O que fazer em Barreirinhas – Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças

Barreirinhas é conhecida como a principal cidade base para explorar os Lençóis Maranhenses. Para quem tem pouco tempo na região, é certamente a melhor opção, mais fácil de chegar e também como melhor infraestrutura.

A cidade possui ampla oferta de hospedagem (com bons preços) e restaurantes, a maioria deles próximo do Rio Preguiças. Mas de uns tempos para cá, há quem prefira ficar hospedado em Atins ou Santo Amaro do Maranhão, outras bases para explorar os Lençóis Maranhenses.

Isso porque Barreirinhas é bem movimentada, um pouco urbana demais. O trânsito é intenso e pode até rolar um congestionamento. O centro é uma muvuca de gente, circulando por ruas estreitas. Não é bem a ideia que muita gente busca nas férias. Em Atins e Santo Amaro, a tranquilidade ainda é preservada.

Mas Barreirinhas continua sendo a melhor base para quem busca infraestrutura e praticidade. E como lá ficam a maior parte das operadores de passeios dos Lençóis Maranhenses, dá para fazer quase tudo a partir desse ponto de apoio.

Vamos conferir então o que fazer em Barreirinhas e três de seus principais passeios: o Circuito Lagoa Azul, o Circuito Lagoa Bonita e o passeio de voadeira pelo Rio Preguiças.

O que fazer em Barreirinhas – Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças

Como chegar, o que fazer e os melhores passeios a partir de Barreirinhas, cidade base para conhecer os Lençóis Maranhenses

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é mais um dos inúmeros e imperdíveis parques encontrados no Brasil. Eles são administrados pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Veja alguns deles que já conhecemos e que você encontra posts aqui no blog:

São todas unidades de conservação com paisagens incríveis. Pode ser uma boa lista para planejar as próximas viagens.

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é uma das poucas unidades do ICMBio que ainda não cobra taxa de visitação.

Criado em 1981, o PNLM – Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses tem uma área de 155 mil hectares, onde a principal característica são as belas dunas e as lagoas encontradas entre elas. Mas na região também são encontrados rios e manguezais, como os que você confere no passeio pelo Rio Preguiças.

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças
Mapa do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Fonte: ICMBio

Além de Barreirinhas (lado direito), o parque também inclui os municípios de Santo Amaro (centro) e Primeira Cruz (lado esquerdo, mas sem infraestrutura turística).

Como o parque vai até o mar, em regiões como Atins e Caburé, a paisagem das dunas se encontra com belas praias e com o oceano, formando paisagens incríveis.

 

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM

Quem olha pode ter a impressão de que o lugar se parece com um deserto, mas são justamente as chuvas que tornam a paisagem mais bela. É após a época de chuvas (no primeiro semestre de cada ano) que as lagoas se formam.

Como Chegar em Barreirinhas (a partir de São Luís)

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças
Barreirinhas banhada pelo Rio Preguiças: cidade é a que possui melhor infraestrutura para visitar os Lençóis Maranhenses

Barreirinhas é dos lugares mais fáceis de chegar nos Lençóis Maranhenses. Quem diria que houve um tempo em que o acesso era por uma estrada de terra bem esburacada.

Hoje em dia a estrada é toda de asfalto (MA-402) e dá para chegar de van, de carro ou até ônibus.

Pessoalmente nós não indicamos ir de carro, já que você não irá utilizá-lo para os passeios em Barreirinhas. Circular pela área do Parque Nacional é restrita para veículos locais e autorizados, além é lógico de serem carros 4×4 (as Toyotas), propícios para andar em terrenos arenosos e alagados.

Para ir até Barreirinhas, cidade base para conhecer os Lençóis Maranhenses, existem duas opções, ou de ônibus de linha ou de microônibus / van organizados por empresas turísticas. Cada um tem suas vantagens e desvantagens.

Se os ônibus da Cisne Branco são mais baratos (R$ 60,00) e não ficam parando de hotel em hotel para pegar os passageiros (que muitas vezes se atrasam), o transfer através de agências (R$ 70,00) tem a vantagem justamente de te pegar no seu hotel. Portanto, não é preciso pegar outro transporte até a rodoviária e acaba sendo mais rápido (não há paradas no caminho em rodoviárias de outras cidades).

