Gramado – O Mundo Mágico de Korvatunturi

Gramado Korvatunturi

O que fazer em Gramado? Ao pesquisar os principais pontos turísticos da cidade, eu me deparei com esse espetáculo de nome diferente, mas muito bem avaliado.

O Korvatunturi costuma ficar no ranking das melhores atrações para fazer em Gramado, e como eu não estávamos indo na época do Natal, para mim essa era a principal atração para fazer por lá.

Com esse artigo, começamos uma série de posts sobre nossa viagem pela deliciosa Gramado, que fizemos em setembro de 2014. Foi uma viagem também para comemorar meu aniversário, e como gosto muito de cinema, achei que seria legal visitar o cenário do Festival de Cinema mais famoso do Brasil. Até ganhei um Kikito por lá (só que de chocolate rs). 

Veja como foi nossa experiência no Korvantunturi e entenda porque resolvemos começar nossas matérias dessa viagem para Gramado com esse espetáculo.

Como não é possível tirar fotos durante o espetáculo, as imagens foram gentilmente cedidas pela organização. Ainda fizemos alguns registros antes e depois do espetáculo, quando é permitido tirar fotografias. 

Gramado – Espetáculo Korvatunturi

Um espetáculo incrível que é a síntese da experiência em Gramado

O mundo fantástico das viagens

Belos cenários e figurinos são um dos destaques do Korvantuturi. Créditos: Divulgação

Fazer uma viagem para Gramado é como entrar em um mundo fantástico, onde as pessoas são incrivelmente simpáticas e educadas, os carros páram na rua para que os pedestres atravessem e as casas parecem ter saído de um conto de fadas.

Pelo menos foi essa a impressão que eu e Cleber tivemos ao visitar a cidade em setembro de 2014.

Algumas pessoas até não gostam de Gramado justamente por isso, por ser uma cidade que parece de mentira.

Eu penso justamente o oposto: não é das tarefas mais fáceis construir um mundo de fantasia que proporciona uma experiência de sonho para seus visitantes.

E como já falamos aqui no blog, tanto o cinema como as viagens, possuem esse encanto não somente de uma fuga de realidade, mas também de uma possibilidade de viver outras vidas e experiências além da nossa rotina. Ou seja, entrar num universo de fantasia, ainda que real.

Por isso, resolvi começar nossas matérias da viagem para Gramado com o Korvatunturi, esse espetáculo que transporta seu público para um incrível mundo de fantasia e beleza. Gramado e o Korvatunturi têm muito em comum. 

O que o Korvatunturi tem para mostrar para você

O espetáculo conta a história de um mundo encantado chamado Korvatunturi, habitado por um povo que valoriza o amor e a felicidade, e todos os seres são conectados por uma grande árvore.

Nesse ponto a história lembra a de Avatar, mas as influências do espetáculo também incluem o musical Cats, as produções do Cirque du Soleil e a lenda da montanha do Korvatunturi. Apesar das influências, o roteiro e o argumento são originais

Enquanto a árvore enfraquece, os habitantes de Korvatunturi sabem dos conflitos na Terra dos Humanos.

Momento de interação dos artistas no Korvatunturi

Para solucionar o problema, eles resolvem chamar um representantes do humanos para aprender o estilo de vida de Korvatunturi. A solução do espetáculo para a escolha do representante dos humanos é excelente e um dos grandes trunfos do show, não vamos revelá-la para não estragar a surpresa.

A partir daí, os habitantes de Korvatunturi revelam ao humano o seu mundo, através de belos momentos cheios de cores, música e dança.

O espetáculo acerta em cheio em vários quesitos: a bela e climática trilha sonora original, os excelentes figurinos, os ótimos números circenses, de dança e o talento musical e interpretativo do elenco. Ou seja, esses “habitantes de Korvatunturi” são realmente especiais.

Uma das lições que esse humano aprende daquele povo (e nós por tabela) é como o mundo pode ser melhor praticando valores positivos. Esse espírito de bondade, gentileza e cooperação que a peça transmite pode ser encontrado também em Gramado, por isso acho que existem tantos paralelos entre a produção e a cidade que visitamos.

Ao final do espetáculo, o público aplaude de pé os artistas do Korvatunturi

Como foi criado e realizado o espetáculo

Idealizado por membros da família Peccin que também participaram da criação e organização do Natal Luz de Gramado e por Rodrigo Cadorin (diretor artístico e musical), a padrão de qualidade e excelência encontrado no famoso Natal Luz se reflete na produção do espetáculo.

É impressionante saber que o espetáculo foi montado em apenas 60 dias, desde a concepção até os ensaios. 

Com influência de Cats, Avatar e Cirque du Soleil, a produção foi idealizada pelos mesmos criadores do Natal Luz
Foto: Sergio Azevedo

Os cenários foram montados através de material reciclável e os figurinos feitos com restos de tecidos cedidos por parceiros do espetáculo. Em se tratando desse universo fantástico de Korvatunturi, a realização também teve um lance mágico e de cooperação.

O show fica em cartaz o ano inteiro em Gramado, aos sábados, desde novembro de 2012 e soma um público de mais de 70 mil pessoas (e crescendo). Quando assistimos, a casa estava lotada. Aliás, fica a dica: chegue cedo para garantir um bom lugar, já que os assentos não são numerados.

Momento de interação e fotos com o elenco

No final do espetáculo, o público tem a chance de tirar algumas fotos seja no cenário de Korvatunturi, seja com o divertido elenco da peça. Os detalhes dos figurinos e da maquiagem ficam ainda mais incríveis de perto, vale conferir e fazer a sua foto.

Olha só nossos registros por lá.

Nossas fotos no final do espetáculo

Não perca os próximos posts de Gramado aqui no blog.

Korflê.

FICHA TÉCNICA

Passeio/Atração: Espetáculo Korvatunturi
Direção: Centro de Eventos da Faurgs, Rua São Pedro, 663 – Centro – Gramado/RS
Ingressos: Para comprar os ingressos, clique aqui.
Produção: K Entretenimento
O melhor: o conjunto é realmente impecável, mas os lindos figurinos, a bela trilha sonora e os números circenses são os pontos altos
O pior: embora divididos por setores, os ingressos não são numerados, quem gosta de assentos mais centrais deve chegar cedo
Ano: 2014
País: Brasil
Avaliação: ★★★★★

Nota: O ingresso do Viagens Cinematográficas foi uma cortesia da K Entretenimento, mas as opiniões aqui expressas revelam nossa real opinião sobre o espetáculo.

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

7 comentários

  1. Olha só! Eu que sou vizinho aqui de Gramado nunca tinha ouvido falar dessa atração. Somos fãs de espetáculos e musicais, fiquei agora com vontade de ir lá conferir. Abração. O post ficou muito bom!!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.