O que fazer nos Lençóis Maranhenses: Dicas e Roteiro Completo

O que fazer nos Lençóis Maranhenses - Dicas e Roteiro Completo

Chegou a sua hora de conhecer um dos lugares mais lindos do Brasil: os Lençóis Maranhenses. Mas o que fazer nos Lençóis Maranhenses, onde ficar, quando ir?

Essas e outras dúvidas a gente vai esclarecer por aqui. Mas antes de mais nada, caso você ainda esteja indeciso se deve ou não ir para os Lençóis Maranhenses, saiba que o lugar é cheio de dunas e lagoas de águas cristalinas e quentinhas. Como o Maranhão é bem quente, entrar nessas lagoas refrescantes é uma das experiências de viagem mais deliciosas que tivemos.

O lugar é tão perfeito que, apesar do calor, as areias não são quentes. Então dá para andar descalço tranquilamente pelas dunas, contemplando todo aquele visual cinematográfico.

O lugar é tão paradisíaco que parece que você está num cenário de filme. Não é à toa que o lugar já serviu de locação para algumas produções cinematográficas.

Lençóis Maranhenses: Dicas e Roteiro de Viagem – Guia Completo

Como Chegar, Quando Ir, Onde Ficar e O Que Fazer nos Lençóis Maranhenses

Melhores Passeios

Barreirinhas

Atins

Santo Amaro do Maranhão

  • Circuito Lagoa Betânia (dia inteiro) – R$ 80,00
  • Circuito Lagoa das Andorinhas (meio período) – R$ 60,00

Valores: Referência Setembro/2018

Vídeos no YouTube

Lençóis Maranhenses e Atins – HD
Vídeo: Passeio de Barco no Rio Preguiças

1 – Porque Conhecer

5 Razões para Conhecer os Lençóis Maranhenses

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
Os Lençóis Maranhenses podem ser considerados uma das 7 maravilhas naturais do Brasil
  • Acho muito válido conhecer lugares únicos e peculiares. A paisagem dos Lençóis Maranhenses é assim, um lugar inesquecível, que você dificilmente irá ver igual em outros lugares do mundo. Por isso entrou na nossa lista das 7 Maravilhas Naturais do Brasil.
  • O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é um dos mais famosos do Brasil, contemplando uma área de 155 mil hectares (do tamanho da cidade de São Paulo), que inclui uma infinidade de dunas de areia branca e vários quilômetros de praias desertas.
  • Na região você irá encontrar uma diversidade de ecossistemas que irá deixar sua viagem mais rica. Passeios de barco pelos rios e manguezais ou em veículos 4×4 alcançam as famosas lagoas pluviais com águas cristalinas. Um simples caminhada pelas dunas (que podem chegar a 40 metros de altura) já é um programa imperdível por lá.
  • Mesmo um lugar tão turístico pode reservar experiências ainda rústicas e absolutamente fora dos roteiros de turismo tradicionais. Entre elas estão as tranquilas Atins e Caburé, ou a ainda mais selvagem Santo Amaro do Maranhão.
  • O lugar é garantia de fotos sensacionais. Cenário perfeito para os amantes de fotografia e absolutamente cinematográfico. O filme “Casa de Areia”, de Andrucha Waddington (com Fernanda Torres e Fernanda Montenegro) foi gravado por lá e recentemente o filme “Vingadores: Guerra Infinita” também teve cenas gravadas nos Lençóis Maranhenses.

2 – Onde Ficar

Barreirinhas – Prós e Contras

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
A Pousada Vilas Boas fica na Avenida Beira Mar de Barreirinhas: localização perfeita
  • Em Barreirinhas, as opções de pousadas são amplas, e a estrutura de serviços muito boa.
  • Você irá encontrar uma boa oferta de restaurantes e agências de turismo para fazer muitos passeios, inclusive para outras regiões dos Lençóis Maranhenses, como Santo Amaro e Atins.
  • No entanto, a cidade é bem movimentada, o que pode ser bom para quem curte agito e vida noturna. Mas ruim para quem busca mais tranquilidade.
  • Os passeios para as lagoas mais próximas de Barreirinhas, como o Circuito Lagoa Azul e Circuito Lagoa Bonita, são bem cheios. Então também se prepare para dividir as lagoas com vários outros turistas.

