Aluguel de Carros no Exterior Dicas – 10 Perguntas e Respostas

Aluguel de carro no exterior. Tem coisa mais legal do que partir para uma road trip?

Ano passado nós fizemos um road trip incrível pela França e Itália, e esse ano vamos partir para a Califórnia. Pegar um carro no exterior é relativamente simples, mas sempre surgem algumas dúvidas.

Regulamentações e leis podem ser diferentes, são muitos detalhes e você pode voltar com uma multa nas costas, então todo cuidado é pouco.

Essa semana recebemos essas perguntas e respostas elaboradas pela Rentcars (agência de viagens online especializada em locação de veículos), empresa que utilizamos na nossa reserva de carros no ano passado na Europa.

Aluguel de Carros no Exterior: Dicas e 10 Perguntas e Respostas

NOTÍCIAS

O que precisa

1 – O que é preciso para alugar um carro no exterior?

  • O motorista habilitado que tenha a carteira de motorista emitida há pelo menos 2 anos.
  • Assim como para o passaporte, é preciso ver se a carteira estará válida durante todo o período de utilização no exterior.
  • É preciso ter um passaporte válido e cartão de crédito internacional. O cartão precisa ser de titularidade do próprio motorista e ter limite disponível.
  • A idade mínima para dirigir é de 25 anos, mas não é regra. Algumas locadoras podem autorizar condutores com idade entre 21 e 24, mas nesse caso é requerido o pagamento de uma taxa chamada “under age”. Na hora de reservar, consulte direitinho como funciona.

2 –  Quem pode conduzir o veículo?

  • É possível incluir outros condutores adicionais, obviamente com taxas adicionais. Os nomes dos adicionais serão inclusos na apólice do seguro.
  • Para isso, é preciso que o condutor esteja na abertura do contrato de locação.

Quanto custa

3 – Qual a necessidade de um cartão de crédito internacional?

  • No caso da Rentcars, o pagamento pode ser feito adiantado, em reais.
  • Mas mesmo para quem já pagou a locação, na hora de você retirar o carro o cartão de crédito será solicitado para bloquear um valor caução. Ou seja, esqueça esse valor durante a sua viagem. No caso qualquer avaria no veículo, a locadora irá utilizar esse valor caução.
  • Na devolução do automóvel, o valor caução é liberado.
  • A Rentcars alerta que o valor caução varia bastante conforme o tipo de veículo, a modalidade de pagamento e o período de uso do carro. Em alguns casos, pode ser até solicitado o bloqueio em mais de um cartão de crédito.

4 – Como alugar carros mais baratos

  • A comparação de preços é fundamental. Reservar o carro com antecedência também pode ajudar a conseguir melhores preços.
  • O prazo recomendável é de pelo menos 20 dias antes da retirada do veículo.
  • Quanto menos carros disponíveis, maior pode ficar o preço.
  • Procure sites que façam comparação de preços entre várias operadoras, assim você tem a certeza de encontrar o melhor valor.
  • Uma das vantagens da Rentcars foi a possibilidade de pagamento em reais (sem o IOF) e parcelamento em 12 vezes. O pagamento em real também minimiza eventuais prejuízos com as flutuações cambiais. No nosso caso, por exemplo, nós viajamos num período de extrema alta da moeda estrangeira, então ter pago antecipadamente e em real, foi um fator de grande economia.
  • Na França, gastamos cerca de EUR 220,00 (carro automático) por 1 semana de locação com quilometragem ilimitada. O valor incluia taxa de licenciamento, proteção para danos ou colisão, proteção para roubo, entre outros.
  • Na Itália, porém, foi bem mais caro, cerca de EUR 400,00 por 8 dias de locação (carro automático).
  • Para ambos os casos, os carros locados foram da Hertz.
  • Mas vale a pena pesquisar sempre, em várias plataformas disponíveis.

5 – Km livre ou controlada?

