Porto de Galinhas Passeio de Buggy: Muro Alto ao Pontal de Maracaípe

O que fazer em Porto de Galinhas? Bom, conhecer o litoral de Porto de Galinhas não é tarefa muito difícil. O passeio de buggy cumpre bem essa missão, de explorar alguns dos pontos mais bonitos do litoral.

O passeio vai até os extremos mais turísticos de Porto de Galinhas: de um lado a praia de Muro Alto e de outro lado o Pontal de Maracaípe: dois lugares incríveis.

Praias menos conhecidas como Camboa, Enseadinha, Serrambi e Toquinho ficam de fora, pois estão além dos extremos citados acima.

Mas é bom advertir. Ao contrário dos passeios de buggy do Ceará, por exemplo, os veículos não estão autorizados a percorrer todo o trajeto pela areia. A região é desova de tartarugas e corre o risco delas (ou de seus ovos) serem atropelados. Portanto, são poucos os trechos em que o buggy circula de fato na areia.

Mas de qualquer forma, é um passeio que vale a pena e uma ótima forma de conferir as praias de Porto de Galinhas de ponta a ponta.

Passeio de Buggy em Porto de Galinhas

O que fazer em Porto de Galinhas: Muro Alto e Maracaípe

Porto de Galinhas Passeio de Buggy
Praia de Muro Alto é um dos destaques do passeio de buggy em Porto de Galinhas

Houve um tempo em que eu e Cleber resolvemos ir a pé da Praia da Vila de Porto de Galinhas até a Praia de Muro Alto. Pois é, eu já fiz muita loucura nesse meu passado de viajante.

Mas até que nem foi tão loucura assim. São cerca de 9 quilômetros de caminhada, já percorremos trechos maiores.

Na ida, foi ótimo e conhecemos todas as praias do caminho. Não me lembro exatamente quanto tempo levamos, mas provavelmente umas 2 horas. Na volta, simplesmente não rolou. Estávamos muito cansados e conseguimos pegar um ônibus de volta à vila.

Dessa vez, nada de bancar o andarilho.

Quanto Custa

Para fazer o passeio de buggy, existe uma associação dos bugueiros que tabelam o preço em R$ 200,00 para até quatro pessoas.

Mas durante uma caminhada na praia das piscinas naturais, me oferecem R$ 150,00, provavelmente um bugueiro não credenciado. Sinceramente, não sei se vale o risco. Já fiz vários passeios de buggy que estragaram o programa.

Porto de Galinhas Passeio de Buggy
O buggy pode ser dividido em até 4 pessoas

A quantidade de serviços oferecidos em Porto de Galinhas é enorme, portanto você não terá dificuldade de achar um bugueiro. Eles se concentram todos no centrinho da vila de Porto de Galinhas.

Talvez seja mais difícil mesmo encontrar alguém para dividir o veículo com você, caso esteja sozinho ou em casal. Se não conseguir parceria, você terá que arcar com o valor de R$ 200,00 sozinho.

Leia também: Dicas de Hotéis e Pousadas Onde Ficar em Porto de Galinhas

Como Funciona o Passeio

Converse direito com o bugueiro qual será o seu percurso e cobre isso dele. Quais são as paradas, quanto tempo em cada uma, qual a duração total do passeio, são todas informações que você deve averiguar antes de fechar.

Tudo acertado, bora embarcar no buggy e seguir pela estrada. Andar de buggy é sempre muito gostoso, com o vento na cabeça e a sensação de liberdade de não estar “dentro” de um veículo.

Mas confesso que andar de buggy em ruas normais ou até mesmo numa rodovia, não é dos passeios mais legais. Mas vez por outra surgem os paraísos e o primeiro que alcançamos foi a praia de Muro Alto.

Porto de Galinhas Passeio de Buggy
O passeio tem alguns trechos no asfalto: tudo para preservar a desova das tartarugas

Praia de Muro Alto

Paramos próximo da Barraca da Ana (que fica quase na divisa com a Praia da Camboa). Ao chegar, temos um mirante para toda a praia.

Existem 2 ou 3 acessos para a Praia de Muro Alto. O acesso até a Barraca da Ana é o último deles.

