O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer

O que fazer no Deserto do Atacama? Antes de montar o nosso roteiro de viagem para Atacama, fui atrás dos melhores passeios, aqueles tours imperdíveis que fazem a gente voltar cheio de fotos incríveis.

A lista de passeios é grande, mas o tempo como sempre é curto, e só tínhamos 7 dias no Atacama. Desses 7 dias, estavam incluídos os dias da chegada e da partida.

Por sorte, a região do Atacama oferece passeios full day e também passeios de meio período, assim você pode organizar seu roteiro e encaixar várias opções.

Aliás, antes mesmo de chegar em San Pedro de Atacama, cidade base para fazer os passeios, já tínhamos entrado em contato com a FlaviaBia Expediciones, que foi nossa parceira nessa viagem e organizou nossos passeios por lá.

Achamos importante combinar com antecedência porque nem todos os passeios são oferecidos diariamente, alguns estão sujeitos à lotação, e não queríamos deixar nada imperdível de fora.

Baseado na nossa experiência e em alguns outros blogs e sites de viagem, segue a seguir a nossa relação dos 10 melhores lugares para conhecer no Atacama.

O que fazer no Deserto do Atacama

Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer no Atacama

Salve esse Pinterest para consultar depois

O que fazer no Atacama: Top 10 Melhores Passeios no Deserto do Atacama

1 – Piedras Rojas (Dia Inteiro)

Porque Visitar: Formações geológicas avermelhadas, montanhas que parecem aveludadas, um lago de águas salgadas e até vulcões com picos nevados. Essa paisagem reúne em um só lugar vários ícones do Deserto do Atacama.

  • Esse é o melhor passeio do Atacama de acordo com vários viajantes, inclusive a Flavia Bia (dona da agência que organizou nossos passeios) e a Thaís Towersey do blog Guia Mundo Afora, que foi um dos blogs que inspirou o nosso roteiro.
  • Na realidade, o tour que fizemos com a FlaviaBia Expediciones envolve dois lugares imperdíveis no Atacama: Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas. Mas existem agências que fazem esses dois lugares em passeios independentes.
  • A gente recomenda que você faça os dois lugares juntos, assim já resolve dois dos melhores pontos turísticos do Atacama no mesmo tour.
  • Muito cuidado na hora de escolher a sua agência. Perrengues na estrada são comuns com agências menos preparadas, e tem gente que volta sem conhecer um dos lugares.

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer

  • Na hora de chegar, ficamos absolutamente fascinados com as pedras vermelhas que dão nome ao lugar, e também com o reflexo das montanhas nas águas do Salar de Águas Calientes. Você fica meio perdido e nem sabe para que lado olhar.
  • Dependendo da época do ano que você for, irá encontrar algumas montanhas com neve. O visual fica ainda mais cinematográfico.
  • Piedras Rojas é absolutamente incrível, e para nós o melhor lugar do Deserto do Atacama. Pelo menos uma de nossas melhores fotos foi lá (a primeira imagem desse post).

Dica: O cenário das águas do salar fica espelhado quando não venta. Se tiver a sorte de encontrar o lugar tranquilo sim, aproveite para fotografá-lo, pois o vento pode surgir a qualquer momento.

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer
O que fazer no Deserto do Atacama: Piedras Rojas é o melhor passeio

Nota: Devido a incidentes ocorridos em janeiro de 2018 em Piedras Rojas (prática de kitesurf em área de reserva ambiental e pedras pichadas) o acesso a Piedras Rojas foi temporariamente fechado, até que o lugar se prepare para aumentar a fiscalização. Os passeios fazem uma parada em um mirante para contemplar a paisagem de longe.


2 – Lagunas Altiplânicas: Lagunas Miscanti e Miñiques (Dia Inteiro)

Porque Visitar: O cenário das lagoas de azul intenso e cercadas de vulcões é um clássico do Atacama. As lagoas ficam a mais de 4.000 metros de altitude, o que aumenta a experiência única de quem visita o lugar.

  • Para definir o melhor lugar do Atacama, há controvérsias: para o público do TripAdvisor, as Lagunas Altiplânicas (Lagunas Miscanti e Miñiques) são o melhor lugar do Atacama.
  • Essa é a opinião também do Robson Franzói, que escreve o blog Um Viajante. Mas há quase um empate técnico com Piedras Rojas.
  • A verdade é que tudo depende da sua experiência no lugar. Nós encontramos Piedras Rojas sem vento, e o Salar formou um verdadeiro espelho d’água. Nas Lagunas, ventava e não vimos o espelho, que teria deixado o lugar ainda mais bonito.
  • De qualquer forma, as lagoas são belíssimas e tivemos a sorte de poder visitar a Laguna Miñiques depois dela estar dois meses fechada por causa do excesso de neve. Desvantagens de quem viaja no inverno.
  • Por outro lado, ter visto essas lagoas com neve nas montanhas e até mesmo em algumas partes do caminho, deixou a paisagem ainda mais especial.

