O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos – Espírito Santo

Marataízes, litoral sul do Espírito Santo. Durante nossa viagem ao Estado, um de nossos objetivos era procurar conhecer as melhores praias do Espírito Santo.

Em nosso roteiro, procuramos abranger o litoral de seu extremo sul até o extremo norte. E nossa viagem começou em Marataízes, litoral sul do Espírito Santo e quase na divisa com o Estado do Rio de Janeiro.

Essa parte da viagem estava na programação do Pocando no ES, um encontro de blogueiros que acabou me motivando para viajar ao Espírito Santo. O evento foi organizado pelo Deivson Santana, blogueiro e jornalista do blog Capixaba na Estrada.

Confira a seguir como foi nosso primeiro dia de Pocando no Espírito Santo e o que fazer em Marataízes.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos – Espírito Santo

Pocando no Espírito Santo – Dia 1 e Dia 2

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Lagoa do Siri, em Marataízes: onde a água doce faz mais sucesso que a salgada

Coloquei meus pés na areia, a praia estava deserta. Dia de sábado, muito sol, e a praia vazia?

A van do nosso grupo de blogueiros que participavam do Pocando no ES tinha parado na primeira praia de nosso roteiro, a Praia do Siri.

Minha ansiedade era grande. Adoro conhecer novas praias, ainda mais se forem em novos Estados do Brasil. Ou seja, novidade em dose dupla.

Descemos da van e caminhei até a praia vazia. Achei um pouco estranha aquela falta de movimento, mas eis que olho para a direita e as pessoas estavam todas lá. Não na praia ou perto da água do mar. Mas na Praia do Siri, em Marataízes, tudo gira em torno da Lagoa do Siri.

Mas calma que antes de botar os pés na Lagoa do Siri, dá uma olhada tudo o que aconteceu antes de chegarmos lá.


De Vitória para o extremo sul do Espírito Santo

O dia começou cedo. 6h horas da manhã despertei para um café da manhã rápido e 7h estávamos na van que nos levaria até Marataízes.

Ficamos hospedados em Vitória no Hotel Ibis Vitória Praia de Camburi. O hotel segue o padrão de outros da rede Ibis, mas duas coisas para mim se diferenciaram: o atendimento simpático no check-in e o café da manhã bem variado. No resto, não há nada ruim para falar: tudo funcionando direitinho, chuveiro delicioso, wi-fi operante e cama confortável.

Check-out realizado, partimos para o sul do Estado. Inevitável atravessar a bela Terceira Ponte (ponte que liga as cidades vizinhas Vitória e Vila Velha) e ver um pouco mais de perto o Convento da Penha. Eu ainda não tinha visitado uma das principais atrações turísticas do Estado.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos
Trajeto de Vitória a Marataízes leva 2h30. Ver mapa ampliado no Google Maps.

O trajeto até Marataízes, a praia mais ao sul do nosso roteiro, era extenso e demoramos mais do que esperávamos para chegar.

Conversando com Deivson, ele disse que até cogitou tirar Marataízes do roteiro do Pocando no ES, em função da distância. São 2h30 de carro até lá e no mesmo dia ainda tínhamos várias outras praias para conhecer.

Mas ainda bem que o balneário não saiu do roteiro. Marataízes compensa.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Praia das Falésias, um dos destaques em Marataízes

Chegada em Marataízes: Trapiche

Na chegada, nosso guia Marcelo de Guia & Turismo fez uma parada no Trapiche, uma ruína de uma usina elétrica finalizada em 1883. A construção entrou em desuso na década de 50 do século seguinte. O lugar é de uma tranquilidade só, e caminhando por dentro das ruínas, vimos até um cavalo pastando, como se nós não estivéssemos por lá, tirando várias fotos.

No entorno, também vale visitar o Palácio das Águias, do século IXX (transformado em Biblioteca Municipal) e a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, do século XVIII.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
As ruínas de Trapiche, ponto turístico histórico de Marataízes

O nome “Marataízes” tem origem da língua tupi-guarani, e significa “água que corre para o mar”. Pensar que um dos lugares mais famosos de Marataízes é a Lagoa do Siri, que possui águas que correm para o mar (apesar de não chegarem nele), é uma justifica para a origem do nome.

Mas lógico, existem versões mais divertidas, como da índia Ísis que morreu e os índios gritaram “Mataram Ísis” ou que essa mesma índia teria ganho a praia de presente, daí “Mar Taís”. Enfim, seja qual for a origem do nome, com certeza tem a ver com a água do mar que banha a cidade.

A parada foi bem rápida, afinal o objetivo desse encontro era visitar as praias do Espírito Santo, lembra?

Lagoa do Siri

E logo chegamos na Praia e na Lagoa do Siri, aquela mesmo que seduz mais por sua água doce que salgada.

