Melhores Blocos de Rua SP 2018: Carnaval de São Paulo

Carnaval 2018 - Bloquinhos: Programação dos Melhores Blocos de Rua SP

Os melhores blocos de rua (bloquinhos para os íntimos) agitaram mais uma vez o carnaval de SP, que até alguns anos atrás era visto como uma ótima oportunidade para viajar e fugir da cidade.

Em 2017, o carnaval de rua de São Paulo contou com 3 milhões de pessoas e a estimativa da Prefeitura Municipal de São Paulo para o carnaval 2018 é de 4 milhões de pessoas. Somente no fim de semana pré-carnaval, essa meta já foi alcançada. O Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, por exemplo, reuniu sozinho mais de 1 milhão de pessoas, segundo dados da Prefeitura de São Paulo.

Os números podem assustar, mas tem bloquinhos para todos os gostos. Os blocos de rua com celebridades atraem multidões (em 2017 um dos destaques foi o bloco de Daniela Mercury), alguns blocos menores atraem somente as pessoas do próprio bairro e existem muitos blocos LGBT.

A realidade é que a festa dos bloquinhos de rua em São Paulo inclui todos e festeja a diversidade. Bora conferir alguns dos melhores blocos de rua para o carnaval 2018 e a programação completa.

Melhores Blocos de Rua SP 2018

Programação do Carnaval de São Paulo

Siga a gente no Instagram

O carnaval de rua de 2018 foi um sucesso. Pelo menos essa foi a constatação do Observatório de Turismo e Eventos da São Paulo Turismo, que entrevistou mais de 2 mil pessoas nos principais blocos de rua de São Paulo.

Uma das maiores constatações da pesquisa foi o potencial de atração turística do evento. Se antes o carnaval em São Paulo era uma ótima oportunidade para sair da cidade, agora atraiu cerca de 7% do público de fora da cidade. Pessoalmente achamos até que o número seria bem maior. O gasto dos turistas também subiu, cerca de 28%.

A sensação de segurança e organização também foi bem avaliada pelos foliões. Cerca de 70% do público avaliou bem o evento.


Dias 3 e 4 de Fevereiro – Fim de Semana Pré-Carnaval

Bloco Casa Comigo e Que Casar que Nada

  • O bloco Casa Comigo, que rolou no pré-carnaval, esteve entre os melhores blocos e foi um dos grandes sucessos do carnaval de rua. Reuniu uma multidão no Largo da Batata, em Pinheiros.
  • Na terça-feira de carnaval, o bloquinho Quer Casar Que Nada surgiu como uma resposta bem-humorada ao Casa Comigo, para reunir os solteiros convictos.
  • O Que Casar que Nada é um bloquinho novo, então não dá saber se será legal, mas a julgar pela motivação do pessoal que vai frequentar o bloco, provavelmente vai rolar muita gente avulsa e feliz da vida. E provavelmente muito beijo na boca.
  • Outro bloco que chega com a mesma proposta é o Solteiras & Solteiros, na Vila Madalena.

Leia mais: Primeiro Dia de Carnaval leva 2 milhões de pessoas às ruas, segundo a Prefeitura

Bloco: Casa Comigo
Data: 03/02/2018 às 11h
Concentração: Largo da Batata

Bloco: Que Casar que Nada
Data: 13/02/2018 às 12h
Concentração: Avenida 23 de Maio


Bloco Amelie Pulando

Carnaval 2018: Programação dos Melhores Blocos de Rua e Eventos em SP

  • Que tal misturar música francesa com carnaval? Pois essa é a proposta do Amelie Pulando, com influência óbvia do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.
  • Os bloquinhos de SP têm dessas misturas maravilhosas. A música fica a cargo da banda Quartier Latin, com versões de tradicionais marchinhas brasileiras em francês (como Mamãe Eu Quero ou Chiquita Bacana) e outros clássicos da França em ritmo brasileiro (já pensou ouvir Edith Piaf em ritmo de frevo?).
  • O bloco tem o patrocínio da companhia aérea Air France, embaixadora da cultura francesa no Brasil.

