O que fazer em Guarapari – Espírito Santo

O que fazer em Guarapari praias

Num lugar com mais de 50 praias, é natural que quem procure o que fazer em Guarapari, acabe pensando nas praias de Guarapari. São, de fato, belíssimas e merecem o registro.

Mas por ser uma das cidades melhor estruturadas para o turismo do Espírito Santo (são mais de 80 opções hospedagem), Guarapari também oferece outras experiências, até mesmo fora do verão.

Isso porque na alta temporada, o destino é um dos mais movimentados do litoral brasileiro, chegando a receber 1 milhão de pessoas.

Na baixa temporada, pode ser uma boa oportunidade para conhecer e curtir Guarapari com um pouco mais de tranquilidade. Aliás, um dos desafios da cidade é justamente conseguir distribuir todo esse potencial turístico por todos os meses do ano.

Durante o Pocando no Espírito Santo, que aconteceu no mês de abril, tivemos o privilégio de conferir algumas das praias de forma mais tranquila, e também algumas de suas deliciosas experiências. Acertou quem pensou em gastronomia.

O que fazer em Guarapari – Espírito Santo: 5 Experiências e Praias Imperdíveis

Guarapari tem mais de 50 praias, mas também possui excelente qualidade de hospedagem e gastronomia

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: 5 Experiências e Praias Imperdíveis
O letreiro de Guarapari fica na sua praia mais famosa, a Praia da Areia Preta

Ficamos apenas 1 dia em Guarapari. Muito pouco para as 52 praias da cidade. Mas tem certos lugares que levam bem pouco tempo para conquistar você.

E depois de um dia puxado que começou em Vitória, passou por Marataízes e Anchieta, quando chegamos em Guarapari para pernoitar, confesso que o cansaço batia pesado.

Mas o incrível mesmo é que todo mundo se animou muito rápido ao chegar no Orquídea Café, uma pousada e restaurante no bairro de Meaípe.

A música rolava solta, em um ambiente aberto e com linda decoração (com vista para o mar, mas como chegamos à noite, nem tínhamos visto isso ainda). Cansaço o quê? Todo mundo deixou as bagagens nos quartos e voltou para curtir a noite no lugar.

Salve esse pin para consultar depois

O que fazer em Guarapari

1 – Curtindo música e gastronomia no Bistrô e Pousada Orquídea Café

O destaque do Bistrô e Pousada Orquídea Café, como não poderia deixar num destino de praia, são os frutos do mar. Da lagosta grelhada ao bacalhau, passando pelo Regnelli (fettucini servido com pedaços de lagosta) ou o Stelis (nhoque servido com camarão), o bistrô oferece ambiente charmoso para degustar esses pratos.

Nós ficamos mesmo num clima mais informal na área externa, curtindo a música ao vivo com petiscos e cerveja. Como a vista é ampla e muito bonita, vale a pena conferir o lugar durante o dia. Assim você almoça com vista ao mar.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Bistrô e Pousada Orquídea Café
O delicioso ambiente e decoração do Bistrô e Pousada Orquídea Café

Nós também nos hospedamos na Pousada Orquídea Café. Os quartos são bem espaçosos, mas se puder prefira os do andar inferior, que possuem portas de vidro. Assim você abre a cortina e dá de cara para o visual do lugar.

A área externa é muito charmosa, com piscina, área verde e um espaços bem charmosos e aconchegantes. E o café da manhã, muito bem servido. Confesso que os pães e bolos conquistaram ainda mais meu coração.

Seja pela hospedagem ou pelo bistrô (não é preciso ser hóspede para conferir a gastronomia), o Orquídea Café é um lugar que vale a pena conhecer em Guarapari.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Bistrô e Pousada Orquídea Café
Alguns dos quartos possuem essa deliciosa vista para a natureza, vale pedir por essas acomodações. Foto: Mochilão Barato

2 – Em busca de uma praia mais tranquila em Guarapari: Praia dos Padres

Localizada numa região chamada Enseada Azul, essa praia fica meio escondida, quem estaciona na sua entrada não imagina a beleza que está por vir.

É preciso atravessar um portão e descer uma escadaria de madeira. Aliás, essa escadaria e o visual das águas é realmente de tirar o fôlego. Tanto que o grupo foi avançando e eu, fiquei para trás, tirando várias fotos dessa chegada.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Praia dos Padres
Na chegada na Praia dos Padres, visual com gramado e coqueiros traz um ambiente paradisíaco

Mas corra: a Praia dos Padres é linda demais, com as sombras de castanheiras e um mar tranquilo. Como o acesso não é tão simples (mas a descida é bem facinha mesmo, mas tem que gente que só quer estacionar o carro e pisar na praia, sem esforço nenhum), a praia é menos cheia.