Dica: No meses de setembro e outubro, é possível ainda encontrar o cenário das montanhas com neve. O inverno já está se despedindo, o que garante temperaturas mais amenas.

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer
Nos meses mais frios, neve e água congelada modificam totalmente o cenário da Laguna Miscanti

3 – Trekking no Valle de la Luna e Valle de la Muerte (Tarde)

Porque Visitar: No Vale da Lua você tem a chance de caminhar por paisagens que vão fazer você se sentir em outro planeta. As formações rochosas, as diversas cores e as dunas se aproximam de paisagens que podem ser encontradas na Lua ou em Marte, daí o nome dos lugares (Marte acabou virando Morte com o tempo).

  • Esses vales no Atacama são provavelmente alguns dos lugares mais famosos do deserto. Praticamente todo mundo começa sua viagem na Atacama com esses passeios, por conta deles serem lugares com baixa altitude, portanto melhor de serem feitos no primeiro dia.
  • A gente foi fazer esse passeio no nosso penúltimo dia no Atacama, justamente no dia do meu aniversário, que comemorei por lá. Foi um presente e tanto.
  • A FlaviaBia Expediciones oferece um tour diferenciado. Ele começa mais cedo e envolve uma atividade de trekking, que permite criar uma relação mais interessante e aprofundada com esses lugares.
  • E confesso que eu não estava esperando muita coisa, mas as paisagens são espetaculares e cinematográficas. Parece que você está realmente em outro planeta.
  • Para encerrar tudo com chave de ouro, o pôr do sol no Valle da la Muerte com direito a coquetel e até presente de aniversário (cortesia da FlaviaBia para todos os aniversariantes) me deixou profundamente emocionado. Quem nunca se emocionou ao final de um dia perfeito de viagem?

Dica: Há um trecho em que é possível descer nas dunas do Valle da la Muerte. Tire os sapatos e desça descalço. A descida fica mais fácil e você sente a areia nos pés, uma delícia.

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer
A paisagem do Valle de la Luna parece coisa de outro planeta

Confira nosso quando ir, como chegar e onde ficar
Deserto do Atacama: Dicas e Roteiro de 7 Dias


4 – Lagunas Escondidas de Baltinache (Dia Inteiro ou Meio Período)

Porque Visitar: As lagoas possuem uma coloração incrível, digna de Caribe. Em duas delas é possível ter a experiência de flutuar numa lagoa de sal, uma experiência inacreditável.

  • Já imaginou poder flutuar numa lagoa com tanto sal, que é impossível afundar? Pois é, para quem não sabe nadar, essa experiência tem um gostinho a mais.
  • Eu particularmente adoro lugares exóticos e únicos, e o Atacama oferece vários desses lugares. As Lagunas Escondidas de Baltinache são pequenas lagoas cercadas de sal. Na época da chuva, elas formam um espelho d’água como no Salar de Uyuni.
  • A cor e a transparência das lagoas é impressionante, mas muita gente não sabe que das 7 lagoas do percurso, 2 delas são artificiais. São justamente aquelas onde é possível nadar, e são mais fundas também.
  • As águas são geladas, vale advertir, e a FlaviaBia Expediciones fornece um roupão para você vestir na saída da lagoa. Essencial.
  • Um almoço com vinho também cai muito bem no final desse passeio.
  • O tour da FlaviaBia Expediciones é full day e inclui o Vallecito, um vale onde é possível avistar as 3 cordilheiras do Deserto do Atacama. No lugar também se encontra um ônibus quebrado no meio do deserto, referência explícita ao filme “Into the Wild”.

Dica: Leve chinelos, você irá usá-los na hora de sair das lagoas. Mas caso você tome banho na última lagoa, é bom andar com o tênis mesmo, pois os chinelos não são muito adequados para caminhar no terreno acidentado.

Lagunas Escondidas de Baltinache - Tour no Deserto do Atacama
A cor e a transparência das Lagunas Escondidas impressiona

5 – Geyser del Tatio (Meio Período)

Porque Visitar: Esse é o campo geotermal em maior altitude do mundo. Para quem nunca teve contato com um geyser, é uma experiência e tanto.

  • Confesso que estava com preconceito com esse lugar, pelo fato de ter que acordar super cedo e pegar muito frio.
  • Mas não é que o Geyser del Tatio é realmente incrível e entra fácil na lista das melhores opções do que fazer no Deserto do Atacama.
  • Além dos geysers, toda a região no entorno é muito bonita e ver o nascer do sol naquela paisagem é inesquecível.
  • E depois de pegar um frio danado, tomar uma bebida quentinha e tomar o café da manhã por lá é o complemento perfeito.