Bloco: Amelie Pulando
Data: 03/02/2018 às 14h
Local: Rua Vupabussu, 199, Pinheiros


Carnaval do Baixo Augusta

Melhores Blocos de Rua de SP: Carnaval 2018 - Programação
Baixo Augusta desce a Rua da Consolação e atravessa o mural inaugurado no ano passado: em 2018 novo painel foi inagurado
  • Em 2017, o carnaval do Acadêmicos do Baixo Augusta teve ensaios gratuitos no Club Homs, na Avenida Paulista. Em 2018, o bloco voltou em casa própria, na Casa Baixo Augusta, na Rua Rego Freitas esquina com a Rua da Consolação. Como a entrada gratuita, era preciso encarar grandes filas e chegar com antecedência.
  • A casa também promoveu Oficinas de Drag Queen, onde os participantes aprenderam a se montar para os bloquinhos de rua do carnaval de 2018.
  • O bloco do Baixo Augusta sai na semana anterior ao carnaval. Em 2018 o Baixo Augusta chegou com 4 trios elétricos e celebrou a liberdade do carnaval com o tema “É Proibido Proibir”.
  • As presenças ilustres do bloco são várias: a madrinha é Alessandra Negrini e Leandra Leal é casada com o presidente do bloco. Também participaram artistas do calibre de Tulipa Ruiz, Leci Brandão, Emanuelle Araújo, Simoninha e Maria Rita cantando “Como Nossos Pais”. Certamente um dos melhores blocos de rua de São Paulo. Um enorme painel 16 metros de largura e 45 metros de altura foi inaugurado, em frente a Praça Roosevelt. O painel é obra dos artistas plásticos Carlos Delfino, Ciro Cozzolino e Zé Carratu.

Leia mais: Baixo Augusta leva 1 milhão de pessoas para o Centro de São Paulo

Bloco: Acadêmicos do Baixo Augusta
Data: 04/02/2018 às 14h
Concentração: Rua da Consolação próximo da Rua Matias Aires


Monobloco

Carnaval 2018: Programação dos Melhores Blocos de Rua e Eventos em SP
Monobloco desfila em frente ao Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera. Foto: Fanpage do Monobloco
  • Um dos blocos de rua mais tradicionais e famosos do Brasil, o Monobloco é liderado por Pedro Luís (da banda Pedro Luís e a Parede) e Celso Alvim (mestre de bateria). A bateria é composta por 200 integrantes de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
  • O bloco começou como uma oficina em um teatro do Rio de Janeiro, para ensinar qualquer pessoa a tocar instrumentos de percussão. Em geral, os cursos começam em abril e vão até o carnaval. Mas o bloco cresceu tanto que são realizados vários shows, mesmo fora da época de carnaval.
  • Esse ano o Monobloco lançou a música Amor de Carnaval, composição de Moraes Moreira especialmente para o bloco.

Leia mais: Monobloco cativa São Paulo com bateria afinada

Bloco: Monobloco
Data: 04/02/2018 às 14h30
Local: Monumento às Bandeiras, Ibirapuera


Gambiarra – O Bloco

  • Sob comando de Tiago Abravanel e dos DJs residentes da Gambiarra, uma festa de atores bem tradicional de São Paulo.
  • O bloco tem presença forte de artistas e do público LGBT (como não podia deixar de ser), e em 2018 contou com a participação da cantora e drag queen Gloria Groove.
  • Muita música brasileira tocando, vale conferir.

Leia mais: “Não tem como fazer o bloco sem tocar Tim Maia”, diz Tiago Abravanel

Bloco: Gambiarra
Data: 04/02/2018 às 14h
Local: Avenida Brigadeiro Faria Lima (Largo da Batata)


