Punta Cana: Passeio de Barco até Isla Saona

Em Punta Cana, um dos programas imperdíveis é o passeio de barco até a Isla Saona. Nessa matéria, vamos ver como funciona esse passeio, quais são as paradas e os lugares incríveis que você irá conhecer.

E porque vale a pena deixar o seu hotel all inclusive, pelo menos durante esse dia, para conferir um dos lugares mais belos da República Dominicana.

Sim, acreditem. É difícil largar o conforto e as opções de lazer e refeições de um resort all inclusive para fazer qualquer coisa fora do hotel. Você até se sente meio culpado. Mas a infidelidade é rápida, no final do dia você já estará de volta para continuar nas mordomias do nosso hotel.

Onde Ficar em Punta Cana: Hard Rock Hotel & Casino Punta Cana

No nosso caso, em particular, a culpa foi ainda maior, já que estávamos no Hard Rock Hotel & Casino Punta Cana, um resort incrível que além das 13 piscinas, dos 9 restaurantes e do quarto com banheira hidromassagem digno de qualquer rock star, você tem ainda uma programação de lazer excelente.

Punta Cana: Passeio de Barco até a Isla Saona

Isla Saona: Punta Cana
Um dos lugares mais lindos em que eu já estive: Isla Saona já me dá vontade de conhecer outros destinos do Caribe

Tudo bem: ficar em hotel incrível como o Hard Rock já é uma experiência e tanto, mas quem vai para o Caribe também quer conhecer as belíssimas praias da região.

Em Punta Cana, você já vai se deliciar com as belas praias (em frente ao nosso hotel fica a praia de Arena Gorda, bem gostosa). Mas foi em Isla Saona que encontramos aquelas paisagens que são a representação perfeita do que é estar no Caribe.

No TripAdvisor, o passeio até a Isla Saona só perde para a Praia Bávaro entre as melhores coisas para se fazer em Punta Cana.

Veja nosso vídeo para conhecer todas paradas e atrações do passeio.

Como Chegar

Para fazer o passeio, entramos em contato com a Sol Cana Tours. O serviço da Sol Cana funcionou perfeitamente: o único senão ficou para o horário do retorno. No retorno ao hotel, acabamos chegando um pouco mais tarde do que o horário previsto. Mas fora isso, tudo rolou super bem.

A reserva e o pagamento (total ou parcial) podem ser feitos no próprio site da Sol Cana. A reserva com antecedência é recomendada para você não ser surpreendido pela falta de vagas.

Prepare-se. A saída é bem cedo (8h da manhã) e o retorno bem tarde (18h). E o percurso não é curto, mas acredite, vale cada quilômetro percorrido.

Como Funciona

O passeio é composto de diversos tipos de transporte, entre eles uma van, depois um catamarã e finalmente uma lancha rápida. E entre eles, são 4 paradas.

1 – Trajeto de Van até Bayahibe

A Sol Cana Tours faz o pick-up no hotel em que você está hospedado. Como a van passa em diversos hotéis para pegar os hóspedes, os horários acabam variando um pouco, como em qualquer tour em grupo.

Já na van, todos acomodados, a viagem levou cerca de 2 horas, com parada de uns 30 minutos em um centro de compras de artesanato e produtos locais. A renda da venda é revertida para programas de ajuda humanitária. Os valores dos produtos são todos informados em dólares: eles aceitam tanto dólares como pesos dominicanos para pagamento. Só fique atento às taxas de conversão.

Punta Cana Isla Saona
Artesanato da República Dominicana: uma das paradas do passeio até Isla Saona

Pessoalmente, não curto muito compras, então para mim a parada foi desnecessária.

No caminho, o guia da Sol Cana traz algumas informações interessantes sobre a República Dominicana e sobre o passeio que iríamos fazer. Quem já fez qualquer passeio em grupo no Brasil, sabe exatamente como funciona. Informação sobre o local, algumas piadinhas, as tradicionais apresentações e pronto: chegamos no destino. 

Nesse trajeto, o guia informa que é na Isla Saona que foram gravados os filmes “Lagoa Azul” e “Piratas do Caribe”.

