O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

O que fazer em Porto de Galinhas? Seja para quem já contratou um pacote de viagem ou para quem viaja independente, vamos compartilhar aqui algumas dicas essenciais para planejar bem a sua viagem.

Onde ficar em Porto de Galinhas? Quais são as opções de hotéis? Vale a pena ficar em um resort, ou é melhor optar por uma pousada? Qual a melhor época?

Como de costume aqui no Viagens Cine, essa matéria faz parte de nossa série de Guias de Viagem, onde procuramos responder 5 perguntas básicas de todo viajante: 1 – Por que ir; 2 – Como Chegar; 3 – Quando Ir;  4 – Onde Ficar e 5 – O que fazer.

Tudo de forma rápida, para quem deseja uma informação dinâmica e objetiva. Obviamente, por aqui a gente gosta de trazer detalhes das viagens, então fique ligado nos textos mais avançados sobre todas as experiências dessa viagem para Porto de Galinhas.

O que fazer em Porto de Galinhas, Pernambuco

Dicas e Roteiro de Viagem: Onde Ficar, O que Fazer, Quando Ir e Como Chegar

O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

Porto de Galinhas: Roteiro de Viagem

Guia Completo

Porto de Galinhas – Quando Ir, Como Chegar e Porque Conhecer

O que Fazer

Dia 1: Passeio de Jangada até as Piscinas Naturais
Dia 2: Passeio de Buggy de Muro Alto até o Pontal de Maracaípe
Dia 3: City Tour Recife e Olinda
Dia 4: Praia dos Carneiros
Dia 5: Maragogi e Costa dos Corais

Onde Comer em Porto de Galinhas – Dicas de Restaurantes
O que fazer em Porto de Galinhas e na Costa dos Corais

Onde Ficar

Dicas de Hotéis e Pousadas em Porto de Galinhas

Fotos

Porto de Galinhas em 20 Fotos Paradisíacas

O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

1 – Por que Conhecer Porto de Galinhas

Um Destino Sustentável

  • Desde a primeira vez que estive em Porto de Galinhas (em 2006), para a última vez em 2016, já se passaram 10 anos. E obviamente tudo mudou, para melhor. Porto de Galinhas é desses destinos que procuram crescer de modo sustentável. E é um discurso que não fica só na teoria.
  • Como um destino famoso de ecoturismo (e que portanto recebe muitos visitantes), essa preservação é fundamental. A principal atração são os passeios de jangadas até as piscinas naturais, um programa imperdível. Durante o passeio, os visitantes são orientados em quais áreas podem ou não circular/nadar para preservação dos recifes de corais.
O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

Um Lugar para Conhecer Antes de Morrer

  • Sabe aquela lista dos 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer, do famoso livro da Patrícia Schultz? Porto de Galinhas também está nessa lista, entre outros destinos escolhidos a dedo pelo Brasil e pelo mundo.
  • A autora cita inúmeros motivos, entre eles a temperatura da água (bem morna), o mar sem ondas e os peixinhos das piscinas naturais. Mas salienta o destino também pela agitação de sua vila de pescadores central.

Terra dos Resorts

  • E como falamos de crescimento, Porto de Galinhas ainda ganhou diversos resorts e hotéis de qualidade internacional, entre eles o Best Western Plus Vivá, onde fiquei hospedado. Também fiquei encantado com alguns restaurantes que conhecemos durante essa última viagem, experiências gastronômicas incríveis, que inclue frutos do mar, lógico, mas em muitas combinações deliciosas.
O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