Praia de Muro Alto
Praia de Muro Alto

O resto da praia está protegido pelos resorts all inclusive que ficam por lá, como o Nannai e o Summerville. Nesses casos, o acesso é dificultado.

Assim como para as piscinas naturais, a diversão é maior se você for para Muro Alto na maré baixa. Uma enorme piscina natural é formada pelos recifes, onde é possível andar de caiaque ou de SUP. O mar fica bem tranquilo, principalmente na maré vazante.

Mas ao contrário do que eu pensava (e muita gente pensa), o nome Muro Alto não é em função da barreira de recifes, e sim do paredão de areia com coqueiros que é encontrado na praia. Quem está no mar, nota que os resorts, por exemplo, ficam numa altura diferente do mar.

Como ainda tínhamos um programa pela frente, nossa parada em Muro Alto foi o suficiente para entrar um pouco na “piscina” e tirar umas fotos. Em 30 minutos de parada, já fomos chamados para embarcar no buggy novamente.

Praia do Cupe e Praia de Maracaípe

De Muro Alto, seguimos para Maracaípe. Esse trecho é quase todo feito por ruas normais, exceto um pequeno trecho que entramos na Praia do Cupe (com ondas fortes) e passamos em frente aos hotéis Village e Best Western Vivá. Foi uma delícia encontrar com o mar dentro do bugue.

Logo no início de Maracaípe (que fica bem do ladinho da Praia da Vila de Porto de Galinhas), o buggy fez uma parada para fotos. De lá avista-se uma longa fileira de coqueiros e a praia em curva. Um vendedor de chapéu de palha chamou a atenção de todos.

Porto de Galinhas Passeio de Buggy
Chegada na Praia de Maracaípe e seu vasto coqueiral

Maracaípe (“Maraca” para os íntimos) é a praia dos surfistas, devido às altas ondas. Por conta disso, acaba atraindo um perfil de visitantes diferente das demais praias. Pessoal jovem e mais descolado.

No trecho mais bonito do percurso do buggy, passamos por um coqueiral, emoldurados pelo céu de azul absoluto que fez nesse dia.

Passeio de Jangada no Pontal do Maracaípe

E finalmente chegamos no ponto de embarque para o passeio de jangada pelo Rio Maracaípe. O passeio custa R$ 20,00 por pessoa e não está incluso no buggy.

Assim como andar de buggy, andar de jangada é super gostoso e ótimo para filmagens. O fluxo do rio é muito calmo e um belo contraponto à adrenalina do buggy. Mas o melhor ainda estava por vir.

Porto-de-Galinhas-Buggy-25

Banco de areia no Rio Maracaípe
Banco de areia no Rio Maracaípe

Chegamos em um banco de areia no meio do rio e os jangadeiros fazem uma parada ali para fotos e também para que os jangadeiros saiam atrás dos cavalos marinhos.

Cavalos Marinhos e o Projeto Hippocampus

Os jangadeiros nadam, afundam, e em meio a água escura e turva do rio, conseguem sair com dois minúsculos cavalos marinhos que são colocados dentro de vidros. Os bichinhos encantam, mas logo são libertados de volta ao rio.

Para quem não faz o passeio ou quer saber um pouco mais sobre os cavalos marinhos, vale visitar a sala de exposição do Projeto Hippocampus, que desenvolve projetos de cultura, educação ambiental e geração de renda para comunidades.

Porto de Galinhas Passeio de Jangada
Cavalos marinhos na foz do rio Maracaípe

A jangada segue então para a foz do rio e nós desembarcamos na praia.

Melhor momento do dia, tomamos um delicioso banho de rio com altos papos. Passeio de buggy encerrado.

Foz do Pontal do Maracaípe, perfeito para um banho de rio
Foz do Pontal do Maracaípe, perfeito para um banho de rio

Pólo Gastronômico da Vila de Todos os Santos

Na saída do nosso banho no rio Maracaípe, o veículo da Luck nos esperava para o almoço e seguimos até o pólo gastrônomico da Vila de Todos os Santos, em Maracaípe.

