Hanami: A Beleza do Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo – São Paulo

Você já visitou o Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo, em São Paulo? Imagine um belíssimo Bosque de Cerejeiras em nossa cidade.

As cerejeiras são árvores delicadas, que só florecem uma vez ao ano, durante apenas alguns dias entre o inverno e a primavera. Elas são comuns em ambientes mais frios, especialmente na Ásia. No Japão, são conhecidas como sakuras.

A Federeção de Sakura e Ipê do Brasil é a responsável pelo Bosque das Cerejeiras em São Paulo. A ideia é replicar o festival Hanami Matsuri, que acontece no Japão. O nome significa “contemplar as flores” e a proposta é fazer picnics sobre as árvores e contemplar o belo cenário do bosque, composto por centenas de árvores.

Segundo a organização, é a oportunidade de contemplar “um quadro de beleza ímpar que nos remete sensação de paz, tranquilidade, serenidade e contemplação”.

Esqueça a sensação de paz. Como tudo o que acontece em São Paulo, o Festival das Cerejeiras acaba sendo um evento bastante disputado e movimentado, pelo menos nos fins de semana. Em 2017, o evento aconteceu dos dias 4 a 6 de agosto.

Além das árvores, as principais estrelas do Festival, também acontecem apresentações musicais e barracas de comida típica. Infelizmente, as filas gigantescas impediram que a gente provasse alguma coisa.

A Beleza do Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo – São Paulo

Evento promovido pela comunidade japonesa procura recriar festival japonês na capital paulista

Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo São Paulo

Visitar um parque em São Paulo, num dia de domingo, é um convite para encontrar diversos outros paulistanos. Por isso, quando decidimos ir no Festival das Cerejeiras do Parque do Carmo, já sabíamos um pouco o que nos esperava.

E a realidade não foi diferente da expectativa. Muita gente seguiu para o Bosque do Carmo, no bairro de Itaquera (Zona Leste de São Paulo) para contemplar as belas cerejeiras em flor. A florada das cerejeiras acontece somente uma vez ao ano, e dura poucos dias.

Estávamos na mesma situação que os milhares de paulistanos que visitavam o parque. Poucos dias para contemplar o espetáculo. Mas valeu a pena.

Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo São Paulo
Público do Parque do Carmo organizou picnics nas sombras das cerejeiras

Como Chegar no Parque do Carmo – Onde Estacionar

Para chegar no Parque do Carmo, há duas opções.

Quem vai de carro, deve procurar lugar para estacionar na Avenida Oswaldo Pucci. O estacionamento do parque é gratuito, mas com poucas vagas, então a saída mesmo foi estacionar em ruas próximas e depois dar uma grana aos flanelinhas.

Outra opção é ir de transporte público. A estação de metrô mais próxima é o Metrô Corinthians-Itaquera (linha vermelha) e de lá é preciso pegar um ônibus (consulte o site da SPTrans) ou chamar um carro através de um aplicativo. A vantagem desse transporte é que você poupa tempo procurando lugar para estacionar.

O Parque do Carmo possui 1.500.000 m², por isso é importante chegar pela entrada da Avenida Oswaldo Pucci, mais próxima do bosque.

Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo São Paulo

O Bosque das Cerejeiras

Pela entrada da Avenida Oswaldo Pucci, a organização do festival organizou algumas vans para levar os visitantes até o Bosque das Cerejeiras.

Preferimos ir caminhando. A caminhada dura cerca de 20 minutos e contorna o enorme lago que fica dentro do Parque do Carmo.

Ao chegarmos próximo do Bosque, já encontramos uma multidão aglomerada nas barraquinhas do festival. Fomos direto para o bosque, que fica em uma área de aclive.

Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo São Paulo
A multidão atrapalhou um pouco a contemplação com paz e serenidade, mas a beleza com certeza fascinou os visitantes

Cerejeiras no Brasil

No Brasil, o Hanami acontece no Parque do Carmo desde 1978. Hanami significa contemplar as flores (Hana = flor e Mi = ver, olhar) é o nome como ficou conhecido essa atividade no Japão. O lance é sentar debaixo das cerejeiras e contemplá-las, durante o maior período possível.

O Hanami até virou tema de um filme, chamado justamente Hanami – Cerejeiras em Flor (2008).

O idealizador do Hanami no Brasil foi o imigrante Hisayoshi Kataoka, que trouxe 500 mudas do Japão. O trabalho de cultivá-las no Brasil contou com o apoio da Prefeitura de São Paulo e do Consulado do Japão.

A plantação de Cerejeiras no Brasil ocupa o segundo lugar entre as maiores do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. São 4.000 pés de cerejeira, segundo a Federação de Sakura do Brasil.

Festival das Cerejeiras – Fotos

Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo São PauloFestival das Cerejeiras no Parque do Carmo São PauloFestival das Cerejeiras no Parque do Carmo São Paulo

Fontes:

Festival das Cerejeiras: Federação de Sakura e Ipês do Brasil

Parque do Carmo: Site da Prefeitura de São Paulo


share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

Deixe um comentário