Dica: O frio é intenso mesmo e é bom ir bem agasalhado, com jaquetas e calças térmicas e corta-vento. Apelar para duas meias e segunda pele também ajuda a esquentar. Luvas são essenciais, a mão congela na temperatura negativa antes de nascer o sol.

Geyser del Tatio + Trekking Copacoya: Tour Imperdível no Deserto do Atacama
Para ver melhor a atividade do geyser, é importante chegar antes do sol nascer

6 – Trekking Copacoya (Dia Inteiro)

Porque Visitar: Já que você se locomoveu mais de 2 horas até El Tatio, vale a pena conhecer bem a região. O trekking é a possibilidade de chegar bem perto e caminhar nas belíssimas montanhas do Atacama.

  • Para completar o passeio do Geyser del Tatio, vale super a pena fazer um trekking no Cerro Copacoya, que é montanha que circunda os geysers. Esse é um opcional para quem curte aventura e desafios.
  • O trekking é usado como preparação para aqueles que desejam subir os vulcões do Atacama (Vulcão Lascar e Cerro Toco, por exemplo). Fazer um trekking em altitude é bem mais puxado e demanda preparo físico.
  • A caminhada é lindíssima e também representa uma possibilidade de você superar os seus limites.
  • O trekking feito com a equipe da FlaviaBia Expediciones é personalizado, e eles só levam no máximo 4 pessoas por passeio. A caminhada é totalmente customizada conforme a necessidade e capacidade física do viajante.
  • Para quem se agasalhou a beça para o Geyser del Tatio, é hora de tirar um pouco da roupa. Mas nem tanto, mesmo com a caminhada e o esforço físico, venta muito na região e continua frio.

Dica: Marque uma conversa com a guia de montanhas da FlaviaBia para saber um pouco mais sobre a caminhada e verificar equipamentos de trekking adequados. Como cortesia, a agência pode emprestar calçados, bastões de caminhada e roupas térmicas, entre outros itens necessários para você aproveitar melhor o tour.

Geyser del Tatio + Trekking Copacoya: Tour Imperdível no Deserto do Atacama
Paisagem cinematográfica no Trekking Copacoya

7 – Salar de Tara (Dia Inteiro)

Porque Visitar: O tour envolve paisagens bastante singulares, como os Monges de Pacana e o próprio Salar de Tara. São paisagens que dificilmente você encontrará em outros lugares do mundo. Mas é o passeio em que o viajante tem que lidar com condições mais extremas de altitude, temperatura e distância.

  • Esse é o passeio que envolve maiores altitudes no Deserto do Atacama. O ponto mais alto do tour chega a 5.800 metros, mas fica no meio do caminho e depois voltamos a uma altitude menor.
  • As paisagens são de tirar o fôlego, literalmente. Mas o passeio não envolve muitas caminhadas, é tudo bem tranquilo e a van da agência estaciona sempre próximo dos pontos de interesse. De qualquer forma, é um dos passeios com condições naturais mais complicadas para o viajante (as mulheres podem se incomodar com a ausência de banheiros durante todo o dia).
  • O passeio envolve várias paradas. A mais interessante é para ver as formações dos Monges de Pacana, que chegam a 40 metros de altura. Para conseguir fotografias bem legais, utilize pessoas para dar referência da grandiosidade do lugar.
  • No final do passeio rola um almoço que inclui bebida alcoólica, mas melhor não abusar. Você ainda vai encarar toda a viagem de volta em altitude.

Dica: Durante o percurso, é importante beber bastante líquido, para evitar os sintomas da altitude. Prepare-se também para usar o banheiro “inca”. Não há estrutura de banheiros durante o passeio, então o povo improvisa na paisagem mesmo: leve papel higiênico e álcool gel.

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer
Os Monges de Pucana são um dos lugares mais interessantes do passeio até o Salar de Tara

8 – Termas de Puritama (Meio Período)

Porque Visitar: Passeio ideal para quem gosta de vida boa. Relaxar nas termas é uma delícia e o tour da FlaviaBia Expediciones ainda oferece um adicional de massagem na água.

  • Esse é, definitivamente, o passeio mais relaxante dentre as opções de o que fazer no Deserto do Atacama. Relaxar em piscinas naturais de águas quentinhas é um oásis no meio de deserto.
  • O trajeto não é muito tranquilo. Próximo da chegada, a estrada é sinuosa e avança para o interior de um cânion. Tem gente que vai por conta própria, mas não recomendo.
  • O lugar fica meio cheio, então a dica é chegar mais cedo e/ou ir direto para as últimas termas, que podem estar mais tranquilas.
  • No final do tour, rola um delicioso coquetel oferecido pela FlaviaBia, um dos melhores que experimentamos durante a viagem.