A Lagoa do Siri é uma pequena lagoa à beira-mar cercada de infraestrutura e alguns coqueiros.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Eu com alguns dos blogueiros do Pocando no ES
Lagoa do Siri Marataízes
Eu fotografando a Lagoa do Siri, em foto do meu amigo Deivson do Capixaba na Estrada

O cenário é paradísiaco, com as águas do mar tranquilas e as águas da lagoa ainda mais serenas. Mas sobre a infraestrutura que mencionamos, achei que prejudica um pouco o visual, seja pela presença de cadeiras velhas e empilhadas no entorno da lagoa, mesas colocadas em lugares não permitidos e até pneus colocados na areia criando degraus para os visitantes.

Quem busca um cenário mais natural (que é meu caso), pode se decepcionar um pouco com a Lagoa do Siri, especialmente em dias de maior movimento, quando dizem, o lugar fica muito lotado. Por sorte, na nossa visita estava bem tranquilo.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Praia do Siri, meio deserta: na concorrência, a Lagoa do Siri leva a melhor e atrai mais pessoas

Por isso, fica a dica: evite feriados e o verão, caso você seja da turma que prefira praias mais tranquilas.

Mas como a Lagoa do Siri estava bem pacífica, deu vontade sim de ficar mais tempo por lá, curtindo uma mesa com os pés na água e uma boa cervejinha para refrescar. Afinal quem não gosta de um pouco de sombra e água fresca (que passarinho não bebe).

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Lagoa do Siri bem tranquila, vivendo momento atípico

Letreiro #Amor<3es

Ali pertinho da Lagoa do Siri, não deixe de tirar uma foto com o letreiro #Amor<3es. Ele está distribuído em vários pontos do Espírito Santo e visa estimular o pessoal a compartilhar o seu amor pelo Espírito Santo.  Já virou cartão postal de alguns lugares.

Ah, lógico, e já que tirou a foto, compartilha nas redes sociais.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Não deixe de tirar uma foto com o letreiro #amores

Praia das Falésias

Nossa próxima parada foi na Praia das Falésias, que para mim ganhou no quesito falta de estrutura. Depois de ver como a estrutura da Lagoa do Siri tirou um pouco do charme do lugar, foi legal ver uma praia selvagem, em que a natureza falava mais alto do que as cadeiras amarelas de praia.

Tudo praticamente selvagem, principalmente a região das falésias que dão título à praia.

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Visual da praia de Marataízes do alto das falésias: visual cinematográfico

Infelizmente, nem tudo são flores, e antes da praia, é preciso encarar construções abandonadas e bolsões de estacionamento não muito conservados. A dica é, vá direto para a praia.

No ponto onde descemos, há duas opções de caminho: para a direita (mais falésias e pouca estrutura) ou para a esquerda (zero infraestrutura, mas vista magnífica para uma sequência de falésias). Portanto, para quem curte praias com visuais cinematográficos, Praia das Falésias é a pedida.

Já viu nossa lista das 10 melhores praias do Espírito Santo?

O que fazer em Marataízes: Praias e Pontos Turísticos - Espírito Santo
Praia das Falésias: gostamos tanto que entrou na nossa lista das melhores do Espírito Santo

Confira a seguir: Anchieta: Iriri e Praia de Castelhanos

Leia mais:

O blog Viagens Cine participou do Encontro de Blogueiros Pocando no ES e ainda contou com o apoio logístico da SETUR/ES – Secretaria de Turismo do Espírito Santo. As hospedagens, alimentação e alguns passeios foram cedidos em parceria, mas as opiniões aqui expressas representam nossa livre opinião sobre os lugares visitados. Nossos enormes agradecimentos pelo suporte de todos os parceiros, que viabilizaram essa jornada.

Organização: Capixaba na Estrada, Universo Fox
Guia Oficial: Guia & Turismo
Apoio: Quality Suites Vila Velha, Chácara Feliz Pousada, Hotel Guara Pousada, Go inn Vitória, Ibis, Orquídea Café
Transportadora Oficial: Latam Airlines
Apoio Institucional: Guarapari Convention, Prefeitura de Anchieta, Governo do Estado do Espírito Santo, AHTG
Parceiro: Wis, RDV Confecções, Associação Iririvivo, Café Caramelo, Chocolateria Brasil, Espadarte Hotel, Cervejaria Barba Ruiva, Viagema, Alfa, Restaurante Week, CDC, Hotel Ilha do Boi, Cantina Mattiello
Agradecimento: Pousada Mar e Mata, Claids, Aprendiz de Viajantes, Escritório Arte Dayse Resende, Qual é Quadrinhos, Restaurante Atlântica, Pedra Azul Ecotur, Laticínio Lorena, Loja Beleza Capixaba, Bristol Hotels

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

19 comentários

  1. Ai que delícia Fábio. Eu gostei muito do Espirito Santo e este post me fez ter certeza de que preciso voltar para desbravar as praias.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.