Salve esse Pinterest para consultar depois

Carnaval 2018: Programação dos Melhores Blocos de Rua e Eventos em SP


Dia 10/02 – Sábado de Carnaval

Bloco Agrada Gregos

Carnaval 2018: Programação dos Melhores Blocos de Rua e Eventos em SP
Agrada Gregos mudou de endereço e agora desfila em frente ao Obelisco do Ibirapuera. Foto: Fanpage do Agraga Gregos
  • Outro bloquinho que esteve entre os melhores blocos de rua no carnaval de 2017, o Agrada Gregos tem na premissa os figurinos gregos. O estilo musical é bem diverso e a frequência também.
  • Para 2018, o local mudou. Nos anos anteriores o bloco circulou na Rua Treze de Maio e dessa vez a concentração foi no Obelisco do Ibirapuera.
  • O público enfrentava um dilema: o carro era pequeno e o som não alcançava a multidão. Próximo do carro, a muvuca e o empurra empurra eram grandes. Diante do aperto, algumas pessoas pulavam as grades que demarcavam a área do bloco. Longe do carro, não se escutava a música. Nem a presença de Gretchen e Sheila Melo conseguiram empolgar a platéia, que lotou toda a região em torno do Parque do Ibirapuera até o Monumento às Bandeiras.
  • Em janeiro rolou o pré-carnaval do Agrada Gregos, que parece ter sido melhor. Foram 4 dias de festa, de 25 a 28 de janeiro, com vários blocos reunidos, entre eles o Domingo Ela Não Vai e o Meu Santo é Pop e presença de celebridades como Gretchen, Tati Quebra Barraco, Sheila Melo e Inês Brasil.

Leia mais: Lotado, Agrada Gregos deixa foliões longe do trio elétrico

Bloco: Agrada Gregos
Data: 10/02/2018 às 13h
Concentração: Obelisco do Ibirapuera


Bloco Minhoqueens

Carnaval 2018: Programação dos Melhores Blocos de Rua e Eventos em SP
Minhoqueens foi uma das surpresas do carnaval de 2016 e em 2017 cresceu bastante
  • Um dos maiores bloquinhos LGBT do carnaval de 2016 (uma surpresa, já que o bloco saiu com um carro pequeno pelas ruas próximas ao Minhocão), o bloco retornou em 2017 com muita força no Largo do Arouche. Agora volta em 2018, no seu terceiro ano, com um dos maiores blocos LGBT de São Paulo.
  • A ideia do bloco é ir fantasiado de drag queen. Em tempos de Ru Paul e do delicioso Drag me as a Queen da TV a cabo (as drags do programa estiveram presentes no bloco), é certeza de sucesso.
  • No dia 27 de janeiro, o bloco já preparou um ensaio no Vale do Anhangabaú. O primeiro ensaio do Minhoqueens teve alguns problemas, mas esse novo ensaio foi melhor organizado e tranquilo.

Leia mais: A pegação morreu em SP: no Minhoqueens não

Bloco: Minhoqueens
Data: 10/02/2018 às 16h
Concentração: Praça da República esquina com a Avenida Ipiranga


Bloco Tarado Ni Você

Carnaval 2018 - Bloquinhos: Programação dos Melhores Blocos de Rua SP
O bloco Tarado ni Você, que faz homenagem a Caetano Veloso, ainda não divulgou informações
  • O bloco Tarado Ni Você foi um dos primeiros que eu frequentei em São Paulo. Surgido há cinco anos, faz uma homenagem a obra do cantor e compositor Caetano Veloso. Não é incomum ver foliões fantasiados de Caetano ou Maria Bethânia pelo bloco e ouvir hits como Tieta, Meia Lua Inteira e Vaca Profana.
  • O bloco tem o projeto de fazer várias ocupações pela cidade, sempre com muita cor e alegria. Dentro dessa proposta, já rolaram intervenções no Minhocão, no Viaduto do Chá e na Praça Cornélia, o túnel da Avenida Paulista. Em 2017, o bloquinho reuniu 70 mil pessoas no cruzamento das Avenidas Ipiranga com São João, imortalizadas pela canção Sampa.
  • Em 2018, o desfile rolou no dia 10 de fevereiro, mas, o bloco apresentou-se antes na Casa Natura Musical com o show Profane, tema do carnaval 2018. Profane é uma resposta a onda de conservadorismo no Brasil e no mundo.  A resposta, como de costume, chega com alegria, amor e boa música.