Aproveite para descansar bem durante a viagem. Em geral os transfers saem pela manhã bem cedinho, então você chega antes da hora do almoço em Barreirinhas e já pode se encaixar em algum passeio.

Como ir de Santo Amaro para Barreirinhas

Nosso roteiro nos Lençóis Maranhenses foi um pouco diferente. Começamos a viagem em Santo Amaro e depois fomos para Barreirinhas.

Por isso, foi um pouco mais difícil de fazer o transfer. A dica é procurar ajuda de sua pousada, que irá te passar os contatos de pessoas que estejam fazendo o transporte.

A Cooperativa de Transporte Turístico de Santo Amaro – SantoAmaroCoop, trabalha com transfers com valores de R$ 280,00 a R$ 350,00. Você até pode dividir esse valor com outras pessoas, mas se não conseguir companhia terá que arcar com o valor completo do transfer.

A nossa alternativa foi que encontramos um passeio bate-volta saindo de Barreirinhas para Santo Amaro. Eles nos pegaram na pousada onde estávamos, depois fizemos o passeio com eles, e ao final retornamos para Barreirinhas com o grupo. O passeio custou R$ 150,00 por pessoa (transfer incluído, ref. setembro/2018). Fechamos com o Raimundo da Pousada das Águias (+55 98 8853-1861).

Note que a diferença de preço é pouca, mas na segunda opção incluímos o passeio no transfer.

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios
As Toyotas Jardineiras são o meio de locomoção mais comum dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

O trânsito e o movimento de Barreirinhas

Ao chegarmos em Barreirinhas, já sentimos o choque de quem acabava de chegar de Santo Amaro do Maranhão.

Trânsito engarrafado, dezenas de motos, comércio fervilhante e muita gente caminhando na rua. Era véspera de feriado e Barreirinhas estava se preparando para várias festas, entre elas a presença de Claudia Leite. A cidade estava bombando.

Onde Comer em Barreirinhas

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças
A maioria das opções de bares e restaurantes se concentra na Beira Rio de Barreirinhas, onde também está o letreiro da cidade

À noite, como em toda cidade do interior, todo mundo se concentra na Avenida Beira Rio. É lá que ficam a maior parte dos restaurantes, quiosques e mesas na calçada. Ao som de música ao vivo regional, o pessoal circula por um deck de madeira ou curte o movimento dos restaurantes.

Nossa primeira opção de restaurante foi o Bambu. Apesar do bom atendimento, ficamos com poucas opções pois o Cleber é alérgico a camarão. Acabamos pedindo uma pizza com opções de recheio exóticos (R$ 57,00 a pizza grande). Pizza é coisa de paulista mesmo, e a deles ficou um pouco a desejar.

Depois vale a pena tomar um sorvete no Frutos do Cerrado. Há também um charmoso café e tapiocaria, o Divino, que tem ambiente charmoso e mesas na calçada (uma travessa da Beira Rio).


Onde Ficar em Barreirinhas

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Passeios até a Lagoa Azul, Lagoa Bonita e Rio Preguiças
A Pousada Vilas Boas fica em frente ao Rio Preguiças, em localização privilegiada

Dia seguinte, ficamos de bobeira pela manhã. Acordamos tarde e curtimos um delicioso café da manhã na Pousada Vilas Boas, exatamente na Beira Rio.

A localização da Pousada Vilas Boas é perfeita, bem no meio do movimento e a 70 metros do cais do rio e do letreiro da cidade. De lá saem os passeios de barco pelo Rio Preguiças. Ficamos com receio da música alta, mas os quartos ficam virados para dentro e o barulho fica quase imperceptível.

Os quartos são bem compactos, é preciso dizer. Faltam lugares para pendurar roupas e guardar as malas. Mas também os quartos são bem funcionais, com ar condicionado, banheiro no quarto, TV de tela plana, wifi gratuito e frigobar. 

Conversamos ainda com o Sebastião na recepção da pousada, uma simpatia de pessoa, falando um pouco sobre o movimento do feriadão.