Nós fomos atrás mas não conseguimos confirmar essas locações. O filme Lagoa Azul foi gravado em Fiji, na Oceania, dá uma olhada nesse texto do Esse Mundo é Nosso. Outras locações do filme também ocorreram na Jamaica, também no Caribe. Ou seja, não foi em Isla Saona, mas tá tudo em casa né?

E o “Piratas do Caribe”? Também não deu pra Isla Saona. As locações foram em Puerto Rico e na Jamaica, entre outros lugares, mas nenhum na República Dominicana. Mas enfim, o lugar é cinematográfico mesmo assim.

2 – Chegada em Bayahibe

Bayahibe é um outro destino turístico da República Dominicana, distante 2 horas de Santo Domingo (capital do país) e que pode ser uma opção interessante para quem não curte muito ficar em hotéis all inclusive.

É de Bayahibe que saem os passeios para Isla Saona e para a Isla Catalina, dois dos melhores programas para se fazer por lá. Mas fora isso, a cidade não tem muitas opções de hospedagem e de lazer para os turistas.

A van da Sol Cana estacionou e desembarcamos. O grupo todo segue o guia até o local de onde saem as catamarãs. O local é um pouco muvucado, cheio de gente, de guias e de barcos, então preste atenção para não se perder do grupo.

Após quase 2 horas de trajeto de carro, estávamos todos ansiosos para embarcar logo no catamarã. Aliás, existem variações no passeio. Ora ele começa com o catamarã e termina com lancha rápida e ora ele começa com a lancha rápida.3 – Catamarã até Isla Saona

E no catamarã, a diversão realmente começa. Além de bebida à vontade à bordo (não é muita coisa, só água e uma opção de bebida alcóolica, uma mistura de rum com refrigerante, não é lá muito gostosa mas é melhor do que nada), o espaço no catamarã é bem grande.

Na parte coberta, alguns dançarinos começam a dançar, junto com os turistas, vários ritmos caribenhos. A animação dos dançarinos é realmente contagiante. Eles são alegres, espontâneos e fazem todo mundo entrar na dança. Pelo barco também circula um pirata, uma referência ao filme “Piratas do Caribe”.

Punta Cana Isla Saona

4 – Chegada na Isla Saona

Na chegada na Isla Saona, a cor e transparência do mar já impressionam. Aliás, um dos lances mais legais do catamarã é uma rede onde é possível ficar em pé ou sentado com a água do mar embaixo.

Tem como não se apaixonar por esse lugar?

Para chegar na ilha, é preciso trocar para um barco menor, que leva até bem pertinho da água. Como a água é bem tranquila, não há muita dificuldade para desembarcar do barco e pisar na areia da praia. No trajeto, aproveite para tirar algumas fotos da praia de cima do barco.

Na hora que eu desembarquei, rolou aquele óóóóóóóóóó!!! Que lugar incrível, gente. Parece que você chegou num cenário de filme mesmo. Se eu não tivesse pesquisado, com certeza acreditaria que o lugar era locação da Lagoa Azul.

Então se prepara que eu fiz uma pré-seleção de umas 60 fotos e tá difícil selecionar só algumas para postar aqui.

Isla Saona: Passeio em Punta Cana
Me belisca 
Isla Saona: Passeio em Punta Cana
A prova de que eu estava lá

5 – Almoço em Isla Saona

Também está incluso um almoço no passeio. Nós chegamos e tivemos que aguardar uns 15 minutinhos até o almoço ser servido.

O banheiro fica um pouco afastado e não é lá muito limpo, mas dá pra usar. Vá de chinelo e dica essencial: passe repelente. Os mosquitos atacam mesmo, saí de lá todo mordido.

O almoço é simples, mas tem várias opções e dá para se alimentar bem. Na maior parte dos alimentos, você pode se servir à vontade, mas nas carnes uma pessoa é quem serve.

A bebida também é servida à vontade: água e bebida alcóolica (novamente o rum misturado com refrigerante). Podia rolar também somente o refrigerante, senti falta.

6 – Caminhada pela Praia

Há muita gente na internet que reclama da falta de estrutura em Isla Saona. Sinceramente, não me incomodou. Mas é bom lembrar: nada nem próximo do resort em que você está hospedado em Punta Cana.