Dica de Pousada em Barreirinhas

  • Ficamos hospedados na Pousada Vilas Boas, que fica muito bem localizada, na Avenida Beira Rio. Basta abrir a porta da pousada para estar na rua mais movimentada de Barreirinhas, com várias opções de restaurantes.
  • Apesar de estar tão próxima da badalação noturna, dos quartos não se escuta muito do barulho.
  • Os quartos são compactos mas bem funcionais, com ar condicionado, frigobar e camas confortáveis.
  • O café da manhã é bem servido com boa variedade e tapioca e ovos preparados na hora.

Para consultar preços e disponibilidade, clique aqui.

Atins – Prós e Contras

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
Dominada por estrangeiros, Atins tem pousadas rústicas, porém charmosas
  • Cada passeio a partir de Barreirinhas tem um preço, cujo menor valor é de R$ 70,00 (passeios de meio período). E se você não paga um passeio, não há muito o que fazer em Barreirinhas.
  • Em Atins, é possível encontrar praia, dunas e lagoas através de caminhadas.
  • A praia de Atins não é muito bonita e propícia ao banho, mas virou a queridinha dos praticantes de kitesurf.
  • Hotéis e escolas se especializaram em receber bem os praticantes de kite.
  • O acesso para Atins não é muito fácil. E Atins é a base mais rústica das três.
  • As ruas são todas de areia fofa, sinal de celular ou internet são difíceis e as pousadas, embora charmosas, não têm certas comodidades, como frigobar ou ar condicionado.

Em Atins, já ficamos no Rancho do Buna e na Casa Acquamarine. Ambas as hospedagens são bastante rústicas, mas ao mesmo tempo charmosas. Ao chegar, é preciso entrar na vibe do lugar e abrir mão de certos luxos e confortos.

Santo Amaro do Maranhão – Prós e Contras

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
Santo Amaro é a mais tranquila e autêntica das opções de hospedagem nos Lençóis Maranhenses: a Pousada Água Doce é uma ótima opção
  • Apesar do asfalto QUASE ter chegado até lá, a cidade de Santo Amaro é isolada por um rio, então somente acessível com carros 4×4.
  • O lugar é de uma tranquilidade só e provavelmente a mais autêntica das bases. Se Atins foi dominada por estrangeiros e Barreirinhas por todo tipo de turista, Santo Amaro ainda parece quase nada turística.
  • As lagoas mais bonitas dos Lençóis Maranhenses estão em Santo Amaro. Dizem também que as lagoas de lá são as últimas a secar.
  • Outra vantagem de Santo Amaro é que você provavelmente irá encontrar as lagoas praticamente desertas. Poucos turistas chegam até lá.
  • Mas as opções de restaurantes e vida noturna são bem menores do que nas outras cidades base.

Dica de Pousada em Santo Amaro do Maranhão

  • Ficamos hospedados na Pousada Água Doce. A pousada é um charme, com uma área verde deliciosa e chalés todo coloridos.
  • Na parte detrás, uma piscina nova e deliciosa permite refrescar dos dias quentes do Maranhão.
  • Os quartos são amplos e bem estruturados, mas sem frigobar ou televisão. Para nós, não fez falta. Por outro lado, o wi-fi funcionou bem durante toda a hospedagem.
  • Uma das coisas bem legais é que a Pousada Água Doce possui restaurante, tanto para o almoço como para o jantar.
  • Mas para quem quiser variar, existe um bom restaurante bem ao lado da pousada e também uma deliciosa sorveteria, praticamente em frente à pousada.
  • Uma das curiosidades sobre a Pousada Água Doce é que ela recebeu a equipe de gravação do filme “Casa de Areia”, película de Andrucha Waddington gravada em Santo Amaro. No final desse post você encontra algumas curiosidades sobre a produção.

Para consultar preços e disponibilidade, clique aqui.

3 – Como Chegar

  • É preciso chegar em São Luís e de lá pegar um transporte para Barreirinhas, cidade base para conhecer a região. É lá que você encontra a maior quantidade de pousadas, hotéis e agências de turismo, que irão lhe auxiliar a conhecer a região.
  • Você pode optar por ficar algum tempo em São Luís ou ir diretamente para Barreirinhas.
  • Outras bases que cada vez mais crescem na preferência dos visitantes são a cidade de Santo Amaro do Maranhão e o povoado de Atins. A seguir vamos detalhar como chegar em cada uma delas.