Para consultar preços e disponibilidade, clique aqui.


Circuito da Lagoa Azul – Grandes Lençóis

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças
Uma das belas lagoas do Circuito da Lagoa Azul, em Barreirinhas

Depois de ter explorado um pouco o centrinho de Barreirinhas, voltamos para a pousada, descansamos um pouco e por volta das 14h o pessoal do passeio agendado pela G. I. Conect  veio nos buscar. Nosso passeio do dia seria até o Circuito da Lagoa Azul.

As agências de turismo se concentram nas imediações da Praça Matriz, mas hoje em dia todo mundo fecha tudo por WhatsApp mesmo. Foi o nosso caso.

Reservamos tudo com a G. I. Conect, operadora que trabalha com todos os passeios básicos nos Lençóis Maranhenses, com ótimos preços. Para quem desejar, pode ir até o escritório físico deles, que fica na Avenida Joaquim Soeiro de Carvalho 285.

Dicas

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças. Foto: G.I.Conect
O trajeto de 12 km acontece em uma Toyota 4×4. Foto: G.I. Conect
  • O Toyota 4×4 que veio nos buscar comportava 12 pessoas. Não é lá muito confortável, mas passa rápido. 
  • Logo de início somos alertados para não colocar as mãos para fora durante o trajeto, já que o caminho é cheio de árvores que, com a velocidade, podem machucar.
  • Nós recomendamos também usar óculos, pois em uma outra ocasião, um pouco de sujeira respingou no olho do Cleber e ele ficou dias com irritação nos olhos.
  • Nem precisamos dizer que levar água é essencial.
  • Não existe qualquer tipo de estrutura nas dunas. Se preferir, leve também algum lanche para aguentar até o final do passeio.
  • Chinelos e sandálias são desnecessários, já que a areia das dunas não é quente. Deixe o que não for necessário no veículo e parta para a caminhada.

Trajeto

Para ir até o Circuito Lagoa Azul, Circuito Lagoa Bonita e Atins, é preciso atravessar a balsa do Porto de São Antônio. É uma balsa pequena, que comporta apenas 4 veículos por travessia. Embarcamos rapidamente.

O trajeto até a Lagoa Azul envolve um pouco de aventura, enquanto a Toyota vai desbravando a estreita estrada de areia, cercada de vegetação e alguns trechos alagados de restinga. São 12 km de distância. O caminho dura cerca de 1 hora, mas a gente nem sente, pois é tudo bem animado e o pessoal do grupo faz amizade rápido.  

Logo chegamos na dunas. Todo mundo fica boquiaberto. 

Ali é preciso descer para fazer uma caminhada de cerca de 2 km. A caminhada é opcional, se você preferir pode ficar na primeira lagoa mesmo (ideal para quem tiver dificuldade de locomoção). Já vale super a pena. O nome da Lagoa da Preguiça não é à toa, então essa dica também vale para os preguiçosos.

Caminhada pelas Lagoas dos Grandes Lençóis: Lagoa da Paz, Lagoa Azul e Lagoa da Preguiça

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios
Apesar das lagoas de Barreirinhas serem mais cheias, sempre dá para encontrar um cantinho mais reservado

Nosso guia nos leva por um trajeto por algumas lagoas, mas você também pode se liberar e fazer o seu próprio trajeto. É até mais provável que você fuja um pouco das multidões.

Depois da tranquilidade e das lagoas desertas de Santo Amaro, foi um choque ver tanta gente na Lagoa Azul. Mas não chega a atrapalhar o passeio, pois as lagoas são bem grandes e tem espaço pra todo mundo. Mas esqueça aquela foto com uma lagoa exclusiva pra você.

O roteiro proposto pelo guia começou pela Lagoa dos Toyoteiros (parada de 20 minutos), depois partimos para a Lagoa da Paz (1 hora, essa era a mais tranquila das que visitamos) e finalmente a Lagoa Azul (mais 20 minutos). Para encerrar, todo mundo segue para a Lagoa da Preguiça para contemplar o pôr do sol.

