Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo

Santa Teresa, na Região Serrana do Espírito Santo, é um desses destinos de charme, perfeito para uma viagem romântica ou para quem curte o clima de montanha.

A região foi a queridinha dos imigrantes, que se instalaram por conta do clima e geografia parecidos com de sua terra natal. Em Santa Teresa, uma das influências mais fortes é da cultura italiana.

E como não deixaria de ser em uma região com tanta influência italiana, as uvas e os vinhos são um dos maiores atrativos turísticos de Santa Teresa. Com cerca de 50 hectares de área cultivada por uva, Santa Teresa é a cidade responsável por mais de 700 toneladas de uva por ano. Além da produção de vinhos e uva (Niágara Rosada e BRS Vitória), é possível também encontrar sucos, geléias e até espumantes. 

E como esquecer de Augusto Ruschi? O naturalista desenvolveu na região diversas iniciativas de preservação da fauna e flora e acabou dando a Santa Teresa o apelido de Cidade dos Colibris. Cerca de 40% do seu território é coberto por Mata Atlântica preservada.

Confira esses e outros motivos porque conhecer Santa Teresa é uma ótima dica de viagem no Espírito Santo.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo

Conheça os Pontos Turísticos de Santa Teresa, Cidade dos Colibris e Berço da Colonização Italiana no Brasil

Nossa viagem para a Santa Teresa fez parte do roteiro do Pocando no ES 4, uma viagem técnica de blogueiros de viagem organizada pelo blog Capixaba na Estrada.

Toda a nossa viagem foi guiada pelo Jefinho Expedições, que oferece alguns roteiros como o Expedição Três Santas ou a Expedição Montanhas Capixabas. Jefinho é natural de Santa Leopoldina e tem amplo conhecimento da região.

1 – Casa Lambert

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Nosso grupo do Pocando no ES reunido na frente da Casa Lambert, em Santa Teresa

Visitar a Casa Lambert é viajar no tempo e se imaginar como um imigrante italiano, chegando ao Brasil no século passado.

A casa é a mais antiga construção de Santa Teresa, de 1875. Os irmãos Antônio e Virgílio Lambert vieram para o Brasil, originários de uma região ao norte da Itália, e encontraram aqui uma região próxima a sua origem.

A casa, recentemente restaurada e aberta para visitação, conta a história desses irmãos, que acaba revelando muitas histórias de imigrantes italianos em Santa Teresa. Fique ligado para a história dos irmãos Lambert, que é contada em forma de cordel nas paredes do espaço. 

  • Horário:  Quinta a Domingo e Feriados das 9h às 12h e das 13:30h às 16:30h. Grátis

2 – Museu da Cultura e Imigração Italiana em Santa Teresa

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
O Museu da Imigração de Santa Teresa é uma ótima oportunidade para conhecer a história da cidade

Ao lado da Rodoviária, o Museu da Cultura e Imigração Italiana em Santa Teresa conta toda a história da primeira cidade fundada por imigrantes italianos no Brasil. Tudo isso através de itens recolhidos ou doados através do tempo.

O acervo do museu também reúne uma pequena biblioteca com livros escritos por habitantes ou sobre a cidade.

No térreo, também funciona a Galeria Cultural Virgínia Gasparini Tamanini, que reúne produtores locais sem acesso à grande lojas, mas que podem ali apresentar seus produtos, seja na área de vinhos, biscoitos, doces, massas, produtos do agroturismo ou artesanato. A Associação de Produtores de Artesanatos e Agoindústria de Santa Teresa – APROAST é voltada à comercialização desses produtos. 

  • Horário: Quinta a Domingo e Feriados, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Entrada: R$ 2,00.

3 – Cantina Mattiello

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Degustar vinhos, licores e até espumantes são atividades encontradas em Santa Teresa, na Cantina Mattiello

Outro mergulho interessante na cultura do local é visitar uma de suas vinícolas, como a Cantina Mattiello.

Por lá, o visitante conhece todo o processo de produção dos vinhos (uma das curiosidades é que a casa trabalha com uma variação de vinho com jabuticaba).

O visitante pode, ao final do percurso, fazer uma degustação com direito a petiscos e queijos (incluso no valor do tour). E lógico, também pode comprar entre vinhos e comidinhas, na loja da Cantina.

O lugar é bem pitoresco e excelente para tirar boas fotografias. Aliás, em Santa Teresa tudo é visualmente bem caprichado para encher os olhos do turista.

  • Horário: Diariamente das 8h às 17h. A entrada na loja é grátis.
  • Para fazer o tour, é necessário fazer o agendamento prévio por telefone – (27) 99908-5282. Preço: R$ 15,00 por pessoa e grupo mínimo de 10 pessoas.

4 – Circuito Caravaggio

O Circuito Caravaggio é uma estrada que passa por mais alguns lindos pontos, seja para tirar belas fotos, ou para degustar vinhos, cachaças, licores e até espumantes deliciosos.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Casa dei Liquori, licores deliciosos no Circuito Caravaggio

A Cantina Mattiello é um desses lugares, mas logo adiante é possível degustar licores deliciosos na Casa dei Liquori. Os licores possuem vários sabores, de frutas ou de sabores doces, como o de capuccino ou de amarula. Antes de comprar, os visitantes podem degustar para escolher o sabor que mais gostem. 