Como Chegar em Barreirinhas

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
Barreirinhas é a base mais famosa para explorar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses: cidade é banhada pelo Rio Preguiças

Transfer de São Luís para Barreirinhas

  • Diversas empresas fazem o transfer de São Luís para Barreirinhas e você pode até ficar um pouco confuso. Nós utilizamos e recomendamos os serviços da G.I. Conect, uma empresa que trabalha com transfers e passeios nos Lençóis Maranhenses.
  • O atendimento é todo via whatsapp, então é super fácil agendar tudo virtualmente. O atendimento é rápido e eles são muito prestativos e eficientes.
  • O custo é de R$ 70,00 por pessoa (ref. setembro/2018).
  • Você também pode reservar seu transfer diretamente no hotel ou pousada onde ficar hospedado. Eles sempre têm uma indicação de empresa para fazer o transporte.
  • Se preferir não pernoitar em São Luís (ir diretamente para Barreirinhas), é possível pegar um transporte do aeroporto de São Luís direto.
  • O transfer pega você no seu hotel (portanto, não é preciso pegar outro transporte até a rodoviária) e é mais rápido (não há paradas no caminho em rodoviárias de outras cidades).

Ônibus de São Luís para Barreirinhas

  • Há também a opção mais barata: o ônibus da Cisne Branco.
  • Nesse caso é preciso se deslocar até a rodoviária para comprar a passagem e/ou embarcar.
  • São 4 horários diários e a passagem custa R$ 51,00 (ref. setembro/2018).

Como Chegar em Santo Amaro do Maranhão

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
A cidade de Santo Amaro é uma das bases para explorar os Lençóis Maranhenses, para chegar é preciso atravessar as águas de um rio
  • Alguns utilizam Santo Amaro do Maranhão como porta de entrada para conhecer os Lençóis Maranhenses. Em 2018, nós optamos justamente por começar nosso roteiro por lá.

Transfer de São Luís para Santo Amaro

  • Achamos mais simples do que imaginávamos. Entramos em contato com a Mirotur Turismo, via whatsapp e agendamos o transfer para Santo Amaro (R$ 80,00 por pessoa).
  • Na data agendada, o carro da Mirotur passou no nosso hotel em São Luís para nos buscar.
  • A van é confortável e fizemos uma viagem tranquila, em apenas 4 pessoas.
  • A estrada é praticamente toda asfaltada. No final dessa estrada, existem alguns estacionamentos para deixar os carros. É que dali para frente é preciso trocar para uma Toyota.
  • Para chegar no centro de Santo Amaro do Maranhão, é preciso cruzar as águas de um rio. O volume de água é baixo, mas nem dá para cogitar chegar em carro comum.

Passeios bate-volta de Barreirinhas para Santo Amaro

  • Caso você esteja em Barreirinhas, pode também fechar um passeio bate-volta para Santo Amaro do Maranhão (R$ 150,00 por pessoa). Ao invés de retornar para Barreirinhas no final do dia, peça para te deixarem na sua pousada em Santo Amaro.
  • Veículos de fora de Santo Amaro são impedidos de entrar por lá, então muitas agências cancelaram o passeio bate-volta até Santo Amaro.
  • Nós fizemos nosso transporte de Santo Amaro para Barreirinhas dessa forma. Quem fez o transfer foi o Raimundo (98) 8853-1861.

Como Chegar em Atins

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
Atins é um povoado de Barreirinhas que fica na foz do Rio Preguiças: base perfeita para quem curte lagoas e também praia

Transfer de Barreirinhas para Atins

  • No centro de Barreirinhas, saem jardineiras (ou Toyotas) diariamente para Atins. O custo da viagem é de R$ 30,00, mas o transporte é bem simples.
  • Assim como mencionamos no transporte para Barreirinhas, uma boa opção é se encaixar em um passeio bate-volta para Atins (R$ 130,00). Além do transporte, você também faz o passeio para as lagoas de Atins.
  • Uma terceira alternativa, que adotamos dessa vez, foi ir através de um passeio de voadeira pelo Rio Preguiças (R$ 70,00). Esse é o passeio que faz três paradas: em Vassouras, Mandacaru e Caburé. A parada para almoço é em Caburé, e logo na sequência o barco leva os passageiros para Atins (cerca de 15 minutos a partir de Caburé).
  • Esse trecho até Atins não está incluso no passeio e pode ser cobrado um adicional.
  • Os barcos são pequenos, mas comportam pequenas malas de viagem.