Como os poucos mais de 140 metros de faixa de areia não possuem nenhuma infraestrutura, também vale a pena levar água e um lanche para fazer um picnic debaixo da sombra das árvores.

Mas vai que mesmo assim, a praia lote né? Então siga em direção das pedras, no lado direito da praia, e faça um pequena caminhada pela encosta, até encontrar outra praia. Esse outro recanto possui piscinas naturais e é ainda mais privativo. Pronto, achou o lugar perfeito caso queira fugir da muvuca de outros praias de Guarapari.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Praia dos Padres
Prainha próxima da Praia dos Padres, somente acessível por trilha

Gostamos tanto que essa foi a praia que entrou para nosso ranking das melhores praias do Espírito Santo.

3 – Em busca do fervo de Bacutia

Há praias para todos os gostos. Tem gente que prefere praias reservadas e tranquilas, quase selvagens, como eu.

Já outras pessoas buscam mesmo é uma boa infraestrutura e ver muita gente, de preferência gente bonita e sarada. Bacutia é o canto ideal para o pessoal mais jovem, que quer ver e ser visto. Tanto que é até chamada de Côte d’Azur capixaba.

A praia é mais extensa que a Praia dos Padres, com 450 metros de extensão, em uma área mais nova da cidade, a Enseada Azul (7 km do centro).

Uma curiosidade é que apesar de todo o fervo que rola por lá (não vimos muita coisa pois fomos na baixa temporada), a praia ainda mantém sua natureza preservada. O acesso, por exemplo, é por um caminho que preserva a mata ciliar e um jardim de restingas.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Praia de Bacutia
Praia de Bacutia possui mala ciliar e restinga preservadas no acesso à praia

E o mar, dizem, embora gelado (característica do mar capixaba), é ótimo para mergulho. Há um navio cargueiro naufragado a apenas 300 metros da orla, que garante a diversão dos mergulhadores.

Do lado da Praia da Bacutia está a Praia de Peracanga, ainda mais extensa. São 960 metros de extensão.

4 – Conferir o visual do Mirante do Ipiranga para a Praia da Areia Preta

Já na região central, uma parada no Mirante do Ipiranga garante ter uma noção do que ainda está por vir. O visual do mar verde esmeralda e das duas praias no seu entorno é incrível.

De um lado está a quase deserta Praia do Riacho. A praia tem mais 5 km de extensão e tem um calçadão usado para caminhadas e esportes. O mar é mais bravo e mais usado pelos surfistas.

Do outro lado, está uma das praias mais famosas de Guarapari (e até do Espírito Santo). A Praia da Areia Preta é famosa por conta de suas areias monazíticas, com alto teor de radioatividade. As areias seriam propícias ao tratamento de artrite e reumatismo. Por conta disso, muita gente vai até lá em busca dos benefícios da natureza.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Praia da Areia Preta
Visual da Praia da Areia Preta a partir do mirante do Ipiranga

Um pouco além, já é possível ver a Praia das Castanheiras, no centro de Guarapari.

5 – Caminhar pela orla da Praia das Castanheiras até a Praia dos Namorados

Ainda na Praia da Areia Preta, mas agora já pertinho da areia, dê uma parada no letreiro e aproveite para tirar uma foto as letras de Guarapari bem grandes.

Com as sombras das castanheiras, muita gente, infraestrutura e algumas piscinas naturais, Castanheiras é o destino ideal para famílias. O movimento da praia não nega sua vocação como uma das praias mais queridas de Guarapari.

Nós preferimos caminhar mais um pouco até a Praia dos Namorados. É uma faixa pequena de areia (75 metros) onde, diziam, casais elegiam para passar as noites de lua cheia. O relevo todo cheio de recifes (como a Pedra do Calhau e a Pedra do Trampolim) garante vários mirantes para o mar.

Nem estava em clima de romance, mas a Praia dos Namorados também ganhou meu coração.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: 5 Experiências e Praias Imperdíveis
Com o pessoal do Encontro de Blogueiros Pocando no ES, no caminho para a Praia dos Namorados

6 – Comer moqueca capixaba em Meaípe

Depois de tantas praias incríveis, chegou a hora do nosso almoço. E um dos programas imperdíveis no Espírito Santo é provar uma moqueca capixaba.

As melhores moquecas de Guarapari estão em Meaípe. E muita gente afirma que a melhor moqueca de Guarapari é a do Restaurante Gaeta.