Além dessa área para o almoço, existe um grande quantidade de espreguiçadeiras (não falta pra ninguém), todas bem pertinho do mar. A verdade é que a água do mar é tão gostosa e quentinha, que boa parte das pessoas preferem ficar no mar mesmo.

Isla Saona: Praia no Caribe
A minha com vista para o mar, por favor

Pagos à parte, eles também oferecem massagem e outras bebidas, como a Piña Collada.

Mas pra falar a verdade, não sou muito exigente com infra, pois tudo o que eu queria mesmo era sair andando pela praia. Fui andando de um extremo ao outro.

No caminho, passei por diversas barracas, todas com diferentes tipo de estrutura, então depende um pouco de onde você vai ficar. Algumas eram bem mais cheias do que outras. A nossa era mais tranquila e parecia melhor estruturada do que as demais.

No lado esquerdo, fique atento a esse belo coqueiro debruçado sobre o mar

Os dois extremos da praia são interessantes de se visitar. Cada trechinho reserva uma surpresa: um coqueiro caído sobre o mar, as diferenças formações de coral encontradas na areia (tome cuidado na hora de entrar no mar) e os diferentes tons do mar.

No lado direito, um trecho em que a água do mar é mais transparente e forma pequenas piscinas naturais
Fique atento aos pedaços de coral e conchas na areia

O tempo de parada em Isla Saona é de 2 horas. Depois da caminhada, ainda rolou um tempinho pra entrar no mar, lógico e dar uma descansada na espreguiçadeira.

7 – La Palmilla

De Isla Saona, partimos até uma piscina natural incrível, La Palmilla. O trajeto leva cerca de 30 minutos e paramos já no banco de areia, onde vários outros barcos também estão parados.

Além do próprio banco de areia e da cor do mar, que me lembrou as galés de Maragogi, a grande atração é ver e fotografar as estrelas do mar.

Somos todos orientados a não tirar as estrelas da água por mais do que 15 segundos. Uma série de turistas e os fotógrafos profissionais tiravam fotos com as estrelas. Como elas estavam muito disputadas, saí nadando com o snorkel a procura de alguma estrela em seu habitat. Sem sucesso.Nesse ponto reside uma grande polêmica: muitos turistas, estimulados pelos fotógrafos locais, pegam as estrelas do mar para tirar fotos.

Sessões fotográficas com as estrelas do mar

Depois de uns 30 minutos de procura, retornei para junto dos fotógrafos e fiquei esperando eles terminarem as sessões fotográficas. Aí me deram não somente uma, mas duas estrelas do mar. Saquei algumas fotos e quando as pessoas voltavam para o barco, devolvi as estrelas ao mar.

Punta Cana Isla Saona

Mas quando publiquei as fotos nas redes sociais, algumas pessoas me criticaram por ter tirado a estrela de seu habitat.

Enfim, excluí as fotos e mandei um e-mail para o Antônio, meu contato na Sol Cana Tours. Ele me orientou que não há proibição por parte do Departamento de Meio Ambiente da República Dominicana mas que, pessoalmente, ele não recomenda essa prática.

Então fica a dica. Não faça como eu, e deixe as estrelas do mar em seu habitat.

8 – Retorno de Lancha Rápida

E assim terminou nosso passeio. Voltamos todos para a lancha rápida, que seguiu em rápida velocidade de volta para Bayahibe.

Na volta para a van, ainda vieram vender algumas garrafas de Mamajuana, uma bebida típica da República Dominicana. A bebida é composta de rum, vinho e mel misturada numa garrafa com cascas de árvore e ervas. Depois cheguei a experimentar a bebida no Hard Rock e achei uma delícia, bem docinha.

E era hora de descansar na van, pois ainda tínhamos mais 2 horas de trajeto até o hotel em Punta Cana. Mas depois das paisagens e das emoções que eu tinha vivido na Isla Saona, era difícil ficar tranquilo.

Dicas

  • Água e refeições estão inclusas no passeio, então não é preciso de preocupar. Mas um garrafa de água sempre é bom levar.
  • Protetor solar e repelente não estão inclusos e são essenciais.
  • Na hora de fechar um passeio, é sempre bom procurar referências da empresa. Dê preferência para empresas indicadas pelo seu hotel ou por outros viajantes. No nosso caso, indicamos a Sol Cana Tours.

