Caminhada de Arraial d’Ajuda até Trancoso | Bahia

Arraial d’Ajuda e Trancoso, que tal começar o dia em uma praia e terminar na outra? Sou muito fã de caminhadas, em particular nas praias. Caminhar é uma forma interessante de saber o que há entre um destino e outro, e muitas vezes os trajetos são tão interessantes como os destinos.

Chego até a perceber que quando vou de uma forma muito rápida de um destino ou ao outro, parece que não cheguei nele de fato, e demoro um tempo até me ambientar.Loucuras a parte, rs, fiquei particularmente curioso para percorrer as praias no caminho entre Arraial d’Ajuda e Trancoso.

Já havia lido sobre a caminhada no Viaje na Viagem, porque a gente sempre fica na dúvida se é possível ou não fazer os trajetos a pé. E resolvemos partir para nossa caminhada, onde encontramos alguns trechos mais complicados, outros bem tranquilos e extensos, e paisagens de tirar o fôlego.

Porto Seguro: Trajeto de Arraial d’Ajuda até Trancoso a pé

Diário de Viagem: Costa do Descobrimento

de  

Lagoa Azul Trancoso Arraial d'Ajuda
Lagoa Azul, no trecho intermediário da caminhada entre Arraial d’Ajuda e Trancoso

Leia também: Bahia: Dicas e Roteiros de Viagem

Para conferir outros posts e o roteiro completo dessa viagem por Porto Seguro, Arraial d’Ajuda e Trancoso confira a seguir o nosso roteiro de viagem.

Roteiro de Viagem: Porto Seguro, Arraial d’Ajuda e Trancoso

Dia 1: Centro Histórico e Passarela do Álcool
Dia 2: Coroa Vermelha
Dia 3: Arraial d’Ajuda – Como Chegar e Onde Ficar
Dia 4: Praias de Arraial d’Ajuda
Dia 5: Praia do Espelho – Dicas para Aproveitar Melhor
Dia 6: Review: Pousada Enseada do Espelho
Dia 7: Trancoso: Quadrado, as Praias e Outras Histórias
Dia 8: Review: Pousada Raízes do Brasil – Trancoso
Dia 9: Caminhada de Arraial d’Ajuda até Trancoso

Começando a caminhada em Arraial d’Ajuda

Nossa caminhada começou em Arraial d’Ajuda, onde estávamos hospedados próximos da rua Mucugê. O trajeto tem 12 km e você atravessa dois rios e várias praias. Obviamente, a caminhada pode ser feita no sentido inverso.

É recomendável que se faça na maré baixa, para isso, consulte a Tábua das Marés e verifique o horário em que a maré estará mais baixa. No dia 11/06/2013, por exemplo, data em que fizemos a caminhada, a maré mais alta era de 2.2 cm (às 05:11) e a maré mais baixa de 0.4 cm (às 11h21). Portanto, é preciso planejar para que às 11h21 (1 hora a mais ou a menos) você esteja no meio da caminhada ou nos pontos onde a maré alta pode se tornar mais crítica para sua caminhada.

Clique aqui para visualizar o mapa maior

1 – Praia do Mucugê

Distância de Arraial d’Ajuda: 10 minutos de caminhada

Praia mais próxima do centro de Arraial d’Ajuda. Basta descer a Rua Mucugê, onde ficam a maior parte dos restaurantes e do agito de Arraial, em direção ao mar. Chegando lá embaixo, você encontra várias barracas de praia e boa infraestrutura, mas como preferimos justamente os lugares mais desertos e sem infraestrutura, Mucugê foi apenas ponto de passagem para iniciarmos a nossa caminhada.

2 – Praia do Parracho

Distância de Arraial d’Ajuda: 15 minutos de caminhada

É a sequência da Praia de Mucugê, é um pouco difícil distinguir onde começa uma e termina a outra, dessa forma parece ser mais um daqueles casos de praias que só mudam de nome, mas continuam a mesma.

  

3 – Praia da Pitinga

Distância de Arraial d’Ajuda: 30 minutos de caminhada

Depois de uma curva na praia, você encontra o primeiro trecho de perder o fôlego. Uma longa extensão de falésias a beira mar são visualizadas nessa praia. O cenário é muito lindo. Por isso recomendo fazer a caminhada de Arraial para Trancoso, é a forma de chegar na Pitinga e encontrar esse cenário encantador. Nessa virada da praia também encontram-se algumas barracas de praia ainda com boa estrutura.

