10 Destinos de Cinema e os Filmes Inspiradores

10 Destinos de Cinema e Filmes de Viagem

Tá procurando inspiração para uma próxima viagem? O cinema pode ser uma ótima fonte. Alguns destinos ficaram ainda mais cobiçados depois que se tornaram locação de alguns filmes de viagem.

O audiovisual (podemos falar aqui também de séries de televisão, canais de YouTube e novelas) tem cada vez mais despertado nos viajantes o desejo de conhecer novos lugares. A wishlist de viagem fica cada vez maior, é verdade, mas é sempre uma delícia saber que a gente tem tantos destinos incríveis para conhecer.

Um dos maiores cases de um destino de viagem alavancado pelo cinema é a Nova Zelândia. Depois da série “O Senhor dos Anéis”, de Peter Jackson, o lugar ficou ainda mais conhecido e cobiçado entre os turistas do mundo todo.

Outra série que tem inspirado muito os viajantes é “Game of Thrones”, com locações na Croácia, Islândia e Malta, entre outros.

Vamos conferir a lista de 10 destinos cinematográficos e os filmes que têm inspirado os viajantes a conhecê-los.

10 Destinos de Cinema e seus Filmes de Viagem Inspiradores

Esses filmes de viagem ajudaram a transformar esses lugares em alguns dos destinos mais cobiçados dos viajantes

10 Destinos de Cinema e seus Filmes de Viagem Inspiradores

1 – A cinematográfica Paris

Filmes: Meia-Noite em Paris, O Fabuloso Destino de Amélie Poulain e Antes do Pôr-do-Sol

Londres, Nova York e Paris são, provavelmente, algumas das cidades do mundo que mais recebem produções cinematográficas. Mas além de inspirar os viajantes, as cidades também parecem inspirar os diretores. Só para citar 3 filmes, essas películas são cheias de encanto e é difícil não se emocionar com a cidade retratada. Em 2015, fizemos uma viagem para a França e Itália inspirada nesses filmes, foi demais.

Em comum, esses três filmes trazem lindas histórias de amor.

Em “Meia Noite em Paris” (Midnight in Paris, 2011), de Woody Allen, um amante da Paris de antigamente acaba viajando no tempo e se envolvendo em um romance que pode estremece seu relacionamento atual. Já em “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” (Amélie, 2001), a encantadora Amélie cria um jogo pelas ruas de Montmartre para conquistar um amor. E finalmente, o adorável reencontro do casal de “Antes do Pôr do Sol” (Before Sunset, 2004), que tinham se conhecido em Viena, acontece numa livraria em Paris.

Depois de tanto amor, alguma dúvida de que escolhemos Paris para o nosso pedido de casamento. Escolha óbvia, devo confessar, mas absolutamente cinematográfica.

Leia mais no post 10 Filmes de Viagem na França e Itália

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Meia Noite em Paris
Owen Wilson e Marion Coutillard em cena de Meia Noite em Paris
Assista o filme Meia Noite em Paris no Netflix

2 – As praias da Tailândia

Filme: A Praia

“A Praia” (The Beach, 2000) é daqueles filmes que ficaram mais famosos por conta de seu protagonista (Leonardo DiCaprio) do que seu diretor (Danny Boyle, do clássico “Trainspotting”). Muita gente torce o nariz para a película (que piora mesmo a partir da segunda metade), mas é inegável que esse filme de viagem elevou a Tailândia para um dos destinos de praia mais cobiçados do mundo.

Antes de “A Praia”, as ilhas Phi Phi eram um destino pouco conhecido, um lugar remoto e secreto. A praia de Maya Bay (para onde o mochileiro interprado por DiCaprio viaja, em busca de uma praia secreta) hoje possui lugares para camping, banheiros públicos e um bar. Mas ainda assim faz parte de um Parque Nacional.

O encanto de uma praia secreta se perdeu, obviamente. Maya Bay continua sendo maravilhosa e imperdível, mesmo não sendo mais tão privativa. Mas quem viaja para lá também pode buscar outras praias secretas para descobrir.

Uma curiosidade sobre a praia é que no filme ela aparece totalmente escondida pelas montanhas. Uma montanha foi acrescentada digitalmente pela produção, para criar a sensação de um destino para lá de secreto.

  • Leia mais sobre A Praia do filme de Leonardo DiCaprio no Turomaquia
10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: A Praia DiCaprio
Leonardo DiCaprio em Maya Bay, praia da Tailândia deixou de ser destino secreto
Assista o filme A Praia no Netflix

3 – A Barcelona cosmopolita

Filmes: Albergue Espanhol; Vicky, Cristina, Barcelona e Tudo Sobre Minha Mãe

Acima de um filme que mostra locações em Barcelona, “Albergue Espanhol” (L’auberge Espagnole, 2002) é um filme sobre como as viagens podem modificar as pessoas. No caso, a história de Xavier (Romain Duris, de “Em Paris”), que sai de Paris fazer um intercâmbio em Barcelona. Lá ele fica numa república com pessoas de diferentes nacionalidades, uma interessante metáfora da “bagunça” cultural que acontece na Europa. Como ele conclui: “Não sou um, mas vários. Sou como a Europa. Sou tudo. Uma grande bagunça.”