Tudo o que você precisa saber sobre Punta Cana

FICHA TÉCNICA:

Passeio: Tour até Isla Saona
Direção: Punta Cana ou Bayahibe, República Dominicana
Produção: US$ 89,00 por pessoa pela Sol Cana Tours, reservas podem ser feitas no site
Fotografia: Fabio Pastorello
O melhor: A praia de Isla Saona é uma das mais bonitas que eu já vi: coqueiros, areia brava e mar quente em diversas cores formam um cenário perfeito.
O pior: O mar, apesar da cor linda, não é muito transparente.
Ano: 2015
País: República Dominicana

Nota: O Viagens Cinematográficas viajou a convite do Hard Rock Hotel & Casino Punta Cana via RMA Comunicação, em uma press trip com os blogs Meus Roteiros de ViagemTenho Mais Discos que Amigos e Turista Profissional.  

O tour até a Isla Saona contou com o apoio da Sol Cana Tours. 

Apesar de ser uma viagem apoiada, as opiniões são independentes e de livre expressão do autor. 


Leia também:

Onde Ficar em Punta Cana: Review – Hard Rock Hotel & Casino
Como Funciona um Resort All Inclusive no Caribe

Leia também: Viaje na Viagem – Como é o Passeio à Isla Saona

© 2015 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor. 

Tags:
share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

17 comentários

  1. Olá Fábio! Obrigada pelo relato detalhado, ajudou muito! Fiquei com umas dúvidas apenas: quanto tempo demorou o passeio no catamarã e na lancha? E nos dois passeios os transportes ‘sacodem’ o suficiente para enjoar será? Minha namorada é super sensível com trajetos em barcos e congêneres… aí to querendo convencê-la. Hehe obrigada! (-:

    1. Oi, Najara. O trajeto de Bayahibe até a ilha demora cerca de 2 horas, mas é super animado e gostoso, passa num instante. O “sacodir” depende um pouco das condições do mar, mas pessoalmente não me incomodou. Por via das dúvidas, vale tomar aquele plasil antes de embarcar. E tá querendo convencê-la? Fale que se ela não for, vai perder uma das praias mais lindas que eu já conheci. Beijão.

  2. Que lugar maravilhoso, vou me casar em Novembro e com certeza esse será o destino, obrigado pelo artigo, nos ajudou a definir nosso destino de lua de mel.

  3. Alguém sabe informar se há possibilidade de comprar um CHIP na cidade para uso da internet? ou se chip vindo do PY funciona?

  4. Estamos em RD vamos a Ilha Saona, foi muito bacana ler suas dicas! Depois conto como foi! Obrigado!! Abraço!!

  5. Oi Fabio, muito bacana seu post sobre a ilha Saona. Parece que temos impressões parecidas… Também fiz outros passeios em Punta Cana. Viajei para Punta Cana em Set/16, se quiser dar uma olhadinha no meu blog.

    Abs

  6. OI FÁBIO TUDO BEM? PELO QUE VI NA FOTO QUE VOCE PROVOU QUE ESTEVE REALMENTE EM ISLA SAONA, DÁ PRA PERCEBER QUE O MAR É MEIO TURVO ,DE MODO QUE A S PRAINHAS DE ARRAIAL DO CABO NÃO PERDEM EM NADA QUANTO A COR DA AGUA PARA ISLA SAONA; ESTOU CERTO? A PRAIA DE BÁVARO TAMBÉM TEM O MAR TURVO ASSIM?DESDE JA GRATO!

    1. Oi, Bruno. O mar turvo foi somente em Isla Saona, as águas de Punta Cana são bem transparentes. Mas realmente, o mar de Arraial do Cabo não perde em nada quanto a transparência, o único senão mesmo é a temperatura. Em Punta Cana o mar é bem quentinho, já em Arraial a gente já sabe né… Abração.

  7. Para variar uma foto mais linda do que a outra!
    E como eu queria um mar desses agora… nem devia ter visto esse post antes do ano novo pq vai bater uma depressão aqui hahahaha

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.