2 – Como Chegar em Porto de Galinhas

  • É preciso pegar um vôo até o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes. Essa é uma linha que costuma estar entre as mais baratas para a região Nordeste, justamente pela sua oferta. Recife está ligada a 25 cidades brasileiras e o aeroporto de Recife é o segundo mais movimentado da região Nordeste.
  • Nós viajamos pela Azul Linhas Aéreas Brasileiras, que foi uma das apoiadoras de nossa viagem. E não é porque viajamos patrocinados não, mas quem conhece sabe que o voo da Azul tem uns lanchinhos bem gostosos e diferenciados.
  • O voo foi bem tranquilo, pontual e o atendimento da equipe excelente (eles têm aquele sistema de vir anotando os pedidos e depois trazendo as bebidas, que agiliza um pouco o serviço).
Porto de Galinhas: Como Ir - Azul Linhas Aéreas

Transfer de Recife para Porto de Galinhas (Táxi, Ônibus ou Aluguel de Carro)

  • Chegando em Recife, existem algumas opções para ir até Porto de Galinhas. A mais tranquila delas parece ser mesmo o traslado da Luck Receptivos, que foi a empresa que nos levou até Porto.
  • Eles te aguardam na saída do desembarque, contam com uma sala vip com acesso WiFi, bebidas e comidas, e os veículos são bem confortáveis. Eles te levam até a porta do seu hotel. O custo está a partir de R$ 79,00, por pessoa.
  • Se você quer economizar ou não está sozinho, pode considerar outras alternativas.

Aluguel de Carro

  • Alugar um carro pode ser uma boa opção, que vai te dar liberdade também para circular tanto dentro de Porto de Galinhas, como para destinos vizinhos, como a Praia dos Carneiros ou até mesmo Maragogi. O trajeto de Recife até Porto de Galinhas leva menos de 1 hora, sem chuva. Com chuva, tudo em Recife se complica.
O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

Táxi

  • Em grupo também pode rolar um trajeto de táxi. Negocie o valor com a taxista e, muitas vezes, você pode até dividir o valor do táxi com desconhecidos que também irão para Porto de Galinhas, como se fosse uma lotação.

Porto de Galinhas de Ônibus

  • Finalmente, a opção mais barata é ir de ônibus mesmo. Opções não faltam, mas o conforto fica bem longe e muitas vezes rola aquele pinga pinga que faz a viagem ficar bem mais longa.
  • Mas há ônibus que saem do próprio aeroporto ou da rodoviária de Recife. Os ônibus saem de hora em hora. Para mais informações sobre as linhas de ônibus disponíveis, consulte esse post completo do Turista Profissional.

3 – Onde Ficar em Porto de Galinhas

A escolha da hospedagem em Porto de Galinhas pode significar duas viagens totalmente diferentes.

Hotéis e Resorts em Porto de Galinhas (Muro Alto e Cupe)

  • Para quem escolhe ficar em Muro Alto ou na Praia do Cupe, estará optando por hotéis com maior infraestrutura, alguns até são resorts de luxo. Obviamente, requer um maior investimento e, obviamente, já que você está pagando por isso, também vale a pena reservar alguns momentos para curtir a infraestrutura do hotel.
  • Foi o que aconteceu comigo nessa última hospedagem em Porto. Fiquei no Best Western Plus Vivá Porto de Galinhas, que contava com uma piscina tão linda e tão extensa que, sinceramente, não dava vontade de sair do hotel.
  • O legal é como a piscina era longa, era bem fácil ficar em trechos onde a piscina era só minha. A praia em frente ao hotel é brava, não recomendada para quem gosta de mar tranquilo.
O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem - Onde Ficar
  • Para quem prefere o mar mais tranquilo, as opções estão em Muro Alto (que tem uma piscina natural gigante) ou no Pontal do Cupe. O Nannai Beach Resort fica em Muro Alto e possui regime de meia pensão. É o hotel mais caro, famoso e sofisticado de Porto de Galinhas. O simpático Pontal de Ocaporã fica em frente a uma praia protegida por recifes, no Pontal do Cupe.
  • Note que quem fica hospedado em Muro Alto ou em Cupe, fica distante do centro de Porto de Galinhas e irá depender de táxis ou transfers. Até existem opções de transporte coletivo, mas principalmente à noite não dá muito para contar.