Dica: Ao sair das termas, você pode ficar com frio. Os roupões oferecidos pela FlaviaBia são providenciais nesse momento. Se você não tiver leve uma toalha para evitar o choque térmico.

A beleza e tranquilidade de uma das piscinas das Termas de Puritama

9 – Tour Astronômico (Noite)

Porque Visitar: Essa é uma das experiências para a vida toda, você provavelmente nunca verá um céu tão limpo e estrelado como no Deserto do Atacama.

  • É, com certeza, uma das experiências mais impressionantes no Atacama. Durante nossa viagem, muita gente comentava do tour astronômico e nossa expectativa só aumentava.
  • Ausência de nuvens, poluição e luminosidade fazem com que o Deserto do Atacama possua uma das melhores condições para observar o céu, do mundo.
  • A FlaviaBia Expediciones oferece o tour há pouco tempo, com menor quantidade de pessoas por grupo. O resultado é um tour mais intimista e com maior quantidade de informações.
  • O tempo de espera para observar as estrelas através do telescópio também acaba sendo bem menor.
  • Bebidas quentes, comidinhas e cobertores ajudam a esquentar, criando uma atmosfera aconchegante, mesmo num descampado no meio do deserto.

Dica: Se já faz frio durante o dia, a noite do Deserto do Atacama é bem mais complicada. É fundamental ir bem agasalhado, inclusive com gorro e cachecol, pois o frio é intenso.

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer
O céu impressionante do Deserto do Atacama. Crédito da Foto: Tour Astronômico FlaviaBia Expediciones

Leia mais: Tour astronômico te convida para uma noite com as estrelas


10 – Pueblo Tour (Meio Período)

Porque Visitar: San Pedro do Atacama é uma cidade encantadora, e vale a pena conhecer melhor o lugar onde você ficará hospedado durante alguns dias. Esse tour é uma ótima introdução para sua viagem no Atacama.

  • Se você está hospedado em San Pedro de Atacama, porque não fazer um tour pela cidade e conhecer um pouco mais sobre a sua história e suas curiosidades?
  • Nesse tour entendemos as peculiaridades da arquitetura no deserto, visitamos as feiras de artesanato, conhecemos a história de sua igreja. O guia também conta algumas das lendas que envolvem o lindo vulcão Licancabur (que é visto de alguns pontos de San Pedro). Ao final, rola até uma cerveja em um dos estabelecimentos da cidade.

Dica: Esse tour é oferecido gratuitamente para os clientes da FlaviaBia Expediciones. Agende com antecedência.

Atacama Roteiro 7 Dias: Dicas de Viagem
Pueblo Tour é um programa interessante para conhecer melhor San Pedro de Atacama

Fique ligado em todos os posts desse roteiro incrível no Atacama

O que fazer no Deserto do Atacama: Os 10 Melhores Passeios e Lugares para Conhecer

Confira nosso roteiro completo
Viagem para o Deserto do Atacama

Nota: A FlaviaBia Expediciones foi nossa parceira nessa viagem ao Deserto do Atacama. Mesmo os passeios sendo uma cortesia, nossas opiniões são sinceras e só compartilhamos experiências verdadeiras.

Deserto do Atacama - Roteiro de 7 Dias no Chile

Outros Passeios no Atacama:

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

17 comentários

  1. Prezado Fabio, você descreveu estes locais de uma maneira fantástica que me deu vontade de ir ao Atacama. Me tira uma dúvida : Vocês contrataram a FlaviaBia Expediciones aqui no Brasil ou quando já estava por lá.
    Grato

    1. Oi Mario. Que notícia boa. Ficamos muito felizes de você ficar inspirado com nossa viagem. Nós fizemos tudo já do Brasil, adiantou bastante as coisas e quando chegamos, só demos uma passada na agência para acertar alguns detalhes. Abraços.

  2. Que post completo!!!

    Ficou super fácil de entender a diferença entre os passeios, e de perceber como as paisagens mudam absurdamente!!!

    E as fotos, pra variar, estão impressionantes!!

    Mandou bem!

    Abraço

  3. Que demais! Não sabia que tinha tanta coisa para fazer no Atacama. Que lugar lindo! Fico aqui babando nas suas fotos.. E suas dicas? São as melhores! Parabéns pelo post!

  4. Meu Deus!!! Que vontade de me teletransportar para cada um dos passeios descritos.. Achei de grande valia a questão de informa quanto tempo é necessário para cada passeio, assim fica mais fácil montar um roteiro para conhecer esse paraíso.. São paisagem muito diferentes das que já visitei e de onde vivo. Parabéns pelo post, Fantástico!

    1. Pois é, Aline. Esses destinos com muitos passeios são como quebra-cabeças que a gente vai encaixando as peças. Por isso acho que o tempo de cada passeio ajuda a montar o roteiro completo né? Abração e obrigado.

Deixe um comentário