O filme faz parte de uma trilogia, que inclui também os filmes “Bonecas Russas”, em Paris e “O Enigma Chinês”, em Nova York, acompanhando a trajetória de Xavier e seus amigos de “albergue”.

Barcelona também encantou Woody Allen para fazer o filme Vicky Cristina Barcelona. Mas um dos grandes clássicos gravados por ali é, provavelmente, o melhor filme de Pedro Almodóvar, o belíssimo “Tudo Sobre Minha Mãe”.

“Quando você chega em uma nova cidade, nada faz sentido. Tudo é desconhecido, virgem … Depois de ter vivido aqui, andado por estas ruas, você vai conhecê-la de dentro para fora. Você conhece essas pessoas. Uma vez que você viveu aqui, atravessou a rua 10, 20, 1000 vezes … ela vai pertencer a você, porque você viveu lá. O que estava prestes a acontecer comigo, mas eu não sabia disso ainda.”

Leia mais sobre Barcelona com as meninas do blog Estrangeira, que vivem na cidade

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores
O filme Albergue Espanhol mostra o caldeirão multicultural de uma república em Barcelona

4 – O lado mais selvagem dos Estados Unidos

Filmes: Na Natureza Selvagem e Livre

Fugindo de destinos mais conhecidos como Nova York ou São Francisco, os filmes “Na Natureza Selvagem” (Into the Wild, 2007) e “Livre” (Wild, 2014) trazem grandes aventureiros. Eles embarcam em viagens de fuga e de redescoberta para destinos inóspitos e selvagens nos Estados Unidos. O Wild, aliás, está no título das duas películas.

O Alexander Supertramp (nome inventado, interpretado pelo personagem de Emile Hirsch) do filme de Sean Penn quer chegar no Alasca para viver num lugar isolado. Já a Cheryl (Reese Whiterspoon) do filme de Jean-Marc Vallée, resolve fazer a difícil Pacific Crest Trail sozinha, mas encontra várias dificuldades.

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Livre
Reese Whiterspoon em cena do filme “Livre”: uma inspiração para mulheres viajantes

“Na Natureza Selvagem” é provavelmente um dos filmes de viagem mais cultuados entre os viajantes. É o tipo de filme que transforma viajantes, tanto que vários seguem para o Alasca para tentar chegar perto do famoso “Magic Bus”. Já “Livre” inspira mulheres viajantes.

De uma forma ou de outra, são filmes que inspiram grandes jornadas e trazem lugares menos conhecidos dos Estados Unidos.

Leia mais sobre o filme Na Natureza Selvagem aqui no blog

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Na Natureza Selvagem
O ator Emile Hirsch em cena de “Na Natureza Selvagem”, gravado no Alasca
Assista Na Natureza Selvagem no Netflix

5 – Bali sem praias

Filme: Comer Rezar Amar

O filme “Comer Rezar Amar” (Eat Pray Love, 2010) é provavelmente um dos filmes de viagem que mais inspiram viajantes. Aqui no blog, temos o caso de uma leitora que nos mandou uma mensagem, pois queria compartilhar o planejamento dessa viagem inspirada pelo filme Comer Rezar Amar.

A viagem de Liz (Julia Roberts, sempre cativante), também uma fuga de um casamento arruinado, começa na Itália. Para afogar as mágoas, ao invés de beber, ela decide comer, comer tudo o que ela quiser.

Depois ela viaja para o rezar na Índia e finalmente onde conhece seu nome amor na Indonésia. Bali é uma das ilhas da Indonésia, mas o destino mostrado no filme fica no centro da ilha. Chama-se Ubud e é uma região onde não há muita praia, mas plantações de arroz, templos e florestas de macados. E quem sabe um Javier Bardem cruze o seu caminho.

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Comer Rezar Amar
Julia Roberts pedala em Ubud, uma região de Bali diferente do que se espera do destino turístico
Assista o filme Comer Rezar Amar no Netflix

6 – A Itália romântica

Filme: Sob o Sol da Toscana e Cartas para Julieta

Quem viaja para a Itália espera viver um grande amor. Pelo menos quem assistiu os filmes “Sob o Sol da Toscana” (Under the Tuscan Sun, 2003) e “Cartas para Julieta” (Letters to Juliet, 2010).

As produções são encantadoras e trazem locações lindíssimas na região da Toscana e na Costa Amalfitana. Curiosamente, “Sob o Sol da Toscana” ficou mais famoso por causa das cenas em Positano, que não fica na Toscana. Já “Cartas para Julieta” circula também por diferentes regiões da Itália, desde Verona até Siena.

Em 2015, nós fizemos um roteiro delicioso pela Itália que inclui as locações desses filmes de viagem. A viagem começou em Veneza, passou pela Toscana, Cinque Terre, Costa Amalfitana e terminou em Roma. Viagem de sonho mesmo.

