Uma Aventura pela Estrada Real: Quadricross em Lavras Novas


Ouro Preto é uma cidade encantadora, cheia de história e riqueza cultural. Mas se você já curtiu bastante as igrejas e as ladeiras de Ouro Preto, saiba que não muito longe de Ouro Preto você pode encontrar um passeio cheio de aventura e tomar um gostoso banho de cachoeira. 

Bem-vindo a Lavras Novas!

Em nosso terceiro dia na Estrada Real, depois de fazermos uma viagem de Ouro Preto até o povoado de Chapada, e uma trilha de 5 km até Lavras Novas, estávamos prontos para a grande aventura do dia.

Fomos até a sede da Quadricross em Lavras Novas e curtimos um sensacional passeio de quadriciclo pela Estrada Real. Confira agora como foi o passeio e não deixe de ver nossas filmagens #ComEmoção.  

No final do post, você ainda encontra uma opção de pousada em Lavras Novas e o nosso jantar em um espaço cultural inspirado na Idade Média

Uma Aventura pela Estrada Real

Em Lavras Novas, deixe o carro e explore os caminhos da Estrada Real de quadriciclo 

de 

Rolou sol e chuva em nosso passeio de Quadricross em Lavras Novas
Chegou afinal a parte mais emocionante de nosso dia. Depois do almoço, seguimos para a sede da Quadricross, onde começamos a nos preparar para uma grande aventura. Para mim, aventura maior ainda.
A Quadricross oferece vários passeios pela região:
  • Parque Nacional do Itacolomi
  • Cachoeira do Castelinho
  • Santo Antônio do Salto
  • Cachoeira dos Prazeres

Os passeios possuem diferentes níveis de dificuldade e durações.

O passeio que fizemos foi até a Represa do Custódio, passando pela Cachoeira dos Namorados, circuito que leva aproximadamente 2 horas e possui nível de dificuldade fácil. 

Mas antes de começar, preenchemos um termo de responsabilidade e vestimos nossos equipamentos de segurança para o circuito, como capacete e roupa própria para o passeio.

Depois que todo mundo foi equipado, partimos para um treinamento na própria sede da Quadricross, onde os instrutores acompanharam todos nós com bastante atenção e cuidado.

Mesmo para quem está acostumado a dirigir carros ou bicicleta, a experiência no quadriciclo é um pouco diferente. O terreno é acidentado e em vários momentos é preciso bastante atenção.
O roteiro que fizemos é o da Represa do Custódio, que tem 16 km e é percorrido em cerca de 2 horas. Vamos aos principais pontos de nosso circuito.

1 – Chuva no Quadricross

Dizem que o melhor do quadricross é fazer com chuva. Pois é, choveu bastante no início do nosso roteiro, mas apesar do tempo ficar um pouco mais escuro, a chuva não interferiu muito no passeio, pois foi rápida.

De qualquer forma, o pessoal da Quadricross tinha capas de chuva para emprestar.

Com chuva, a emoção é ainda maior

2 – Mirante

Em um dos marcos da Estrada Real, fizemos uma parada para curtir o visual da serra.

Pena que o tempo ainda estava escuro por causa da chuva, mas nesse ponto foi legal ouvir algumas histórias do caminho e da região, contadas pelo pessoal da Quadricross.

3 – Trechos Acidentados

A partir do mirante, começou um trecho em declive que exigiu um pouco mais de atenção e menos velocidade.

A equipe da Quadricross, em várias motocicletas, se multiplicou pelo trajeto para dar atenção a todos nós.

Como é comum nos grupos, alguns têm mais facilidade e avançam na dianteira, outros (eu) com mais dificuldade dão um pouco de trabalho no caminho.

Os instrutores da Quadricross parecem se multiplicar e estão por toda parte para ajudar no percurso

4 – Cachoeira dos Namorados

Nova parada, dessa vez uma parada maior para a gente curtir uma gostosa cachoeira.

A Cachoeira dos Namorados teria esse nome por causa da forma de coração encontrada na base da queda. Usando um pouco de criatividade você consegue ver.

O sol reapareceu, mas a água continuava gelada.

O negócio foi criar coragem mesmo assim para tomar um banho, afinal ninguém deve dispensar um banho de cachoeira.

A Roberta do Territórios ainda tirou uma série de fotos nossas muito legal nas águas da cachoeira.

Foto por Roberta Martins, do Territórios

5 – Trecho até a Represa

Novo trecho de relevo acidentado, nos momentos mais tensos você passa bem perto de alguns barrancos, qualquer descuido e o quadriciclo vai para o morro baixo.

