ganhou o sobrenome no dia do casamento. Com seu chapelão, bem vestido, tinha uma fidalguia: O homem era uma pedra sem jaça!

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Durante o dia, crianças e moradores circulam tranquilamente, se misturando aos visitantes

Olava

O que fazer em Trancoso Quadrado e PraiasManoel Etelvino da Silva – o Maneco – já era casado com Odília Pereira da Silva quando chegaram em Trancoso, em 1948. Ele, marceneiro e funileiro, foi o primitivo mestre de outros mestres das madeiras deste Trancoso. Era pai de Olava, dona desta casa, que abriu um dos primeiros pontos de PF (Prato Feito) do povoado. Ela dizia: Trancoso é o melhor lugar do mundo. De manhã eu acordo e solto as galinhas e as crianças. Aí eu recolho de tarde. 

Circulando pelo Quadrado

As casas do Quadrado, aparentemente simples e pequenas, têm essa característica de quando atravessamos suas portas: revelam histórias e ambientes muito maiores do que suas singelas fachadas poderiam insinuar.

Outra placa conta que, em 1817, Trancoso era composto por 50 casas e 500 habitantes, todos índios.

Quem circula pelo Quadrado pode ter essa impressão de que o lugar ainda é quase isso, um conjunto de casas e habitantes tranquilos. Mas quem circula fora de seu quadrado turístico, vê que o povoado cresceu bastante.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Placas não muito bem conservadas, contam um pouco da história de Trancoso

Além da história do vilarejo, o Quadrado conta lógico com a igreja e com os belos restaurantes.

Mirante para a Praia

Atrás da Igreja de São João Batista, construída no início do século 18 sob as ruínas de um convento jesuíto, está um mirante, em que podemos avistar as praias do Coqueiros, Nativos e o rio que as divide. Esse mirante é o ponto onde todas as excursões trazem seus visitantes. O problema é que às vezes essas excursões só trazem os visitantes até aqui.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Mirante atrás da Igreja de São João Batista permite avistar as praias de Trancoso

Praia dos Coqueiros e Praia dos Nativos

É imperdível descer uma ladeira, que fica do lado direito do Quadrado, e chegar até as praias do Coqueiro e Nativos. Para chegar nas praias, você atravessa uma passarela suspensa sobre um mangue, que dependendo da maré deixa ver as raízes das árvores e os caranguejos.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Passarela de madeira passa pelo mangue para chegar às praias
O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Praia dos Coqueiros, à direita segue para a Praia do Rio Verde e para a esquerda, a Praia dos Nativos

Ficamos à beira do rio que separa as praias dos Coqueiros e Nativos, aguardando o sol se pôr. O banho nas águas do rio é imperdível, uma delícia, especialmente na maré baixa. Águas tranquilas, algumas ilhotas, uma inusitada casa no meio do rio e as pessoas atravessando o rio de um lado para o outro.

A travessia em alguns pontos pode chegar até a cintura, mas é possível, na maré baixa, atravessar tranquilamente.

Confira também: As 10 Melhores Praias da Bahia

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Um rio de águas calmas e transparentes é o lugar ideal para um banho em Trancoso

Trancoso – O que fazer

  • Além das casas do Quadrado, que merece ser visitado de dia e de noite, Trancoso possui algumas das praias mais lindas da região de Porto Seguro. As praias mais próximas do Quadrado são a Praia dos Coqueiros e a Praia dos Nativos, onde também é possível encontrar barracas de praia e alguma infraestrutura.
  • Mas o melhor mesmo é fazer caminhadas. Para o lado direito, estão a Praia do Rio Verde, a Praia de Itaquena e finalmente chegar a pé até a Praia de Curuípe/Espelho.
  • Para o lado esquerdo, a caminhada leva até Arraial d’Ajuda, que pode ser percorrida na maré baixa, passando pelas praias do Rio da Barra e do Taípe. Fizemos essa caminhada (só que no sentido contrário, de Arraial para Trancoso a pé) e vamos detalhá-la em uma próxima postagem.
  • Por conta das caminhadas, reserve pelo menos 2 noites para Trancoso, assim você pode tanto caminhar para um lado como para o outro, e explorar tranquilamente todas as suas praias.
O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Pôr do sol magnífico entre as praias de Trancoso

O visual do entardecer foi magnífico. Além de aproveitar o banho no rio e no mar, aos poucos o sol começou a se pôr atrás dos coqueiros e tanto na direção do rio como na direção do mar, o céu ganhou tons e cores incríveis. Nós ficamos ainda mais felizes, já que durante aqueles dias na Bahia, poucas vezes o fim de tarde resistiu ao tempo nublado e chuva e revelou um entardecer como tanto gostamos de ver.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Eu no pôr do sol em Trancoso
O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
As cores incríveis de mais um pôr do sol lindo na Bahia

A noite do Quadrado de Trancoso

Voltamos para o Quadrado e tiramos várias fotos do anoitecer. As luzes dos restaurantes começaram a acender, cada restaurante escolhe um tipo de luminária, penduradas sobre as frondosas árvores, as casas abrem as portas e revelam-se lojas de grife, pousadas e cafés. As placas da história de cada casa não se enxergam mais.

Ao contrário do ar bucólico e aparentemente parado no tempo que encontramos durante o dia, à noite o Quadrado ganha ares muito mais sofisticados e modernos, através das mesas, cadeiras e decoração dos restaurantes que saem de dentro das casas para as ruas. É como se, no decorrer de algumas horas que dividiram o dia da noite, várias décadas tivessem passado por ali.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Anoitece e o Quadrado se transforma através de luzes, portas abertas e lojas, com ares de cidade
O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
Noite no Quadrado, momento encantando em que as luzes e o céu azul escuro deixam a praça ainda mais bonita

Onde comer no Quadrado

Escolhemos um desses restaurantes transados do Quadrado, o Silvana & Cia, que pareceu a melhor relação custo-benefício, cerca de R$ 40,00 o prato para duas pessoas.