Pousadas em Porto de Galinhas (Centro e Maracaípe)

  • Agora pra quem prefere economizar, as pousadas do centro de Porto de Galinhas ou até mesmo de Maracaípe, são a melhor opção. Nesse caso, é possível gastar menos de R$ 200,00 numa diária nas mais de 190 pousadas da região, e também com a vantagem de ficar bem localizado.
  • Na Pousada Pedras do Porto, que ficamos hospedados em 2011, é possível gastar menos de R$ 130,00 a diária. No site do Booking.com é possível encontrar outras opções no centrinho que em geral estão bem avaliadas por outros usuários. Nesses casos, esqueça a piscina cinematográfica do Best Western Vivá, por exemplo.
  • É uma viagem totalmente diferente, no estilo “hotel é só para dormir”. Confesso que já passei dessa fase e tenho preferido mais a estrutura de um bom hotel ou resort, mas vez por outra a gente acaba priorizando a economia mesmo.

Onde Ficar em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

4 – Quando Ir para Porto de Galinhas (Melhor Época)

Tábua das Marés

  • Muita gente se preocupa com os meses que é melhor ir para Porto de Galinhas, por causa das chuvas. É de fato uma preocupação. Mas essa não é a preocupação mais importante.
  • Antes de decidir sua viagem, é imprescindível consultar a tábua das marés. Porto de Galinhas perde uma parte de seu encanto na maré alta. As piscinas naturais desaparecem e as faixas de areia quase somem. Portanto, se puder, opte pelos períodos de maré baixa.
  • No site da Marinha do Brasil é possível consultar a tábua das marés. Selecione o Porto de Suape (Pernambuco), que é a localidade mais próxima de Porto de Galinhas, e consulte os períodos em que a maré está com altitude abaixo de 0.5. Acima disso, o passeio fica um pouco prejudicado.
  • Para isso é importante confirmar o dia em que a maré está abaixo de 0.5 e se também está num horário adequado. Não adianta nada um maré de 0.2 às 6h da manhã, exceto se você acordar bem cedo e correr para chegar nas piscinas naturais às 7h antes que elas comecem a encher.
Porto de Galinhas: Piscinas Naturais na Maré Baixa

Meses de Chuva: Junho e Julho 

  • Uma vez verificada a maré, volte a se preocupar com o clima. O site Holiday Weather traz uma tabela com os meses de maior chuva. De maio a agosto são os meses campeões em chuva, com destaque para junho e julho, também indicado pelo Praiômetro do Viaje na Viagem.
  • Toda regra tem sua exceção. Em 2016, fomos para Porto de Galinhas no início do mês de junho e só pegamos 1 dia de chuva.
  • O gráfico de sol é mais animador do que o chuva. Se você olhar o gráfico de Porto de Galinhas, a diferença de sol entre os meses é pouco significativa, o que indica que, mesmo que chova, o sol também estará garantido.
  • A visibilidade do mar é melhor nos meses de outubro a março, quando pode chegar até a 25 metros em mar aberto.

5 – O que fazer em Porto de Galinhas

Porto de Galinhas de Jangada

  • Como já falamos aqui, o passeio até as piscinas naturais, seja de jangada ou até mesmo caminhando (nos dias em que a maré está bem baixa) é um programão. Só combine direitinho com o jangadeiro a duração do passeio, para que não seja rápido demais.

Porto de Galinhas de Buggy

    • Outro passeio bastante oferecido é o de buggy de ponta a ponta, que visita as praias de Muro Alto e Maracaípe. Apesar de um passeio de buggy ser sempre um programa gostoso, não espere curtir muito essas praias, já que as paradas são breves. Se puder, reserve um tempo para conferi-las novamente, sem horário pra ir embora.