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios
Aquele banho na Lagoa Azul, que dá nome ao circuito

Mas novamente, se você não quer andar em grupo e quer fazer o seu próprio tempo em cada lagoa, avise o guia e vá explorar tudo sozinho. Nós recomendamos. É sempre bom não esquecer de pontos de referência para não se perder por lá.

O tempo voou. Como estávamos com o drone, acabamos perdendo um pouco mais de tempo nessas subidas e descidas e voos pelas dunas e lagoas. Mas obviamente, valeu a pena pelas imagens.

Pôr do Sol no Circuito da Lagoa Azul

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças
Pôr do sol no Circuito da Lagoa Azul, imperdível

O pôr do sol também foi incrível. Pessoalmente, acho o pôr do sol no Circuito da Lagoa Azul mais bonito do que no Circuito da Lagoa Bonita, pela proximidade das lagoas, que refletem o céu do entardecer.

Logo quando o sol se põe, todo mundo corre de volta para as Toyotas para fazer o trajeto de volta antes que anoiteça, e também para tentar não ser o último carro na fila da balsa. Quanto mais tarde o carro chegar, maior será o tempo na fila de espera para fazer a travessia. 

De noite, o nosso jantar foi no Canoa, pedimos um escondidinho de carne seca que estava muito bem servido e delicioso (R$ 85,00 para 2 pessoas). E bora se preparar, que no dia seguinte encararíamos a voadeira pelo Rio Preguiças, rumo a Atins.

Lagoa Azul, um dos passeios imperdíveis para fazer a partir de Barreirinhas

FICHA TÉCNICA:

Passeio: Passeio de Toyota 4×4 até o Circuito da Lagoa Azul
Direção: Barreirinhas – Lençóis Maranhenses
Fotografia: Fábio Pastorello
Produção: G. I. Conect, R$ 80,00 por pessoa
O melhor: nadar nas lagoas é com certeza o melhor para se fazer por aqui. Escolha a que você achar mais convidativa, ou quem sabe a que estiver mais deserta.
O pior: a lotação de algumas lagoas, fica difícil entrar no clima de isolamento e tranquilidade que os Lençóis Maranhenses pedem
Ano: 2018
País: Brasil
Avaliação: ★★★★★


Passeio de Lancha (Voadeira) pelo Rio Preguiças: Pequenos Lençóis e Praia de Caburé

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças
O trajeto de Barreirinhas até Atins e Caburé é pelo Rio Preguiças

Além de fazer o passeio pelo Rio Preguiças até a Praia de Caburé, para nós esse passeio também foi nossa opção de transfer até Atins.

Como já mencionamos, nosso roteiro nos Lençóis Maranhenses foi um mais abrangente e escolhemos bases em Santo Amaro, Barreirinhas e Atins.

E tinha chegado a hora de partir para Atins. Há várias opções para chegar nesse vilarejo, na foz do Rio Preguiças. Além de transfers privativos, há passeios que saem de Barreirinhas para Atins e que podem funcionar tanto para sua ida como para sua volta de lá.

Um dos passeios é o Passeio de Voadeira pelo Rio Preguiças. Esse rio corta a cidade de Barreirinhas e segue até os povoados de Caburé e Atins, ambos no encontro do rio com o oceano. O passeio custa R$ 90,00 (ref.: setembro/2019) e dura o dia inteiro.

Rio Preguiças

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças
Voadeiras percorrem um dos igarapés do Rio Preguiças

Para reservar, falamos com o pessoal da G. I. Conect, que tem atendimento via whatsapp e é tudo rápido e muito confiável. A reserva pode ser feita com alguma antecedência, mas no geral é só na véspera que a equipe da G.I. irá lhe passar detalhes como horário e quem irá buscá-lo na pousada. Portanto, não se preocupe, eles são bem profissionais.

8h30 foi o horário que uma pessoa veio nos buscar na pousada. Na outra vez que estivemos em Atins, em 2011, optamos por levar apenas uma mochila, com itens básicos para 2 dias de pernoite. Dessa vez, fomos com todas as malas. A voadeira não é dos veículos mais espaçosos, mas deu para acomodar as malas e mochilas. Se tiver aquelas capas protetoras de malas, vale investir.