4 – Quando Ir (Melhor Época)

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro Completo
A paisagem ideal dos Lençóis Maranhenses é com as lagoas cheias, no período de junho a setembro
  • Essa é uma questão fundamental para a viagem. É aconselhável ir após a época das chuvas, portanto após o mês de junho.
  • A partir de agosto, começa o período de seca na região. A partir do mês de setembro, as lagoas começam a secar.
  • De junho a setembro, você encontrará as lagoas cheias. Mas não é garantido. Em 2012 não choveu suficiente e as lagoas não encheram, mesmo nesses meses. Em 2018, choveu acima do normal e as lagoas provavelmente ficarão cheias até outubro.
  • Em outros meses de visitação, você irá ver as dunas, mas provavelmente as lagoas estarão vazias.
  • Existem algumas lagoas permanentes, mas a água não é tão cristalina ou propícia ao banho como na alta estação.
  • Se for em junho ou julho, ainda encontrará as festas juninas em São Luís, imperdíveis.

5 – O Que Fazer: Melhores Passeios

O que fazer nos Lençóis Maranhenses - Dicas e Roteiro Completo
As principais atrações dos Lençóis Maranhenses são as lagoas, como a Lagoa Azul: confira a seguir quais os melhores passeios

Passeios em Barreirinhas

  • Os melhores passeios nos Lençóis Maranhenses são até as lagoas. Apesar de serem muitas, você nunca enjoa de visitá-las. Cada uma irá te conquistar de uma forma diferente.
  • Os passeios para o Circuito Lagoa Azul e a Lagoa Bonita são de meio período e imperdíveis. É possível fazer os dois em um mesmo dia, a partir de Barreirinhas.
  • Os passeios devem ser feitos todos com guia e com motoristas credenciados.
  • Outro passeio imperdível é pelo Rio Preguiças (dia inteiro), através das voadeiras. Esse passeio é para o dia inteiro. Na foz do Rio Preguiças, você encontra as praias de Caburé e Atins.
  • Hoje em dia é possível fazer passeios bate-volta para Santo Amaro e Atins, a partir de Barreirinhas.

1 – Circuito Lagoa Azul

  • Quanto tempo: é um passeio de meio período. O passeio leva cerca de 3 a 4 horas, 40 minutos do trajeto de ida, 40 minutos no trajeto de volta e cerca de 2 horas de permanência nas lagoas. O tempo pode ser maior por causa da travessia da balsa.
  • Quanto custa: R$ 80,00 por pessoa
  • Quem faz: G.I. Conect
  • Dica: Se puder faça no período da tarde, para terminar o passeio com o pôr do sol.
  • Fique ligado: O trajeto na Toyota não é muito confortável. Leve óculos escuros pois pode voar areia ou gotas de água na sua direção e causar irritação nos olhos. Não coloque as mãos para fora, galhos de árvores raspam as laterais dos carros e podem machucá-lo.

2 – Circuito Lagoa Bonita

  • Quanto tempo: o passeio leva cerca de 4 horas, prefira à tarde para conferir o pôr do sol
  • Quanto custa: R$ 80,00 por pessoa
  • Quem faz: G.I. Conect
  • Dica: Ao chegar, você irá encontrar a lagoa mais cheia. Se preferir, pode fugir um pouco do fluxo de turistas e procurar lagoas mais desertas.
  • Fique ligado: Assim como todos os passeios nas dunas dos Lençóis, não é preciso levar chinelos ou calçados na hora de chegar no Parque. A areia não é quente.