Mas existem vários outros que pareciam ótimos, embora bem mais caros, como o El Gordo e o Cacau. Alguns estavam fechados em virtude da baixa temporada, como o Capim Santo.

Almoçamos em outro dia no El Gordo, que vale a pena pela ótima vista.

Depois do jantar, comemos uma deliciosa tapioca na praça. Quem bom que é sempre possível encontrar uma tapioca nas praças do Nordeste.

Circular pelo Quadrado à noite, principalmente após alguma chuva, pode ser um pouco problemático, já se formam poças de água nos caminhos nada iluminados. E não há muito por onde circular, como o próprio nome da praça diz, é um Quadrado, e terminando de percorrer os quatro cantos, você já terá visto tudo.

Mas ainda existirão as portas, as paredes, as janelas e o que há por dentro de cada casa, seja no passado da história de seus moradores, seja no presente de suas lojas e restaurantes modernos e turísticos. Imperdível.

O que fazer em Trancoso Quadrado e Praias
O antigo e o moderno convivem, em harmonia, no Quadrado

Que tal ver as belezas de Trancoso em vídeo. Confira nosso vídeo no YouTube.



© 2013 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor.

Clique aqui para ver o roteiro completo dessa viagem

Bahia
share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

27 comentários

  1. Olá Fàbio, adorei ler o seu roteiro estou indo para trancoso em julho se estava empolgada com a viagem, com os seus relatos empolguei bem mais. Obrigado pela as dicas e parabéns vc relatou muito bem.

  2. Olá, Ana. Que legal que você gostou do post, obrigado. Em relação a escolher entre Arraial ou Trancoso, qualquer um dos lugares será uma boa escolha. Arraial é um pouco mais em conta em relação às hospedagens, tem mais opções de comércio e restaurantes. Trancoso tem o charme do Quadrado. Mas na minha opinião, creio que aproveitará melhor a noite em Arraial. Abraços.

  3. Fabio, site muto bom mesmo e fotos sensacionais! O post da caminhada entre Arraial e Trancoso está ótimo! Me ajudou muito a entender a região. Vou pra lá em março, porém, muito rápido, ficarei apenas 3 dias, em virtude disso fica minha duvida: Ficar hospedada em Arraial e conhecer Trancoso em um dia, ou me hospedar em Trancoso e conhecer Arraial? :/ Obrigada!
    Abraços. Ana.

  4. Oi, Paulo. A distância é realmente bem pequena, cerca de 10 ou 15 minutos caminhando. É uma subida, mas não tão íngreme, dá para fazer a pé tranquilamente. Um grande abraço!

  5. Fabio,
    Estou de viagem marcada para maio/2014, vou passar meu aniversário na praia.
    Tenho pesquisado bastante para poder aproveitar melhor os 7 dias em que estarei em Porto, colhi bastante informações que certamente serão de muita ajuda.
    Fiquei encantada com suas fotografias (Parabéns), já estou apaixonada pelo quadrado.
    A beleza desse lugar me enche os olhos.
    Obrigada por compartilhar sua experiência.

    Abraço

  6. Olá Fábio, estou indo para Arraial com sogra e filho pequeno e gostaria de saber a distância entre o Quadrado e a praia dos Coqueiros, se é recomendável fazer a pé ou se há opção de transporte.
    Obrigado!
    Paulo.

  7. Oi, Fernanda. Ficou faltando mesmo Caraíva, pegamos muita chuva por lá, o que nos atrapalhou um pouco. Mas tenho ouvido falar muito bem de Caraíva, acho que vale a pena conferir, principalmente para quem gosta de um lugar mais rústico e menos turístico. Beijos.

  8. Oi Fábio,

    Adorei tanto as suas dicas que queria te perguntar, vc já foi a Caraíva? Estava pensando em fazer um roteiro: Espelho, Caraíva e Porto Seguro/Arraial da Ajuda…

    Bjo

    Fernanda

  9. Olá, Yésus. Sim, vale a pena conhecer a Praia do Espelho, porém procure se informar sobre os períodos de maré baixa. Outra opção que o pessoal comenta bastante é Caraíva. Abraços e boa viagem! Tudo de bom!

  10. Fabio, bom dia! Estou retornando a Porto Seguro, agora nas minhas férias de janeiro! Antecipo minhas viagens lendo as informações de seu blog! Obrigado pelas dicas, pois assim podemos programar novos roteiros! Parece que vale a pena conhecer a Praia do Espelho… Yésus

  11. Oi, Andreza. Fico feliz que gostou do espaço. Nós fizemos tudo sem carro, utilizamos táxis (inclusive do aeroporto, embora o táxi do aeroporto até Arraial saia um pouco caro) e também existem vans e transporte público. É lógico que o carro ajuda na locomoção e otimiza o tempo, mas dá tranquilo para viver bem sem ele por lá. Abraços.

  12. ola fabio, muito bom seu blog, imagens e textos com pitadas de poesia e sensibilidade. Vou para trancoso no proximo dia 27 11 com meu marido e filhos (4 e 13 anos), gostaria de uma dica se vale a pena alugar uma carro ou se da pra conhecer bem o local e as praias a pe ou taxi e pegar uma transfer do aeroporto em porto seguro… pode nos ajudarW. obrigada, Andreza

  13. Delicia ler seus roteiros de viagem! Parece que a gente se transporta pros lugares, rss, parabéns!
    Ana (anamaril@ibest.com.br)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.