O percurso rola numa lancha rápida (não é força de expressão, a velocidade é alta mesmo) e no percurso vamos admirando a vegetação nas margens do Rio Preguiças. Antigamente, o passeio passava pelo meio de mais igarapés, mas dessa vez achei que fizeram pouco essas travessias.

Vassouras e os Pequenos Lençóis

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças
Uma das lagoas da parada de Vassouras, nos Pequenos Lençóis

Depois de algum tempo, chegamos na nossa primeira parada, o povoado de Vassouras. Desembarque sem chinelos, mas cuidado com as bolsas.

É lá que o pessoal interage com os macaquinhos, que ficam soltos e fazem a maior festa para conseguir comida. Eles abrem bolsas, pulam nas pessoas (as mulheres se assustam e saem gritando) e vão fazendo qualquer negócio para conseguir um pouco de comida. Mochilas e bolsas devem estar fechadas e, mesmo assim, é comum eles abrirem o zíper e enfiarem a mão dentro da bolsa para procurar alguma coisa. Cuidado.

Mas não é permitido (nem aconselhável) alimentá-los. Então caso queira uma foto com eles, coloque algum item nas mãos fechadas e isso irá atraí-los. Mas atenção, eles vão pular em você, tentar abrir sua mão e até morder seus dedos para tentar alcançar a comida.

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças
Cleber tentando tirar uma selfie com os macaquinhos

Nessa mesma parada estão os Pequenos Lençóis, dunas bem mais modestas do que os Grandes Lençóis, mas que já garantem a diversão. Uma pequena lagoa também permite o banho dos visitantes, mas a beleza é realmente bem inferior ao que vemos em outros passeios.

A parada por lá é de de cerca de 40 minutos e logo seguimos para nossa próxima parada.

Farol Preguiças: Mandacaru

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças
Vista do Rio Preguiças a partir do Farol de Mandacaru

No povoado de Mandacaru, fica o Farol Preguiças, de onde se tem uma vista privilegiada para toda a região e trecho do Rio Preguiças.

Para alcançar essa vista, são 160 degraus de subida dentro do Farol, que valem o sacrifício (nem tanto, em cerca de 5 ou 10 minutos você já chega no topo). Só calcule bem seu tempo, pois há sempre uma fila para conseguir subir.

Ali também existem algumas lojas de artesanato, lanchonetes e outros comerciantes. O povoado em si é bem simples, mas é importante descer do barco com sandálias ou chinelos. 

Caburé

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças
Povoado de Caburé, onde o Rio Preguiças encontra o mar

Finalmente, a última parada do passeio é no povoado de Caburé, já na foz do Rio Preguiças. A parada acontece num pier ou na areia mesmo e logo em frente já encontramos restaurantes para pedir o nosso almoço. Os pratos custam em média R$ 90,00 e servem 2 pessoas.

A curiosidade aqui é que estamos numa estreita faixa de terra. De um lado, está o rio Preguiças e de outro, o mar. Você pode ir caminhando de uma parte até outra, é bem pertinho. A parada aqui é de cerca de 3 horas, então dá tranquilamente para almoçar, descansar nas redes dos restaurantes ou então fazer um passeio de quadriciclo, que pode ser contratado no local.

Chegamos por lá às 12h e às 13h40 nosso barqueiro nos levou até Atins. Já combine com o barqueiro que horas você deseja ir para lá, caso você tenha opção de pernoite por lá. Mas esse passeio pelo Rio Preguiças não inclui um passeio até Atins. Nesse caso, é preciso contratar um passeio independente, e isso já é assunto para outro post. 

Para o restante dos passageiros, por volta das 15h é hora de entrar na voadeira e retornar para Barreirinhas. Passa voando, voando.