Leia mais: Tarado ni Você consagra festa contra caretice

Bloco Tarado ni Você
Data: 10/02/2018 às 10h
Concentração: Avenida Ipiranga x Av. São João


Dia 11/02 – Domingo de Carnaval

Domingo Ela Não Vai

Carnaval 2018 - Bloquinhos: Programação dos Melhores Blocos de Rua SP
Domingo Ela Não Vai foi um dos blocos que foram transferidos para a 23 de Maio
  • Em 2017, o bloquinho (já nem podemos chamar mais de bloquinhos esses blocos gigantescos de SP) lotou com a presença de Gretchen. A proposta é muita música dos anos 80, samba e axé no estilo do grupo É o Tchan.
  • Em 2018, o desfile mudou para a Avenida 23 de Maio (inaugurou esse novo espaço para os blocos) e novamente o bloco encheu de alegria a avenida, com ritmos dançantes e, lógico, muito axé. O encerramento aconteceu no Viaduto Pedroso, com a famosa música que tem o “Domingo Ela não Vai” em um pedaço da letra.
  • O novo espaço para blocos funcionou muito bem, as duas pistas da larga avenida permitindo que os foliões se distribuíssem e acompanhassem o bloco. No final do percurso, próximo do Viaduto Pedroso, algumas barraquinhas de comida e food trucks eram uma opção para resolver a larica pós-bloco.

Leia mais: Domingo Ela não Vai inaugura carnaval da Avenida 23 de Maio

Bloco: Domingo Ela Não Vai
Data: 11/02/2018 às 11h
Concentração: Avenida 23 de Maio (Viaduto Santa Generosa – Metrô Paraíso)


Chá Rouge – Chá da Alice

Carnaval 2018 - Bloquinhos: Programação dos Melhores Blocos de Rua SP
As meninas do Rouge lotaram a Avenida 23 de Maio no bloco do Chá da Alice
  • Em 2017, foi difícil bater o recorde de público alcançado pelos blocos no Largo do Batata, em Pinheiros. O Chá da Alice foi um dos que atraiu mais público, com shows de Alinne Rosa e participações de Valesca Popozuda e Paula Lima.
  • Já em 2018, o Chá da Alice incorporou o retorno do grupo de meninas Rouge.
  • A 23 de Maio ficou lotada, já que na avenida circularam quatro carros na sequência: Domingo Ela Não Vai, Vou te Táxi, Bloco Desmanche e finalmente o Chá Rouge. Nós cortamos caminho por ruas paralelas e saímos lá na frente, onde deu para acompanhar bem o trio, com playlist e público empolgadíssimos.

Leia mais: Bloco Rouge lota avenida 23 de maio

Bloco: Chá Rouge – Chá da Alice
Data: 11/02/2018 às 16h
Concentração: Avenida 23 de Maio (Viaduto Santa Generosa – Metrô Paraíso)


Dia 12/02 – Segunda-Feira de Carnaval

Love Fest

Carnaval 2018 - Bloquinhos: Programação dos Melhores Blocos de Rua SP
O primeiro carro do Love Fest termina o desfile na Praça Ramos, centro de São Paulo
  • O Festival Love Fest, que em 2017 realizou até um casamento gay durante o desfile, saiu pelo segundo ano consecutivo entre os blocos de rua de São Paulo. O evento reúne todas as letrinhas da diversidade:  lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e queer – travestis, drag queens, transexuais, pansexuais. Além da música, discursos também levantam questões da comunidade LGBT para os presentes.
  • Vários blocos LGBT são reunidos no Love Fest: Domingo Ela Não Vai, Desculpa Qualquer Coisa, Minhoqueens, Viemos do Egyto e Meu Santo é Pop, entre outros. Para nós, foi um dos melhores blocos do carnaval de 2017.
  • Para 2018, as presenças de Liniker, Mc Linn da Quebrada e Tássia Reis abrilhantaram o desfile, no Carro Apolo. Esse carro teve comando do As Bahias e a Cozinha Mineira com música ao vivo (prevaleceram as músicas baianas) e arranjos preparados especialmente para o festival, num show excelente com duração de 5 horas.
  • O outro carro, Carro da Laje, trouxe os blocos mais famosos do carnaval LGBT de São Paulo. A cenografia dos carros também traz muita criatividade e intervenções ligadas ao tema do festival.