Porto de Galinhas Maracaípe
Pólo gastrônomico da Vila de Todos os Santos, em Maracaípe

João Bar e Restaurante

Fomos até o João Bar e Restaurante, um lugar de decoração incrível, comida maravilhosa e música ao vivo. Podia ser melhor? Sempre pode né. Em frente ao mar, há uma piscina disponível para todos os clientes do João. O João Restaurante foi o melhor restaurante que visitamos em Porto de Galinhas.

Assim que sentamos, vieram uma sequência de pratos deliciosos, desde uma simples Macaxeira Frita (R$ 12,00) até um saboríssimo Camarão no Abacaxi (R$ 93,00 para 2 pessoas). Também foram servidas as deliciosas Moquecas Banana da Terra (filé de peixe, camarão, banana da terra, mix de pimentões, arroz de castanha e pirão de queijo, tudo por R$ 89,50). De sobremesa, imperdível é a Cartola de Brigadeiro (uma deliciosa banana frita coberta com queijo de manteiga e brigadeiro de colher, R$ 17,50). Tudo uma delícia.

Porto de Galinhas Maracaípe
João Restaurante em Maracaípe: restaurante imperdível

Porto de Galinhas Maracaípe

Camarão no Abacaxi, um dos pratos deliciosos do João Restaurante em Maracaípe

O lugar é tão gostoso que na sequência estávamos programados para um passeio na vila, mas trocamos por uma tarde na piscina do restaurante. Tudo muito delicioso e com preços justos. Nem dava vontade de ir embora…

Conclusão

E foi assim que terminou nosso passeio de buggy. Vale salientar que o passeio é um ótimo meio de ter um panorama das principais praias de Porto de Galinhas, mas recomendo voltar com mais tempo para Muro Alto e Maracaípe, pois durante o passeio as paradas são muito breves. Para Maracaípe dá tranquilo para ir a pé, viu? Para Muro Alto, só para o louco aqui. Vá de carro ou pegue um táxi que você chega mais rápido e aproveita melhor o dia.

FICHA TÉCNICA:

Passeio: Buggy de Ponta a Ponta
Direção: Porto de Galinhas
Produção: R$ 200,00 por veículo, pode dividir até 4 pessoas
Fotografia: Fabio Pastorello
O melhor: O mergulho do rio Maracaípe é delicioso, na minha opinião até melhor que a piscina natural de Muro Alto
O pior: As paradas em Muro Alto ou Maracaípe foram muito rápidas, se deseja conhecer bem as praias, reserve um tempo além do passeio de buggy para curtir as praias com mais tempo.
Ano: 2016
País: Brasil
Avaliação: ★★★

Para saber mais: Porto de Galinhas – Guia Completo e Dicas de Viagem

O que fazer em Porto de Galinhas? O passeio de buggy é uma boa opção para conhecer as praias de Muro Alto e o Pontal de Maracaípe

© 2016 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor.

Nota: O Viagens Cinematográficas viajou para Porto de Galinhas a convite do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau e da Azul Viagens, com apoio da Associação de Hotéis de Porto de GalinhasO Viagens Cine contou com o seguro viagem da GTA – Global Travel AssistanceViajaram conosco os seguintes veículosCatraca LivreMaior ViagemPapo de TuristaTurista ProssionalViaje SimRevista Viaje MaisRevista Viver BrasilRevista DimensãoTudo BHGPS Brasília e Carta Sem PortadorApesar de ser uma viagem patrocinada, as opiniões são independentes e de livre expressão do autor. 


share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

16 comentários

  1. Olá Fabio, incrível sua experiência, viajarei para Porto de Galinhas esse Mês (Junho) e com certeza suas dicas me direcionou a um passeio que preciso experimentar. Valeuu =)

    1. Oi, Caio. Acaba demorando mais por causa do passeio de jangada pelo rio Maracaípe, que é opcional. E ainda fizemos uma longa parada para almoço. No nosso caso, terminou por volta das 15h. Abraços.

  2. Olá Fabio!
    Muito obrigada pelas dicas! Embarco amanhã para o Nordeste e tenho certeza que irei a pé para Macaraípe para aproveitar mais!

Deixe um comentário