Arraial d'Ajuda Trancoso
Um pouco antes da virada para Pitinga, você encontra algumas barracas e as falésias inesquecíveis
Praia da Pitinga Arraial d'Ajuda Trancoso
O próximo trecho de caminhada pela praia da Pitinga até encontrarmos a Lagoa Azul

4 – Praia da Lagoa Azul

Distância de Arraial d’Ajuda: 1 hora de caminhada

Prepare-se para o trecho mais bonito dessa caminhada. Até então eu achava que a Lagoa Azul era o nome de uma pequena lagoa na base das falésias, mas esse é também o nome da praia. O cenário é inconfundível. Aqui você encontra uma lagoa de águas com argila e uma fenda entre as falésias. Há também uma barraca de praia com o nome Lagoa Azul escrito.

  

Não deixe de avançar pela lagoa e pela fenda entre as falésias. O caminho é cheio de lama e barro, portanto vá devagar para não escorregar. Em alguns trechos, os pés afundam bastante na lama. Depois de caminhar um pouco para dentro da lagoa, o negócio é procurar uma entrada para uma trilha em que você começa a subir as falésias. Com os pés cheios de lama (que rapidamente endurece nos pés), a trilha fica até mais fácil de fazer.

Por um caminho, encontramos mais uma lagoa, dessa vez mais reservada, cercada de falésias e pela mata do local. O outro caminho é falésia acima. A trilha é curta, em pouco tempo chegamos no topo da falésia e nos deparamos com uma fenomenal vista da Praia da Pitinga e da Lagoa Azul do alto da falésia. Lá de cima, os tons de azul e verde do mar ganharam cores ainda mais incríveis.

Confira também: As 10 Melhores Praias da Bahia

Lagoa encontrada após uma breve trilha falésias para dentro
Praia da Lagoa Azul Arraial d'Ajuda Trancoso
Chegada no alto das falésias da Praia da Lagoa Azul
Arraial d'Ajuda Trancoso
Vista da Praia da Pitinga, do alto das falésias

Depois de muitas fotos tanto no alto como na base das falésias, continuamos nossa caminhada rumo a Trancoso.

Ainda nas falésias da Lagoa Azul, pausa para fotos com esse cenário de fundo

Dá uma conferida no nosso vídeo sobre essa parte da caminhada e aproveita para se inscrever em nosso canal do YouTube.

5 – Praia do Taípe

Distância de Arraial d’Ajuda: 1h30 de caminhada

Essa é a praia mais extensa do percurso. É nesse trecho também que você encontrará menos estrutura de barracas de praia, embora elas existam (em determinado ponto você encontra a estrutura de apoio do Club Med Trancoso). As falésias alcançam suas maiores alturas, chegando a 45 metros de altura e também adquirem o tom mais avermelhado.

Arraial d'Ajuda Trancoso
Praia do Taípe, trecho de praia mais extenso da caminhada

Quando chegamos no final da praia, encontramos alguma dificuldade. A falésia encontrava o mar, não havia nenhum ponto seco para caminhar, exceto subindo algumas pedras. Foi esse o caminho que tivemos que fazer, nos equilibrar sobre as pedras e, depois de 10 minutos, conseguimos chegar do outro lado da praia.

6 – Praia do Rio da Barra

Distância de Arraial d’Ajuda: 2h30 de caminhada

Finalmente estávamos na Praia do Rio da Barra, onde um rio deságua no mar.

  

Ali outro ponto de dificuldade caso estivéssemos na maré cheia. As águas do rio estavam com uma correnteza forte, e mesmo que não estivessem altas (batendo na altura do joelho), estavam fortes e é preciso tomar cuidado para não se desiquilibrar.

Rio da Barra deságua no mar com bastante força, é melhor tomar cuidado por aqui

7 – Praia dos Nativos

Distância de Arraial d’Ajuda: 3h de caminhada

Atravessado o rio, o restante da caminhada foi bem tranquilo. Encontramos um trecho com muitos coqueiros à beira-mar, com estrutura dos sofisticados resorts e clubes de golfe da região.