3 – Passeio de Voadeira pelo Rio Preguiças

  • Quanto tempo: passeio de dia inteiro, dura 6 a 7 horas, com 3 paradas no percurso
  • Quanto custa: R$ 80,00 por pessoa
  • Quem faz: G.I. Conect
  • Dica: Ao chegar em Mandacaru, procure ir rapidamente ao Farol Preguiças. O lugar forma fila e se você chegar primeiro, ganha um pouco de tempo nessa parada.
  • Fique ligado: Na parada de Vassouras, é comum rolar interação com os macaquinhos, mas muito cuidado. Eles enfiam as mãos nas bolsas e até abrem o zíper de mochilas atrás de alimentos.

Consulte a G.I. Conect para reservar seu passeio nos Lençóis Maranhenses


Passeios em Santo Amaro do Maranhão

O que fazer nos Lençóis Maranhenses - Dicas e Roteiro Completo
Pôr do sol nas dunas é oferecido em um dos passeios pelas lagoas de Santo Amaro
  • Os mais aventureiros não perdem a região de Santo Amaro, onde você irá encontrar lagoas mais desertas e paradisíacas numa região bem menos estruturada que Barreirinhas.
  • Lá foram realizadas as filmagens de “Casa de Areia”, a produção de Andrucha Waddington com Fernanda Torres e Fernanda Montenegro.
  • Em Santo Amaro, há dois passeios principais: o passeio até a Lagoa da Betânia (dia inteiro) e o passeio até a Lagoa das Andorinhas (meio período).

1 – Lagoa das Andorinhas

  • Quanto tempo: passeio de meio dia, com paradas em algumas lagoas, que podem variar de acordo com a época do ano
  • Quanto custa: R$ 60,00 por pessoa
  • Quem faz: NegoTur
  • Dica: Uma das paradas que mais curtimos foi a Lagoa do Maçarico ou Lagoa do Kite, nome decorrente do excesso de vento. A lagoa é lindíssima e de lá, caminhamos até a Lagoa das Andorinhas.
  • Fique ligado: Não há estrutura em nenhuma das lagoas. Leve bastante água e lanches, caso queira.

2 – Lagoa da Betânia

  • Quanto tempo: passeio de dia inteiro, que termina com o pôr do sol
  • Quanto custa: R$ 80,00 por pessoa
  • Quem faz: NegoTur
  • Dica: Esse passeio pode ser feito de forma independente ou em veículo privativo, que custa R$ 500,00. O privativo te dá total liberdade para fazer várias paradas e chegar em lagoas absolutamente desertas.
  • Fique ligado: Existe uma parada para almoço no povoado de Betânia (não incluso no valor do passeio).

Passeios em Atins

  • Os passeios oferecidos em Atins são de meio período. O mais bonito é o passeio até a Lagoa Tropical.
  • Mas também vale conhecer a Lagoa das Sete Mulheres e a Lagoa da Capivara, no Canto de Atins.
  • Quase todos os passeios em Atins incluem uma passadinha no Canto do Atins para comer o famoso camarão de lá.
  • Se estiver com bastante disposição para caminhar, explorar por conta própria as dunas do Canto do Atins é um programa também muito legal.
  • Nós também fizemos o passeio para ver a Revoada dos Guarás, mas achamos um passeio mediano e a quantidade de guarás, abaixo do esperado. Mas esses fenômenos da natureza são imprevisíveis.

1 – Lagoa Tropical

  • Quanto tempo: passeio de meio período
  • Quanto custa: R$ 70,00 por pessoa
  • Quem faz: Agência Everton Turismo
  • Dica: Evite a agência que fica ao lado da Pousada Irmão, em Atins. O atendimento é ruim e fechamos um passeio com eles e o carro simplesmente não foi nos buscar. Tivemos que retornar a pé até a rua principal.
  • Fique ligado: Essa é a lagoa mais bonita de Atins. Priorize esse passeio.