  • Horário: Terça a Sábado: 8h às 17h.
Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Na Casa dos Espumantes, um dos destaques é o espumante de jabuticaba

Ainda no circuito, a Casa dos Espumantes também apresenta degustação e espumantes a base de jabuticaba. Fica a dica, o entorno da Casa dos Espumantes também é muito lindo, na frente de uma represa, e vale tirar alguns minutos para caminhar pelos arredores.

  • Horário: Terça a Sábado: 8h às 17h e Domingos e Feriados: 9h às 16h. Grátis.
  • Preço médio dos Espumantes 750 ml: R$ 25,00.
Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
A Rampa do Caravaggio é o visual mais cinematográfico de Santa Teresa

Mas um dos lugares mais bonitos do Circuito Caravaggio é a Rampa de Voo Livre Amauri Fernandes, ou Rampa do Caravaggio. O visual lá do alto é inesquecível, com um belo mirante para todas as montanhas que cercam Santa Teresa.

  • Rampa do Caravaggio: Preço: R$ 3,00

5 – Praça Augusto Ruschi e Museu Mello Leitão

Não dá para imaginar uma visita até Santa Teresa sem conhecer o legado de Augusto Ruschi, que dá nome a principal praça da cidade.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Os belos jardins da Praça Augusto Ruschi, no centro da cidade

A praça foi construída em 1936 e é um oásis de tranquilidade bem pertinho do centro histórico da cidade. Os jardins são lindos, com várias espécies de flores e árvores. Tudo traçado com influência de jardins europeus. O chafariz não está muito bem conservado, mas a praça ainda possui um coreto e um busto em homenagem a Ruschi. 

O naturalista estudou beija-flores como ninguém no Brasil. Os visitantes do Museu de Biologia Professor Mello Leitão podem até vê-los com grande facilidade.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Conhecida como Cidade dos Colibris, Santa Teresa é a terra do importante naturalista brasileiro Augusto Ruschi

O Brasil possui cerca de 80 espécies de beija-flores ou colibris. No Espírito Santo podem ser encontradas mais de 35 espécies, das quais pelo menos 20 são encontradas em Santa Teresa. São mais de 10 espécies que frequentam esse museu a céu aberto. Apreciar a vegetação e até ver alguns animais, como aves e cobras, é a principal atração.

O museu foi fundado em 1949 e faz pesquisas, coleta materiais e desenvolve educação ambiental. O nome do museu faz referência a Cândido Firmino de Mello Leitão. Ele era professor e foi esse amigo de Ruschi que iniciou os contatos com o Museu Nacional.

  • Horário: Terça a Domingo das 8h às 17h. Grátis.
Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Caminhando pelos caminhos naturais do Museu Mello Leitão

Onde Comer em Santa Teresa

Não deixe de passar na Rua do Lazer, que concentra uma quantidade de bares e restaurantes surpreendente, todos com mesas na calçada.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
A Rua do Lazer reúne vários bares e restaurantes e é o melhor lugar para comer em Santa Teresa

É como se estivéssemos em uma grande feira gastronômica. Um dos restaurantes que experimentamos foi o Fabrício Bar e Restaurante, que possui massas e carnes em pratos com boa relação custo benefício. Outra opção é o Taberna Lounge, que fica bem em frente à Igreja Matriz.

Não dá para esquecer de um dos mais novos empreendimentos da cidade. A Santa Sfiha possui uma grande variedade de sabores (média de R$ 4,00) e um espaço bem agradável, próximo ao centro.

Finalmente, para quem quer levar alguma lembrança para amigos ou parentes, passar na Claid’s Biscoitos é um programa obrigatório. Os docinhos e biscoitos doces e salgados são deliciosos. Podem ser degustados antes de você fazer a compra.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
A loja da Claid’s Biscoitos é uma das mais tradicionais de Santa Teresa

Onde Ficar em Santa Teresa

Localizada no Circuito Colibris, a Pousada Paradiso é cercada de muita natureza. O acesso não é dos mais fáceis. É preciso pegar uma estradinha de terra cheia de curvas e penhascos. Mas o esforço compensa.

Ao chegar na Pousada Paradiso, estamos cercado de montanhas e de belos jardins.

Santa Teresa ES: O que fazer na Região Serrana do Espírito Santo
Em Santa Teresa, a Pousada Paradiso está cercada de muita natureza e belo paisagismo, no Circuito Colibris

No coração do vale está o sobrado com 9 apartamentos. Os quartos da pousada são simples porém funcionais. O saboroso café da manhã e área externa são os pontos fortes. Os pacotes de sexta a domingo custam R$ 360,00 para casal.

Leia também:
Montanhas Capixabas e Região dos Imigrantes: Roteiro no Espírito Santo


Leia também:

Fontes:


Nota: O Viagens Cine foi convidado pela organização do Pocando no ES 4, que contou com vários parceiros, conforme banner abaixo. A nossa hospedagem na Pousada Paradiso foi uma cortesia. Nossas opiniões são sinceras e nosso compromisso maior é com a transparência com nossos leitores.

Montanhas Capixabas e Região dos Imigrantes: Roteiro no Espírito Santo

Blogs Participantes:

Capixaba na EstradaViagens CineBagagem de Memórias, Mariana ViajaVivi na ViagemTire a Bunda do SofáIdas e Vindas BlogSão Paulo Sem MesmiceVem Que Te ContoMapa na MãoTá Indo Pra OndePelo Mundo com ManuCaminha GenteDestinõesGuia e TurismoFuxicos de ViagensAline ApprovesPor Aí Dicas de ViagemViagem Massa, Roberta Leite, Elielson Beans.

share on:
Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.