Porto de Galinhas: Praia de Muro Alto. Foto: Divulgação

Ecoturismo

  • Para quem busca programas diferentes, vale conferir as iniciativas de ecoturismo que citamos no início da matéria.
  • Tanto a ONG Eco Associados (tartarugas-marinhas) como o Projeto Hippocampus (cavalos marinhos), conversam com os visitantes sobre seus projetos e ações para preservar a natureza local. São bem interessantes.
  • Para ver os animais de fato, no caso das tartarugas marinhas fique de olho na época da desova (de outubro a junho) e da eclosão dos ovos (dezembro a fevereiro). Para ver os cavalos marinhos, faça um passeio de jangada no Pontal de Maracaípe.
Desova de Tartarugas Marinhas em Porto de Galinhas

Fora de Porto de Galinhas

  • Outras opções de passeios pela região saem de Porto de Galinhas para conferir um city tour em Recife e Olinda (R$ 60,00), para a paradisíaca Praia dos Carneiros (R$ 98,00) ou para as praias de Cabo de Agostinho (R$ 170,00 com passeio de buggy incluso).
  • Esses valores são operados pela Luck Receptivos, mas obviamente você encontra inúmeras operadoras em Porto de Galinhas e também pode fazer tudo por conta, caso esteja de carro.
  • Eu super recomendo dar uma esticadinha até o Estado vizinho. Maragogi, em Alagoas, fica distante cerca de 1,5 hora de Porto de Galinhas e tem piscinas naturais impressionantes.

Quantos Dias em Porto de Galinhas

O prazo ideal é de 7 dias, pois além das atrações da própria Porto de Galinhas, existem várias possibilidades de passeios de bate-volta na região.

Confira uma relação de passeios para fazer em Porto de Galinhas e na Costa dos Corais

Fiquem ligados nas próximas matérias sobre a Porto de Galinhas.

© 2016 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor.

O que fazer em Porto de Galinhas: Dicas e Roteiro de Viagem

Nota: O Viagens Cinematográficas viajou para Porto de Galinhas a convite do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau e da Azul Viagens, com apoio da Associação de Hotéis de Porto de Galinhas. O Viagens Cine contou com o seguro viagem da GTA – Global Travel Assistance.

Viajaram conosco os seguintes veículos: Catraca LivreMaior ViagemPapo de TuristaTurista ProssionalViaje SimRevista Viaje MaisRevista Viver BrasilRevista DimensãoTudo BHGPS Brasília e Carta Sem Portador.

Apesar de ser uma viagem patrocinada, as opiniões são independentes e de livre expressão do autor.

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

39 comentários

  1. Ola querido. Como sempre seu artigo está maravilhoso, com todas as dicas que preciso para minha proxima Excursão obrigada querido. Bjsssss no Cleber

    1. Oi Josiele. Nesse caso recomendo só curtir as piscinas naturais mesmo. O passeio de jangada é rapidinho, e no restante do tempo você fica curtindo a praia que também é linda. Abraços.

  2. Caramba! To pra ler esse post com calma faz tempo, e achei ele muito útil!!
    O formato é ótimo e dinâmico, com tudo o que precisamos saber. Inspirador, obrigada!
    Ah, sem falar das fotos né? Meu amigo, que lindaaas essas fotos pelo amor! Podia ter colocado mais até!
    Beijos

  3. Estou indo conferir na semana que vem. Ao contrário de você Fábio me desagrada muito essa infraestrutura toda, gosto de lugares roots, que estão desaparecendo, outro dia li que o o ministro do Turismo tem como lema aumentar empregos e para isso pensa em aumento de infraestrutura, flexibilização das leis ambientais, incentivos aos empresários e etc, como se o turismo fosse agora responsável sozinho pela crise do país, como se já não houvesse muuuuita flexibilização das nossas leis ambientais. Há muito tempo nossas riquezas naturais estão sendo transformadas em produtos, cada vez mais difícil se desfrutar do original, é muito estranho, o contraste é muito grande, preservam redutos, e exploram todo o entorno, e os lugares vão cada vez mais perdendo a sua identidade. Enfim…

    1. Pois é, concordo com tudo mesmo. Esse meio termo entre estimular o turismo mas ao mesmo tempo preservar a essência dos lugares é o grande segredo. Abraços.