2 – Canto do Atins

  • Quanto tempo: passeio de meio período
  • Quanto custa: R$ 70,00 por pessoa a partir de Atins ou R$ 130,00 por pessoa a partir de Barreirinhas
  • Quem faz: G.I. Conect, a partir de Barreirinhas
  • Dica: O Canto do Atins é famoso pela parada para almoço, para comer o camarão. Há dois restaurantes, um do lado do outro. O Restaurante da Luzia é o mais tradicional e o o Restaurante do Sr. Antônio, do irmão dela, um concorrente.
  • Fique ligado: O passeio faz algumas paradas nas praias, mas procure agilizar nessas paradas. O ponto forte do tour são mesmo as lagoas.
O que fazer nos Lençóis Maranhenses - Dicas e Roteiro Completo
Com muitas lagoas de águas cristalinas, os Lençóis Maranhenses deixaram a gente, mais uma vez, encantados

Rota das Emoções

  • Rota das Emoções é um roteiro que concilia Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses no mesmo roteiro, vale conferir.
  • Em 2018, fizemos a Rota das Emoções, começando a viagem em Lençóis Maranhenses.

O filme Casa de Areia

Chegar nos Lençóis Maranhenses já não é tão difícil como era antigamente, até mesmo há alguns anos não havia estrada asfaltada. Mas imagina no começo do século passado.

O filme Casa de Areia (2005), de Andrucha Waddington, mostra justamente uma família que se locomove pelas dunas do Maranhão, afim de estabelecer residência num terreno adquirido pelo chefe da família, um homem duro e ríspido (interpretado pelo diretor de cinema Ruy Guerra). Ele é acompanhado pela esposa (Fernanda Torres) e pela sogra (Fernanda Montenegro) e uma caravana de empregados, que diante das condições inóspitas do terreno, irão abandoná-lo na primeira oportunidade.

Curiosidades sobre a Gravação

Para realizar o filme, a equipe de produção visitou os Lençóis Maranhenses diversas vezes, afim de estudar as locações e avaliar as condições de transporte de equipamentos, clima e como realizar as filmagens naquele cenário. A realização de um filme é de uma logística complicadíssima, quase tão complicada como mudar para os Lençóis Maranhenses no início do século passado.

O filme foi rodado inteiramente nos Lençóis Maranhenses, entre julho e setembro de 2004, mais precisamente na região próxima a Santo Amaro do Maranhão. Na época, a localidade tinha apenas uma pousada e outra em construção. De forma que a equipe teve que colaborar na construção da nova pousada para conseguir abrigar todo o seu pessoal.

Em vários momentos da filmagem, por exemplo, os jipes utilizados pela equipe atolavam nas dunas e houve um dia em particular que 10 jipes enguiçaram, para ter uma ideia de que ainda hoje o lugar é inóspito e de locomoção complicada.

Fernanda Torres em cena de “Casa de Areia”, rodado nos Lençóis Maranhenses

Como Surgiu o Filme

A ideia do filme partiu de uma fotografia, de uma imagem de uma casa soterrada pela areia. Essa imagem despertou no diretor Waddington e também no produtor Luiz Carlos Barreto, a ideia de transformar essa imagem em filme.

Para quem visita os Lençóis Maranhenses ainda hoje, ou outras regiões como o povoado de Tatatuja no Ceará, pode ouvir as histórias de habitantes que passaram por esse mesmo problema: tiveram suas casas gradativamente invadidas pela areia. Isso se deve em virtude da força dos ventos e de algumas dunas serem móveis, ou seja, as dunas que você vê hoje não são nem no mesmo tamanho nem na mesma localidade de outros tempos.

6 – O que dá pra fazer na mesma viagem

São Luís merece alguns dias de hospedagem. Você deve conhecer o Centro Histórico, as praias de São Luís e a cidade de Alcântara. As festas de São João também são memoráveis. E como já falamos, dá para conciliar os Lençóis Maranhenses com outros destinos através da Rota das Emoções.

7 – Quanto tempo ficar

A região merece pelo menos 4 dias, mas procure ficar mais se sua intenção for incluir Atins, Santo Amaro ou Caburé como pernoites.

Se você só tem 4 dias, escolha somente um desses lugares como base. A partir de 4 dias, vale apostar em mais de uma base na região.

O que fazer nos Lençóis Maranhenses Dicas e Roteiro de Viagem Completo

Nota: Os passeios para a Lagoa Azul, Atins e Rio Preguiças foram uma parceria com a G.I. Conect, que cedeu os passeios em cortesia. As hospedagens na Pousada Água Doce e Pousada Vilas Boas também foram uma parceria.

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

4 comentários

Deixe um comentário