Arraial d'Ajuda Trancoso
A paradisíaca Praia dos Nativos
Arraial d'Ajuda e Trancoso
Cenário que é a tradução da Bahia: coqueiros à beira-mar

Essa caminhada, de cerca de 30 minutos por um trecho de areia praticamente deserto, chega na Praia dos Nativos, onde afinal encontramos novamente barracas e o movimento dos turistas que fazem os passeios de um dia até Trancoso.

8 – Praia dos Coqueiros

Distância de Arraial d’Ajuda: 3h30 de caminhada

Novamente um rio para atravessar e alcançamos a praia dos Coqueiros, onde está o acesso para o Quadrado. Esse rio é particularmente interessante, já que encontra bons trechos para o banho de rio e uma curiosa casa de madeira afundada nas águas.

Final da caminhada, chegamos em Trancoso

Nisso já era quase 1h da tarde e encerramos nossa caminhada de 12 km de Arraial d’Ajuda até Trancoso. Nossa caminhada demorou um pouco mais do que o normal pois fazemos muitas (mas muitas mesmo rs) paradas para fotos. Numa caminhada um pouco mais apressada e sem muitas paradas, acredito ser possível concluir a caminhada em 3 horas.

A caminhada é muito gostosa e conta com pontos de beleza incrível, como a praia da Lagoa Azul, a praia de Pitinga e o Rio da Barra. No trajeto, falésias, lagoas, águas verdes e alguns rios para atravessar (e quem sabe se banhar neles também). Não deixe de fazer, embora seja preciso um pouco de disposição e observar a maré para que a caminhada seja ainda mais tranquila. 

Vista da Praia dos Coqueiros e Nativos, do Quadrado de Trancoso

Subimos o Quadrado e já cansados e sedentos, escolhemos para almoço o restaurante da Pousada El Gordo, com vista espetacular para a praia dos Nativos (além da bela piscina do hotel, que se mistura com o horizonte).

Os preços são um pouco salgados. Os pratos individuais saem em média R$ 80,00, embora seja possível encontrar alguns risotos por cerca de R$ 50,00. Os pratos estavam gostosos (talvez não compense a relação custo/benefício), mas o melhor mesmo era a vista. O restaurante também conta com wi-fi grátis.

Almoço no El Gordo com vista para a Praia dos Nativos, recompensa após os 12 km de caminhada

Na volta, pegamos uma van que passa em rua próxima ao Quadrado (é só perguntar na região) e retornamos para Arraial d’Ajuda.

Fontes:
Viaje na Viagem – 4 roteiros a pé
Porto Seguro – Guia Oficial de Turismo

FICHA TÉCNICA:

Título: Caminhada de Arraial d’Ajuda até Trancoso
Direção: Porto Seguro/BA
Produção: grátis, programe-se para alcançar o meio da caminhada na maré baixa
Elenco: Fábio Pastorello e Cleber Alcântara
Fotografia: Fábio Pastorello
O melhor: a Praia da Lagoa Azul, não deixe de acessar a fenda entre a falésia e conferir o visual das praias lá de cima
O pior: entre a Praia do Taípe e Rio da Barra, existe um trecho em que é preciso escalar algumas pedras, no entanto a dificuldade é moderada
Ano: 2013
País: Brasil
Avaliação: ★★★★

© 2014 Fabio Pastorello. Todos os direitos reservados. A reprodução de textos e/ou imagens não é permitida sem prévia autorização do autor.

Bahia
share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

37 comentários

      1. Beleza Fábio.
        Fui até Trancoso e voltei para Arraial d’Ajuda a pé. Na ida peguei as marés alta na volta baixa. Acho que levei 12 horas ida e volta. Comecei cedo e parei muito para tirar fotos e apreciar as paisagens. Fui só nesta caminhada e achei tranquilo e seguro.

  1. Fábio, boa noite! Que delícia ler seu relato! Apesar de não ter muito preparo físico para caminhadas assim (temo baixa de pressão ou desmaios), fiquei morrendo de vontade! Vou para Porto Seguro em 15 dias e seu relato ajudou não apenas pela caminhada, mas até para algumas boas praias no caminho, mais isoladas e LINDÍSSIMAS!

    Posso fazer-lhe uma pergunta? Estou em dúvida quanto a me hospedar em Arraial ou em Porto. Pensei em ficar hospedado em Arraial, tirar um dia todo para Porto Seguro (centro “atual” e histórico, que desejo conhecer há muitos anos), além de outro para Santa Cruz Cabrália, também pela parte histórica. E talvez um ou dois para Trancoso, mesmo fazendo “ida/volta” com as balsas. Passarei oito dias lá. Você acha que é possível fazer isso? (e tentar chegar a Caraíva?)