O pessoal da Quadricross continuou bem atento a tudo e nos ajudando em todos os trechos mais complicados.

Chegada na Represa do Custódio, um bom descanso depois de um quadricross movimentado

6 – Represa do Custódio

Ponto final do nosso roteiro, a Represa do Custódio é uma tranquilidade só. As águas paradas da represa formam um belo espelho d’água. A vontade de “quebrar” aquele espelho é incontrolável, e o pessoal começou a jogar pedras que quicavam nas águas.
Aproveitamos um banho em suas águas, que estavam bem geladas. Só é bom ficar atento, pois a tranquilidade das águas pode enganar e algumas pessoas já se afogaram na represa.
Nos caminhos da Estrada Real, dessa vez dirigindo um quadriciclo
 

7 – Hotel/Pousada em Lavras Novas

Depois das aventuras do dia, foi a hora de tomar um gostoso banho em uma pousada. Ficamos hospedados na Pousada Buieiê.

Entrada da Pousada Buieiê
A pousada é cercada pela Serra do Trevão, e cercada não é força de expressão.

Quando abri a janela do quarto, que possui uma pequena varanda, encontrei a paisagem maravilhosa da serra.

Uma pena realmente que o tempo estava ruim e chovia muito, caso contrário poderíamos curtir um belo pôr do sol.

A pousada possui 15 apartamentos em estilo rústico. Com chuva, o melhor da hospedagem foi o café da manhã, uma delícia.

  
Vista da varanda de nosso quarto na Buieiê, para a serra que rodeia Lavras Novas

Confira algumas fotos do café da manhã.

Detalhe da xícara e do descanso de mesa no café da manhã na Buieiê, preocupação com os detalhes

8 – Jantar no Espaço Cultural  Santo Graal

Outra opção bem legal para se fazer em Lavras Novas é conhecer o Espaço Cultural Santo Graal.

Muito mais do que um restaurante, o lugar é uma proposta de cultura, lazer e entretenimento na região.

O ambiente remete todo à Idade Média, o que já deixa o lugar completamente cinematográfico.

No primeiro andar, existe um acervo de objetos antigos formando um mini museu.

No térreo, também há espaços para shows e apresentações culturais.

Além disso, a comida no restaurante Jacques de Molay é simplesmente deliciosa. A única coisa que eu não gostei muito foi que o lugar é bastante escuro, praticamente a luz de velas. Faz parte do clima medieval, porém.

O espaço medieval do Santo Graal, restaurante e espaço cultural em Lavras Novas
Delicioso jantar em Lavras Novas

No dia seguinte, sairíamos cedo para Tiradentes, enquanto marquei com as meninas de acordar bem cedo para caminharmos um pouco por Lavras Novas para registrar um pouco as curiosas fachadas da cidade. Infelizmente amanheceu chovendo e ficamos sem as fotos mesmo.

Uma das simpáticas casas de Lavras Novas, em foto da Raíssa Viza no Flickr. Licença Creative Commons 2.0
FICHA TÉCNICA:
Passeio: Quadricross em Lavras Novas
Direção: Ouro Preto – Distrito de Lavras Novas/MG
Fotografia: Fábio Pastorello
Produção: Quadricross – os preços variam de acordo com o percurso, a partir de R$ 120,00

O melhor: andar de quadriciclo é uma experiência bem emocionante e que permite um contato mais próximo com a natureza local e o suporte do pessoal da Quadricross é excelente, garantindo segurança durante todo o passeio.
O pior: para se fazer o passeio, é necessário possuir carteira de habilitação, ela é necessária pois é preciso controle na direção e habilidade durante boa parte do trajeto.
Ano: 2014
País: Brasil
Avaliação: ★★★★

Fontes:
Confiram também nossas filmagens desse dia. Contém também material captado pelo Maurício Oliveira, do Trilhas e Aventuras (@aventureiros), está incrível.

Estrada Real: 5 Momentos Inesquecíveis

 
© 2014 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor.
A viagem Blogueiros na Estrada Real (#BlogueirosnaER) foi uma realização do Instituto Estrada Real, com os blogs Dentro de Mochilão (também responsável pela organização), Pé na EstradaSegredos de ViagemTerritóriosTrilhas e AventurasViajando com Eles e Viagens Cinematográficas. Essa viagem foi patrocinada, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão do autor. 
Bancorbrás Turismo apoiou este projeto.
Blogueiros na Estrada Real

 

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

2 comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.