Para mim, foi a melhor moqueca de toda a minha viagem ao Espírito Santo. Um dos segredos das delícias do Espírito Santo são as panelas de barro. Tanto a moqueca capixaba, a moqueca de garoupa salgada com banana-da-terra e a torta capixaba, compartilham seu preparo em panela de barro. Esse modo de preparo é que garante o sabor autêntico desses pratos capixabas.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: 5 Experiências e Praias Imperdíveis
A panela de barro é um dos principais ingredientes dos pratos capixabas

Tá bom, é difícil resistir ao charme dos proprietários, o moquequeiro Nhozinho Matos e sua esposa Idalina.

Como era época de Semana Santa, quando é servida a Torta Capixaba, ele veio com uma torta nas mãos. De pessoa e pessoa, ele serviu pessoalmente um pedaço de sua torta capixaba. Preparada com palmito, siri, caranquejo, camarão, ostra, sururu, badejo e bacalhau, essa torta é um dos pratos mais típicos (e únicos) do Espírito Santo.

O que fazer em Guarapari - Espírito Santo: Moqueca e Torta Capixaba
Torta Capixaba sendo trazida à mesa nas mãos experientes do moquequeiro Nhozinho, do restaurante Gaeta

Não tem jeito: são experiências como essa que deixam tudo muito mais saboroso.


O que fazer em Gurarapari: os programas imperdíveis

Segundo a Revista Informar, que distribui um Guia de Guarapari anualmente, alguns dos outros programas imperdíveis em Guarapari são:

  • Passear de escuna
  • Mergulhar na Lagoa de Carais
  • Visitar a Primeira Igreja Matriz
  • Curtir o pôr do sol em Santa Mônica
  • Fazer uma trilha no Morro da Pescaria
  • Conferir o Mirante da Pedra do Elefante
  • Molhar-se na Pedra do Chuveiro
  • Comer peroá frita
  • Comer um bolinho de aipim
  • Cachaça artesanal na Vila Anunciata


Leia também: Anchieta: Iriri e Praia dos Castelhanos

O blog Viagens Cine participou do Encontro de Blogueiros Pocando no ES e ainda contou com o apoio logístico da SETUR/ES – Secretaria de Turismo do Espírito Santo. As hospedagens, alimentação e alguns passeios foram cedidos em parceria, mas as opiniões aqui expressas representam nossa livre opinião sobre os lugares visitados. Nossos enormes agradecimentos pelo suporte de todos os parceiros, que viabilizaram essa jornada.

Organização: Capixaba na Estrada
Guia Oficial: Guia & Turismo
Apoio: Quality Suites Vila Velha, Chácara Feliz Pousada, Hotel Guara Pousada, Go Inn Vitória, Ibis, Orquídea Café
Transportadora Oficial: Latam Airlines
Apoio Institucional: Guarapari Convention, Prefeitura de Anchieta, Governo do Estado do Espírito Santo, AHTG
Parceiro: Wis, RDV Confecções, Associação Iririvivo, Café Caramelo, Chocolateria Brasil, Espadarte Hotel, Cervejaria Barba Ruiva, Viagema, Alfa, Restaurante Week, CDC, Hotel Ilha do Boi, Cantina Mattiello
Agradecimento: Pousada Mar e Mata, Claids, Aprendiz de Viajantes, Escritório Arte Dayse Resende, Qual é Quadrinhos, Restaurante Atlântica, Pedra Azul Ecotur, Laticínio Lorena, Loja Beleza Capixaba, Bristol Hotels

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

17 comentários

  1. A cidade está linda realmente e cheia de atrações. Isso que não tivemos tempo de conhecer a vida noturna né! Lembra que falaram daquela boate enorme que tem lá?

  2. Que delícia de post! Repleto de informações sobre essa cidade linda! Seu olhar sobre as praias foi único e maravilhoso! Fiquei ainda mais apaixonada pela Praia dos Padres, e com vontade de voltar rapidamente!

  3. Dizer que sua publicação ficou excelente já é até clichê, né… amo aquela prainha secreta na Praia dos Padres. Só que eu descobri uma coisa: Do outro lado, na Praia de Meaípe tem uma rua que sai lá naquela praia. É só contornar o muro. Preciso voltar lá, esse lugar é paradisíaco demais! Um abraço Fábio!!!

  4. Sensacional! Esse segundo dia, aproveitando tudo de Guarapari e com direito a parada para banho de mar, foi tudo de bom!

    E o Orquídea Café é um charme! Imperdível para se hospedar e/ou aquela passada no Bistrô 🙂

  5. Demais o artigo Fa!! Acompanhei a viagem e já tinha ficado doida pra conhecer. Agora lendo todos os detalhes fiquei mais ansiosa ainda rs. Fiquei impressionada com a quantidade de pessoas que a região recebe 🙂 Tamanha beleza né?! Beijão

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.