    Muito obrigado por sua atenção, parabéns pelo blog (já o usei em outras viagens!) e pelas fotos!

    Abraços!
    Leandro Ricetto

    1. Oi Leandro. Tudo bom? Que legal que curtiu o relato. É uma caminhada bem agradável se você fizer na maré baixa e tranquilamente, mas como em alguns lugares você fica com acesso isolado, é importante pensar direitinho mesmo. Leve água e alimentos como castanhas e barras de cereais para não ter nenhum problema.

      Sobre a hospedagem, como você vai ficar 8 dias na região, eu recomendaria mesmo dividir a hospedagem. Tem muita gente que não curte muito ficar hospedado em Porto Seguro, por causa dos grupos de excursão, então pode ser uma boa fazer o bate-volta mesmo. Sinceramente acho um pouco longe para ir 2 vezes, dá para fazer tudo num dia só (manhã você faz o centro de Porto Seguro e de tarde vai até Cabrália).

      Já Arraial d’Ajuda e Trancoso são ótimas opções. Caraíva também é uma boa, ainda não conhecemos mas dizem que é incrível, para quem gosta de lugares pé na areia para dar uma boa desligada.

      Abraço grande e muito obrigado pelo comentário e por retornar sempre para o blog. Aproveite muito a viagem!!!

      1. Oi, Fábio! Tudo ótimo! =D
        Obrigado pelo rápido retorno e por sua atenção e disposição!
        Pelo que você disse, além de seguir seu relato, penso em me hospedar em Arraial, seguir sua sugestão quando a Porto Seguro (onde devo passar o último dia, por conta do voo de retorno a SP na manhã seguinte); tirar uns três dias apenas em Arraial (Pitinga; Lagoa Azul com calma; Mucugê e parte central), um ou dois para Trancoso, apesar de pretender apenas um (Praça do Quadrado e depois uma ou duas praias), outro dia para a Praia do Espelho e um, se conseguir, para Caraíva =D
        Mais uma vez obrigado! (e se quiser dar outros pitacos, FIQUE À VONTADE KKKKK)
        Tudo de maravilhoso e muitas viagens em 2018 a você e Cléber!!!!

        1. Oi Leandro. Acho que ficará ótimo assim. Assim que chegar em Arraial d’Ajuda, pesquise direitinho a locomoção para Praia do Espelho e Caraíva. Apesar desses lugares ficarem mais próximos de Trancoso, quando fomos era mais fácil encontrar transporte a partir de Arraial. Abraço grande e um feliz 2018 para você!!!

          1. Fábio, muito obrigado novamente!
            Espero conseguir sim, são lugares LINDOOOOS e não quero deixar de conhecê-los =D
            Mais uma vez, um grande abraço e excelente 2018, repleto de mais postagens em muitos outros lugares junto ao Cléber! 😉

  2. Eu moro na Bahia há três anos, porém só conheço todo litoral norte.
    Muito obrigado pelas dicas sobre litoral sul.
    Agredou muitas ideias para minha trip que será feita na próxima semana, vou começar de morro de Sp até trancoso.
    Grande abraço

  3. Ótimo post! Estava pesquisando sobre caminhadas por Arraial e esse post ajudou muito!
    Imagino que os trechos sejam desertos.. mas é tranquilo pelo visto, ne? (No sentido de segurança..)

  4. Esse passeio e maravilhoso, morei em Arraial em 1995 e naquela epoca nos aventuravamos um pouco mais fazendo essa caminhada em noites de lua cheia, e depois de Trancoso seguiamos ate Caraiva. Excelente post!

  5. Incrível, já fiz esse percurso varias vezes e é sempre uma sensação diferente. Adorei seu blog, muito inspirador! Estou começando meu blog e quero em breve ter tantas experiências assim. (:

  6. muito legal!!!! vou agora em fevereiro com meu marido e mal posso esperar pra fazer essa caminhada!!! arrasou!