Leia mais sobre o filme Sob o Sol da Toscana

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Sob o Sol da Toscana
Cena do filme Sob o Sol da Toscana gravada em Positano: personagens vivem um caso de amor na cidade
Veja o filme Cartas para Julieta na Netflix

7 – Descubra a América do Sul

Filme: Diários de Motocicleta

Por mais que o estilo de viagem de Ernesto Guevara e Alberto Granado sejam diferentes dos meus, é difícil não se emocionar com o filme de viagem “Diários de Motocicleta”, dirigido por Walter Salles. É mais um daqueles filmes que comprovam a tese de uma viagem é capaz de modificar uma pessoa.

No início de sua viagem pela América do Sul, na Argentina, até o fim na Amazônia peruana, Che Guevara (Gael Garcia Bernal) tem uma trajetória altamente modificadora. Pelo caminho deles, passam destinos como os Lagos Andinos, o Deserto do Atacama e Machu Picchu. Um filme belíssimo, que nos relembra o quanto a América do Sul tem de maravilhosa.

Leia mais sobre o filme Diários de Motocicleta

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Diários de Motocicleta
Che Guevara e Alberto Granado caminham pelo Deserto do Atacama

8 – Destinos de revista

Filme: A Vida Secreta de Walter Mitty

No filme “A Vida Secreta de Walter Mitty” (The Secret Life of Walter Mitty, 2013), Ben Stiller vive esse profissional da revista Life (uma espécie de National Geographic). Ele tem momentos em que simplesmente se desliga da realidade e começa a sonhar acordado. Sonha com grandes aventuras e viagens.

Mitty parte numa viagem atrás do fotógrafo Sean O’Connel (vivido por Sean Penn, diretor de “Na Natureza Selvagem”). Essa viagem passa por destinos surreais como Groelândia, Islândia e Afeganistão. Será que Mitty continuaria sonhando acordado?

Leia nossa análise completa sobre o filme A Vida Secreta de Walter Mitty

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Walter Mitty
Ben Stiller e Sean Penn em cena de “A Vida Secreta de Walter Mitty”

9 – Pelas ruas, músicas e cafés de Viena

Filme: Antes do Amanhecer

Assim como Comer Rezar Amar, esse filme também inspirou a viagem de outro de nossos leitores. Leonardo tem esse como um de seus filmes de viagem preferidos e foi atrás de suas adoráveis locações pelas ruas de Viena.

O filme conta a história de dois viajantes (Julie Delpy e Ethan Hawke) que se conhecem num trem, começam a conversar enquanto passeiam pela cidade e acabam se apaixonando. A história desse casal tem continuidade em outros dois momentos: no filme Antes do Pôr do Sol eles se reencontram em Paris, e em Antes da Meia-Noite já casados na Grécia.

Basicamente, os filmes de Richard Linklater estão centrados nos diálogos entre os protagonistas, enquanto passeiam pelas cidades. Uma delícia viajar com esse casal.

Leia mais sobre Antes do Amanhecer aqui no blog

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Antes do Amanhecer
Julie Delpy e Ethan Hawke, dois viajantes que se conhecem e se apaixonam em Viena

10 – Grécia e As Ilhas Gregas

Filmes: Mamma Mia, Shirley Valentine e Quatro Amigas e um Jeans Viajante

A Grécia é a viagem dos sonhos de muita gente. Por isso, não é difícil imaginar que tantas películas tenham escolhido ilhas gregas como locação.

O filme “Shirley Valentine” (Shirley Valentine, 1989) traz uma dona de casa que sonha viajar para a Grécia e acaba indo parar em Mykonos com uma amiga. Já “Quatro Amigas e um Jeans Viajante” (The Sisterhood of the Traveling Jeans, 2005) uma das amigas vive uma história de amor em Santorini, é lógico.

Mas o filme mais célebre entre os filmes de viagem é mesmo “Mamma Mia!”, adaptação de um musical com canções da banda ABBA. A ilha do filme é Skopelos, que fica no arquipélago de Esporádes.

A história conta o casamento de Sophie (Amanda Seyfried, a mesma de “Cartas para Julieta”), que convida seus três possíveis pais, sem o conhecimento da mãe, vivida por Meryl Streep. O filme é absolutamente delicioso e deixa a gente com uma vontade danada de ir para a Grécia. Aliás, muita gente já foi até lá para conferir a igrejinha que fica no alto de um rochedo. Cinematográfico.

Confira nosso roteiro de viagem em Mykonos e Santorini

10 Destinos de Cinema e os Filmes de Viagem Inspiradores: Mamma Mia
Na deliciosa comédia musical Mamma Mia, uma noiva convida seus 3 possíveis pais para seu casamento na Grécia

Veja também:

O Mundo Segundo os Brasileiros, no Netflix ou no YouTube

Leia também:

15 Filmes de Viagem que vão te deixar morrendo de vontade de viajar no Uma Turista nas Nuvens
Filmes de Viagem para Inspirar sua Viagem de Mochilão no Seu Mochilão
Filmes sobre Viagem no Netflix no 360 Meridianos
10 lugares que você passou a querer visitar por causa dos filmes no Blog O Bom de Viajar
Séries para Viajar no Apure Guria


Créditos da Foto de Capa: Shutterstock.com


share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

3 comentários

Deixe um comentário