Leia mais:
Atins: O que Fazer, Como Chegar e Onde Ficar

FICHA TÉCNICA:

Passeio: Passeio de Lancha pelo Rio Preguiças
Direção: Barreirinhas – Lençóis Maranhenses
Fotografia: Fábio Pastorello
Produção: G. I. Conect, R$ 90,00 por pessoa
O melhor: apesar das paradas serem bem interessantes, o mais legal do passeio é justamente a velocidade da voadeira e admirar as paisagens do Rio Preguiças
O pior: pessoalmente, não somos muito fãs de Caburé: não achamos a praia bonita e a parada por lá é longa demais
Ano: 2018
País: Brasil
Avaliação: ★★★★


Circuito da Lagoa Bonita

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Lagoa Azul e Rio Preguiças
Pôr do sol no Circuito da Lagoa Bonita

Na nossa última viagem para os Lençóis Maranhenses, não deu tempo de ir até esse circuito.

Mas como já conhecíamos da viagem em 2011, dá para contar um pouco como funciona. O grande diferencial desse circuito é que, na chegada, é preciso subir uma duna de 30 metros de altura (há uma corda para ajudar na subida, mas nem é muito necessária).

Quando você chega no alto, já tem aquele impacto de ver a paisagem do alto, com várias lagoas aos seus pés. Uma delas ficou conhecida como Lagoa do Clone, por ter sido locação da novela “O Clone” (2001).

O pôr do sol é o grande atrativo desse circuito. Uma pena que muitos passeios ficam apressando os turistas para retornarem logo (por causa da fila da balsa), impedindo que as pessoas possam curtir esse momento com calma. Mal o sol se aproxima do horizonte por detrás das dunas, e os guias já começam a apitar para que todo mundo volte para os veículos.

Se você passar por essa situação, não abre mão de seu pôr do sol nos Lençóis Maranhenses. É uma experiência inesquecível.

Quais os Melhores Passeios?

O que fazer em Barreirinhas - Lençóis Maranhenses: Melhores Passeios - Lagoa Azul e Rio Preguiças

  • Para quem tem poucos dias nos Lençóis Maranhenses, é preciso escolher bem os passeios que você irá fazer.
  • Se você tiver 2 dias, recomendamos o Circuito da Lagoa Azul e o Passeio de Barco pelo Rio Preguiças (há também a opção de fazer esse passeio de quadriciclo).
  • Para quem tiver 4 dias, vale a pena incluir o Circuito da Lagoa Bonita e o passeio até o Canto do Atins.
  • Se você tiver 7 dias, recomendamos dividir sua hospedagem. Fique 2 noites em Barreirinhas, 2 noites em Santo Amaro do Maranhão e 2 noites em Atins. Ou se preferir uma infraestrutura e quiser evitar deslocamentos um pouco trabalhosos, fique todo o tempo em Barreirinhas e faça passeios bate-volta.
  • Confira nosso roteiro de viagem completo para saber como organizamos nossa viagem.

Sabia mais:
O que fazer nos Lençóis Maranhenses: Dicas e Roteiro Completo

Tudo o que você precisa saber sobre os Lençóis Maranhenses:

Nota: Os passeios para a Lagoa Azul, Atins e Rio Preguiças foram uma parceria com a G.I. Conect, que cedeu os passeios em cortesia. As hospedagens na Pousada Água Doce e Pousada Vilas Boas também foram uma parceria.

Outros passeios a conferir:

 

SIGA A GENTE NO INSTAGRAM

Tags:
share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

5 comentários

  1. Ola’, Fabio.

    Quanta informação boa você nos dá! Eu so’ vou ter um dia para visitar os Lençois, e vou sair de Parnaíba, PI. Sao umas 4 horas de carro ate’ Barreirinhas e passariamos uma noite, voltando no dia seguinte. Será que e’ tempo suficiente para ver pelo menos a Lagoa Azul? e os pequenos Lençois, são uma alterativa viável?

    Obrigada por este blog genial!

    Veronica

    1. Oi, Veronica. Me parece que você só terá um período, provavelmente a manhã após o dia da sua chegada. Felizmente, os passeios até a Lagoa Azul ou Lagoa Bonita são de meio período, então você pode fazer qualquer um deles. O passeio até os Pequenos Lençóis é um passeio de dia inteiro, não recomendo. Abraços e muitíssimo obrigado pelo comentário.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.