  • Ninguém quer fazer uma road trip controlando quanto você está percorrendo na estrada.
  • Para quem é bem detalhado no planejamento, pode até optar pela quilometragem controlada, pois já está ciente de quantos quilômetros irá percorrer. Assim, também economiza no valor da locação.
  • Cuidado: se você ultrapassar a quilometragem definida, a cobrança pode ser brutal.
  • Mas no nosso caso, resolvemos optar pela liberdade. Pagamos um pouco mais mas garantimos a quilometragem livre.

Documentos necessários

6 – A CNH brasileira é válida no exterior?

  • Depende. Cada país ou às vezes até mesmo cada região possui uma regra. Em 2015, nós viajamos para a Europa somente com a CNH brasileira e foi o bastante.
  • A carteira de habilitação é pedida no momento de locação do carro.
  • Para quem viaja aos países do Mercosul, só a CNH é o bastante.
  • Nos Estados Unidos, a Rentcars informa que a CNH brasileira também é bem aceita, com exceção do estado da Geórgia.
  • Para alguns lugares, é necessário possui a PID – Permissão Internacional para Dirigir.

Seguros

7 –  Como se assegurar contra imprevistos?

  • O seguro é bem recomendável.
  • Quem aluga na Rentcars, já dispõe de uma proteção básica (cobertura em caso de roubos, furtos, danos e avarias no veículo).
  • Na hora em que fomos retirar os carros nos balcões da Hertz, eles ainda oferecem um seguro complementar, mas bastante caro. Não contratamos. A função desse seguro complementar é cobrir gastos com danos caso eles superem os assegurados pela proteção básica.
  • É possível também resguardar contra danos a terceiros (também não previstos na proteção básica).

 

Cuidados na Retirada e na Devolução

8 –   É recomendável acompanhar a vistoria do veículo na retirada?

  • Opa, super recomendável. Olhe tudo: limpeza, higiene, conservação, danos e eventuais avarias.
  • Tudo deverá ser anotado no momento da vistoria, assim quando você for devolver o carro, fica resguardado de eventuais acusações.
  • A locadora pode adotar taxas de limpeza e higienização, valores da locadora. Para evitar cobranças desnecessárias ou excessivas, faça uma limpeza básica no carro antes de devolver. Não precisa ser nada muito rigoroso, pelo menos no nosso caso, a inspeção não foi muito rigorosa.
  • Para as avarias, eles já são bem mais cuidados e fazem um exame minucioso na devolução, portanto todo cuidado é pouco.

9  –  É preciso abastecer o veículo na devolução?

  • Sim. Caso você não abasteça o carro, será cobrado por isso, pelos valores definidos na locadora, que certamente serão maiores do que num posto de gasolina.

10   – É possível devolver o carro em outra cidade, país ou estado?

  • Vale lembrar que na hora da contratação/reserva é preciso definir tanto o horário da retirada como o horário da devolução do veículo.
  • É preciso definir também a loja da retirada e da devolução. A locadora precisa garantir que o carro estará no endereço determinado.
  • Esses horários e lugares precisam ser respeitados, principalmente o horário da devolução e as lojas de retirada e devolução.
  • Se por um acaso, você devolver fora da loja definida ou fora do horário previsto, obviamente será cobrado por isso.
  • Na hora da pesquisa, você pode fazer várias simulações para verificar os valores cobrados em caso de devolução em destino diferente da retirada. Em alguns casos, essa situação pode não estar disponível.
  • Pesquise direitinho. Quanto mais distante o local da devolução, maior pode ser o preço. No ano passado, preferimos pegar um carro na França e outro carro na Itália, ao invés de ficar com o mesmo carro na viagem inteira.

É isso aí, esperamos que as dicas sejam válidas e agradecemos a Rentcars pelas informações.

Fonte: B4Tcomm Assessoria

Crédito das Imagens: Shutterstock.com

Leia também: Roteiro de carro 30 dias na Europa

 

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

1 comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.