  4. Excelente post, Fábio! Porto de Galinhas está na lista faz tanto tempo e nunca consegui adequar passagens baratas a minha disponibilidade! Mas agora com o baby quero ir e usufruir de em dos resorts mencionados em seu texto!

    1. Nossa Isabela, nesse hotel que eu fiquei tinham várias famílias, tem umas partes da piscina que são bem rasinhas, ideiais para curtir com crianças.

  5. Excelente post Fabio! Ao ver estas belas imagens dá mesmo vontade de entrar no avião e sair em porto Galinhas para desfrutar dessas praias e da natureza. Artigo muito completo com as dicas necessárias para ser uma viagem perfeita.

  6. Já estive num resort em Porto de Galinhas, mas acabei aproveitando mais o resort do que explorar toda a região. Adorei seu post e todos os detalhes. Quem sabe consigo programar para voltar a cidade. 😉

  7. Já tinha lido vários artigos sobre Porto de Galinhas, mas este deu mesmo vontade de ir até lá. Adoro essas praias em que se pode ver de perto a fauna marinha. Faz-me lembrar a praia da Consolação aqui em Portugal onde ia de férias com os meus pais. Quando a maré vazava podiamos caminhar sobre o fundo marinho a apreciar os peixes, estrelas e ouriços do mar que ficam aprisionados em pequenas poças.

    1. É incrível mesmo David. Eu adoro essas praias que formam pequenas piscinas naturais, vou anotar essa sua dica da Praia da Consolação, adorei Portugal, mas só conheci um pedacinho do Algarve, quero muito voltar e conhecer muito mais. Abraços.

  8. Que lugar incrível é esse meu povo? Seu post está pura inspiração já associada a organização e planejamento da viagem. Impossível não ir agora rs

  9. É daqueles locais que está no topo da lista quando eu voltar ao Brasil!! Infelizmente da única ve só conheci o Rio, mas da próxima quero ficar 1 mês!! Hehe belas dicas!

  10. Fabio li a matéria sobre canoa quebrada e sobre porto de galinhas para tentar decidir qual dos dois destinos nas ferias de dezembro. Continuo indecisa rsrs qual você me recomenda entre um e outro?

    1. Oi, Karine. Que difícil hein, mas eu optaria por Porto de Galinhas. Apesar de eu adorar Canoa Quebrada, Porto de Galinhas tem várias opções de passeios diferentes e interessantes. Por exemplo, dá para ir até Recife e Olinda, dá para ir até Maragogi, piscinas naturais, passeio de buggy. Acho que vale muito a pena. Abraços.

  11. Fabio
    Você escreve muito bem, blog maravilhoso!!! Estou programando minhas férias que será em setembro, e estou muito indecisa entre Trancoso e Porto de Galinhas. Qual você do fundo do seu coração recomendaria? rs (já estou abusando)

    Abraço

    1. Oi, Tatiana. Muitíssimo obrigado. Difícil escolher hein. Mas outro dia me fizeram essa pergunta também e eu coloquei um critério em pauta: preferência de tipo de praia. Em Porto de Galinhas, é o programa para quem gosta de piscinas naturais e snorkeling. Já Trancoso é melhor para quem gosta de praias mais selvagens, descoladas e/ou desertas. Eu gosto muito dos dois destinos, por isso depende do “tipo de praia” que você está afim de fazer. Abração.

  12. Fiquei morrendo de vontade de ir pra Porto de Galinhas depois dessa. Tá, confesso que babei mais ainda nas fotos! Aguardando as outras dicas 🙂

Deixe um comentário