  7. SENSACIONAL ESSE POST!!ESTOU INDO EM DEZEMBRO E COM CERTEZA TIRAREI 1 DIA PARA EXPLORAR AS PRAIAS DE ARRAIAL A PÉ COM MEU NOIVO!! VALEU DEMAIS

      1. Farei fato!! procurei na internet toda e nao achei sobre ir a pé de Trancoso até Praia do Espelho:NATIVOS >COQUEIROS>NUDISMO>PEDRA GRANDE>ITAQUENA >OUTEIRO>CURUIPE>ESPELHO. Você acha tranquilo???

        1. Tem um link no final desse post para o Viaje na Viagem – 4 Roteiros a Pé. Você chegou a ver? Mas acho que é tranquilo sim, o problema é só voltar dele depois, precisa planejar bem o tempo da caminhada. Abraços.

  8. Oi Fábio, tudo bem? Tu sabes me dizer se essa van que leva de Trancoso a Arraial funciona à noite? Vou ficar em Arraial, e gostaria de jantar em Trancoso em uma das noites, mas ainda não descobri a melhor maneira de voltar.

    Obrigada!

    1. Oi, Nathalia. Infelizmente não sei te dizer não, mas quase certeza que na ida você consegue (se for até umas 18h), mas na volta será mais difícil. O que você pode fazer é pegar o telefone de um taxista para te levar de volta, caso você não consiga o retorno. Legal se informar na pousada onde você vai ficar hospedada, eles sempre têm dicas de profissionais para isso. Abraços.

  9. Olá, acho que você deve ir tentando aos poucos. Aproveite mesmo que está morando aí. Em um dia faça a caminhada até a Lagoa Azul, que é a metade do caminho e veja como se sente. No próximo arrisque um pouco mais, qualquer coisa leve o telefone de um taxista para ir buscá-la em algum ponto. Acho que na altura do Club Med Trancoso existe uma entrada para carros. Mas nunca se esqueça de fazer na maré baixa (e talvez com o sol mais suave), acho que não tem risco nenhum e seria legal levar também o cachorrinho. Abraços e boa caminhada!

  10. Oi fabio
    Moro Aqui Em arraial há um Ano e Desde que vim peso ao meu marido para fazermos juntos essa caminhada arraial × trancoso mais ele sempre recua agora deu para vê que seria muito puxado para ele que tem 72 anos.
    Mais estive pensando Em levar meu Cao para me fazer companhia seria arriscado? ele é de pequeno porte e so tem 9 meses.
    Em breve nao estarei mais morando Aqui e penso que poderia me arrepender aos 60 anos de nao ter tido essa ousadia.
    Subir Em grandes trilhas montanhas acima na Alemanha e foram experiencias inesqueciveis.Mais mais da paid de pitinga eu olho as curvas e fico in segura. Acho que com um grupo poderia ser mais Seguro. Deveria ter alguem que trabalhasse auxiliando ou acompanhando os solitarios nessa travessia e com um preço justo claro.fica a dica!
    Obrigada pela sua ajuda

  11. Olá muito grata pelo comentário, estava exatamente um que me.falase esssss distancias commmais exatidão pois pretendia fazer essa.caminha hone nao vai dar… estou de férias aqui em.Arraial mas estou na outra ponta no Eco Resort que fica ao lado da balsa e anteontem sai daqui caminhando, fui e voltei até a Lagoa Azul e foi muito, muito chão e deu tipo 4 horas de caminhada de pé na areia e a verdade que esse é o máximo que consigo. Para chegar até no Arraial no Mucugê gasto 1h e 30 e mais 3 horas para hegar em Trancoso ah ai não da não!! Valeu!!!

  12. Boa fabio, muito bacana este seu post.
    Tenho uma duvida. Após subir ao topo das falésias pela lama, por onde vocês continuaram a caminhada? Fazendo o caminho inverso da subida?ou havia uma descida mais à frente.

  13. Olá Wallace. A maré baixa não é necessariamente cedo, é preciso dar uma olhada na tábua de marés. A Praia do Mucugê é fácil de acessar, a partir do centrinho de Arraial d'Ajuda, caminhando mesmo. Obrigado pelo comentário e boa viagem, caso ainda não tenham ido. Se já foram, espero que tenha sido incrível. Abraços.

  14. Muito bacana Fábio!!! A gente tb é fã de caminhadas. Achei bem tranquilo. Pelo que entendi é bom sair de casa cedo para pegar a Maré baixa, certo? Algum ponto de atenção? Vamos em Dezembro!! Este post com certeza será o nosso Guia. Uma pergunta: Como chegaram na Praia do Mucugê?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.