Leia mais: Love Fest inunda o centro de SP com música baiana e amor à população LGBT

Festival LoveFest
Data: 12/02/2018 às 12h (mas a saída só acontece às 15h)
Concentração: Praça da República com Avenida Ipiranga


Dia 13/02 – Terça-Feira de Carnaval

Bloco Pagu

Carnaval 2018 - Bloquinhos: Programação dos Melhores Blocos de Rua SP

  • Um bloco de homenagem às mulheres, dominado por mulheres (a bateria é só de mulheres) e músicas de mulheres da nossa música foi a proposta do Bloco Pagu.
  • Muitas mulheres se sentiram seguras e o que dominou foi muita tranquilidade. Em tempos que os blocos de SP cresceram muito, um oásis de segurança e tranquilidade é sempre bem-vindo.

Leia mais: Feminismo, Diversidade e Respeito com Bloco Pagu

Bloco Pagu
Data: 13/02/2018 às 15h
Local: Páteo do Colégio, Centro


Onde Ficar em São Paulo

Depois de toda essa folia, para quem quiser ficar mais perto dos blocos de São Paulo tanto na hora de ir como na hora de voltar, uma boa opção é procurar um hotel na região da Paulista.

O Quality Suites Oscar Freire fica na esquina da Rua Oscar Freire, numa localização privilegiada. A poucas quadras da Avenida Paulista e da Rua Augusta, de onde partem boa parte dos melhores bloquinhos de SP, e também próximo de Pinheiros, Vila Madalena, da 23 de Maio e do centro da Cidade (onde outros bloquinhos também irão circular), o hotel acaba sendo uma ótima base para curtir melhor o carnaval de São Paulo.

Por isso, durante o carnaval o Quality Suites Oscar Freire foi o nosso QG, onde aproveitamos para ganhar nosso merecido descanso no final do dia.

Onde Ficar em São Paulo - Bloquinhos de Carnaval SP 2018

Mais informações e reservas: (11) 2137-4555 ou http://www.atlanticahotels.com.br/hotel/sao-paulo/quality-suites-oscarfreire

Onde Ficar em São Paulo - Bloquinhos de Carnaval SP 2018
Quality Suites Oscar Freire é uma boa opção para ficar mais perto dos bloquinhos de SP

Outros blocos de rua para ficar de olho

Dia 03/02

Dia 04/02

Dia 10/02

Dia 11/02

Dia 12/02

Dia 13/02

Pós-Carnaval: Dia 17/02

Dia 18/02

Dicas para Aproveitar Melhor os Blocos

  • Leve todos os seus pertences em uma doleira, inclusive celulares. Batedores de carteira circulam pelos blocos tirando objetos dos bolsos, sem que os foliões percebam. Eles são muito rápidos e trabalham em grupo.
  • Para encarar a festa, capriche na hidratação. Os ambulantes circulam pelos blocos, vendendo cerveja, mas vale sempre lembrar que hidratação é com água. Leve dinheiro trocado, mas existem ambulantes que também trabalham com cartões.
  • Como o tempo de exposição na rua é grande, não esqueça do protetor solar e de roupas leves.
  • Para conseguir acompanhar melhor os blocos, a dica é procurar ficar na frente dos trios. Em geral é mais vazio e tranquilo do que seguir atrás deles.
  • Muita gente sai no meio dos blocos empurrando as pessoas ou até mesmo acotovelando os outros. Seja educado, vale pedir licença e caminhar com cuidado e respeito aos demais foliões.
  • Evite grupos grandes, é muito fácil se perder e também aqueles trenzinhos são muito chatos.
  • Jogar espuma, carimbar as pessoas, sujar os outros de glitter, pode ser divertido para quem faz, mas não para quem recebe.

Blocos LGBT SP 2018
Os Melhores Bloquinhos Gays de São Paulo

Confira também no vídeo que preparamos para o nosso canal no YouTube.


share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

6 comentários

Deixe um comentário